Um dos termos mais utilizados quando se fala de apostas desportivas – em especial a longo prazo – é o Yield. Sendo um termo tão utilizado e tão importante no mundo das apostas desportivas, como é que há tanto desconhecimento sobre o yield e sobre o que ele representa no mundo das apostas?

Neste tutorial, daremos resposta às seguintes questões: O que é realmente o yield? Onde e por que se utiliza? Como se calcula? Tudo isto, com a finalidade de lhe transmitirmos toda a informação relacionada com esta terminologia que consta em todo e qualquer glossário de apostas desportivas.

Registe-se na Betano para tirar o melhor partido dos nossos prognósticos de futebol.

O que é o Yield?

O yield é, basicamente, o rendimento obtido por um apostador num determinado período de tempo. De um modo mais teórico, poderíamos defini-lo como o benefício médio, em termos percentuais, que um apostador ou um tipster obtém por cada unidade monetária ou de “stake” apostada.

Como podemos calcular?

Apesar da definição nos levar para algo bastante complexo e difícil de calcular, encontrar o Yield até é uma operação relativamente simples.

Como tudo o que é matemático, pode ser calculada com uma fórmula:

Fórmula para o calcular:

Benefícios obtidos

Yield =       —————————–      x100

Quantidade apostada

Para ser mais fácil para si perceber este processo, vamos utilizar um exemplo fictício. Imagine-se que o apostador está a subscrever um tipster e que deseja conhecer o seu yield das últimas três apostas que realizou. Suponhamos que as três apostas que o apostador tenha realizado tenham sido com a mesma stake (de 5) e com odds de 1.75, 2.50 e 2.75.

Imagine-se que ele tenha perdido a primeira aposta (odd 1.75) e tenha acertados as duas seguintes (odd de 2.50 e de 2.75)

Total apostado – 5 (unidades apostadas) x 3 (apostas realizadas) = 15 unidades

Primeira aposta a uma odd de 1.75 (perdida) = – 5 unidades

Segunda aposta a uma odd de 2.50 (ganha) = 7.5 unidades

Terceira aposta a uma odd de 2.75 (ganha) = 8.75 unidades

Benefícios obtidos = -5 + 7.5 +8.75 = 11.25 unidades

Portanto após encontrar os benefícios obtidos, vamos substituir na fórmula para encontrar o yield do nosso tipster nas ultimas 3 apostas.

11.25 unidades

Yield =         ———————–      x100

15 unidades

Yield = 75%

Convém explicar que um yield de 75% em 3 apostas é de muito valor.

Pode verificar-se o contrário, nomeadamente a existência de um yield negativo. É isso que todo e qualquer apostador deseja evitar, mas se olharmos apenas a curto prazo, muitos dos tipsters apresentam yields negativos, pelo que aconselhamos a olhar para os resultados de um tipster sempre a longo prazo.

O que significa?

Alguém (tipster ou apostador) que tenha um yield de 19%, por exemplo, significa que por cada 1000 euros que aposte, tem um benefício de  190€.

É importante destacar que ter um yield de 19% a longo prazo (sempre mais de 100 apostas realizadas) é um feito bastante difícil de conseguir visto que, grande parte dos tipsters, apresentam yields na ordem dos 5 a 10%.

Porque se utiliza esse termo?

É bastante utilizado por permitir aos apostadores “estandardizar” e recorrer a um só termo quando se fala de rendimento (benefícios e prejuízos).

O yield vem demonstrar que quem ganha mais dinheiro pode não ser o melhor tipster a realizar prognósticos. Imagine que existe uma apostador que, ao fim de 2 anos, conseguiu transformar o seu investimento inicial de 100€ em 300€ (yield de 200%). Esse apostador é seguramente melhor que outro que tenha transformado o seu investimento inicial de 1000€ em 1500€ (yield de 50%), embora o segundo tenha ganho mais dinheiro no mesmo período de tempo.

Exemplo:

Um bom exemplo da importância deste conceito em termos práticos tem que ver com a avaliação que é feita por um apostador na hora de subscrever os serviços de um determinado tipsters. Acima apresentamos aos nossos leitores um “printscreen” do site Betadvisor, talvez o maior website no que concerne serviços profissionais de tipsters.

Como podemos ver, o apostador com maior Yield e Futebol é o utilizador Betaminic. Ao aceder à Betadvisor, poderá verificar os rankings de tipsters por modalidade, desde futebol a corridas de cavalos, passando pelo ténis ou pelo futebol americano. Na hora de avaliar o Yield de um apostador, tenha sempre em consideração a quantidade de tips publicadas por cada qual, bem como a média de odds utilizadas.

Em jeito de conclusão, após a abordagem realizada à questão do Yield, colocamos-lhe uma questão: se estivesse interessado em escolher um tipster, a nossa opção recairia sobre o tipster que apresenta maior yield ou sobre um tipsters que apresenta maior lucro? Do nosso ponto de vista, a resposta parece-nos clara e a nossa opção recairia sempre sobre o que apresenta um maior Yield ao invés do que apresenta um maior lucro por todos os motivos que elencámos anteriormente.  Outra questão que deve ter em consideração é o facto de ser difícil ter uma estimativa de um limite percentual de rendimento que permita efetivamente definir se um apostador é ou não realmente eficaz. Outro conselho que lhe deixamos tem que ver com a análise de fiabilidade do total em que estão a consultar o desempenho de cada tipster, sobretudo se estiver em causa algum tipo de serviço premium. Assegure-se de que todos os prognósticos de um determinado tipsters são considerados para efeitos estatísticos por forma a evitar potenciais enganos.

Em suma, o Yield é um indicador que podemos ter em consideração na hora de definirmos se devemos ou não ter em consideração as dicas, conselhos e prognósticos de um determinado tipsters. Lembre-se: o facto de alguém obter maiores lucros não significa, necessariamente, que se trate de um melhor apostador.

Boas Apostas!