A estratégia de jogo é algo bastante importante a médio e longo prazo na carreira de um apostador. Temos recebido imensos pedidos dos nossos leitores para escrevermos sobre estratégias de apostas, sistemas de gestão de banca e trading. Dado que o nosso objetivo (além da transmissão de conhecimento aos nossos leitores) também passa por estar em sintonia com os mesmos, elaborámos este tutorial com o intuito de lhe apresentar mais um sistema de apostas. Depois de já lhe termos falado sobre o Sistema Kelly Criterion, o sistema d’Alembert e o método de Martingale, é altura de falarmos sobre o Sistema de Labouchère.

Neste tutorial vamos abordar mais um sistema de gestão de banca.  O nosso objetivo não é transmitir-se que este sistema é certo ou errado, no entanto, achamos por bem apresentar o maior número de sistemas e estratégias aos nossos leitores para que posteriormente possam definir as suas preferências e definir quais são aqueles com os quais se sentem mais confortáveis ou identificados.

Henry Du Pré Labouchère descobriu este sistema – posteriormente batizado com o seu nome – quando, numa das suas viagens a Paris. adquiriu um livro de Nicolas de Caritat, um matemático francês do século XVIII. Ao conferir o método, Labouchère resolveu adaptá-lo a realidade do casino (mais precisamente à roleta) e a partir daí, segundo consta, começou a ganhar bastante dinheiro e a pagar todas as suas viagens com os lucros do jogo.

Mais tarde este método foi adotado também por Ian Flemming, criador de James Bond, chegando mesmo o agente secreto inglês a utiliza-lo em vários casinos.

Sistema de Labouchère

Este sistema também é conhecido como “sistema de cancelamento” e, antes de mais, implica que o apostador defina o valor correspondente a uma unidade – este valor pode ser em euros ou em percentagem da banca.

A partir daí o apostador vai criar uma série numérica à sua escolha que irá cancelar quando ganhar uma aposta e adicionar quando perder. A forma de fazê-lo é adicionar o primeiro com o último número da série para definir a aposta a realizar: quando se ganha, esses números são riscados, quando se perde, o valor perdido é adicionado no fim da série.

A soma total da  série será o valor que se irá ganhar no fim, quando todos os números estiverem riscados.

Confuso? Para melhor entendimento, vamos utilizar o seguinte exemplo:

A série escolhida foi 1-2-3-4-5-6.

sistema

Entende agora porque se chama sistema de cancelamento?

Pois, o objetivo é cancelar os números da série escolhida. O apostador pode definir a sua série de antemão com a longitude de números que lhe apetecer, a título de exemplo: 1-4-7-10,  2-4-6-8-10 ou até 3-8-1-6-3-6-9-12, mas tem de ter em conta que quanto maior for a série e maiores forem os números escolhidos, mais dificuldade terá em completá-la com êxito.

Um aspeto que deve ter em conta é que, quando se ganha a aposta, riscam-se dois números, ao passo que quando se perde, apenas se adiciona um.

Tenha em consideração que estamos a falar de um método que tem uma rápida progressão quando confrontado com uma série de maus resultados, pelo que cabe ao apostador definir um limite de perdas.

O exemplo dado corresponderia a que todas as apostas fossem efetuadas com uma odd de 2.00, visto que o lucro em caso de vitória era sempre duplicado, mas como os nossos leitores sabem, as odds das casas de apostas desportivas são variáveis.

Como apostar com o Sistema de Labouchère?

Em primeiro lugar, devemos saber qual será a nossa série numérica e a sua longitude. Para isso, é necessário colocar o objetivo de quanto o apostador quer ganhar no final (exemplo 100 unidades numa série de 20). Posto isto, o apostador deve calcular qual a série que nos poderá levar a esse objetivo. Se o apostador jogar com odds a rondar os 2.00, então a sua probabilidade de acerto rondará os 45 por cento – teoricamente seria de 50 por cento ou talvez mais, mas é sempre bom subestimar as nossas capacidades para não existirem grandes descidas de moral.

Se o apostador dividir 100 unidades em 20 apostas terá uma série de:

5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5

Como mencionado anteriormente, cada vez que o jogador ganhar uma aposta, cancelará os 2 números dos extremos, ao passo que sempre que perder a aposta, adicionará o valor perdido ao final da série. A primeira aposta é de 10 unidades (ou seja, 5+5) e o nosso objetivo seria vencer outras 10, mas isso só funcionaria caso a odd fosse exatamente de 2.00. Se a odd fosse, por exemplo, de 1.5, o apostador teria de apostar 20 unidades para ganhar 10.

Como tudo o que é matemático, pode ser resolvido com uma fórmula:

Soma das extremidades

Valor da aposta (stake) = ———————————

(Odd – 1)

Sempre que se apostar a, não ser que a odd seja exatamente de 2.00, o apostador deve utilizar esta fórmula para saber a quantia a apostar. Para melhor compreensão, vamos utilizar um exemplo prático:

Recordo que a série a utilizar é de  5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5:

sistema 2

E assim sucessivamente, até conseguir riscar a totalidade dos números.

Este é um sistema que se adapta a todas as odds, visto que o apostador pode estabelecer previamente a sua probabilidade de acerto, a série a utilizar e a  stake que vai apostar. Perante uma série negativa, o valor a apostar irá sempre subind,  pelo que aconselhamos ao apostador a ser cauteloso na hora de escolher a duração das séries bem como ao determinar o lucro que se quer almejar.

Boas Apostas!