Prognóstico
Odd
Ambas Equipas Marcam
1.55
Betclic
Resultado
Sucesso
Afonso Canavilhas
58% Sucesso
Próg. realizados
3447
Média Odds usadas
1.68
Próg. certos
1954
Próg. errados
1398

PSG – Manchester City (Liga dos Campeões)

Há dez anos atrás, uma meia-final entre PSG  e Manchester City seria algo altamente improvável. Se recuarmos até à edição 2010/11, nenhum dos emblemas integrava a prova de clubes mais importante do mundo. Nos dias que correm, após consideráveis injeções de capital (que à data estavam no início), franceses e ingleses fazem da participação nesta Champions uma obsessão e agora vão debater-se pelo acesso à final.

Análise PSG

Finalista vencido da última edição da Liga dos Campeões, o PSG soube “vingar” o desaire da final ao bater o Bayern de Munique nos quartos de final da presente edição. Um triunfo por três bolas a duas na Allianz Arena foi suficiente para seguir em frente, dado que os parisienses viriam a perder a segunda mão por uma bola a zero, resultado insuficiente para avançarem. Antes disso, já tinham eliminado o Barcelona com um triunfo categórico em Camp Nou por quatro bolas a uma e posterior empate a um no Parc des Princes. Desta feita, o PSG começará a jogar em casa e o objetivo passa por fazer algo que ainda não conseguiu na fase a eliminar desta Liga dos Campeões: vencer a jogar em casa.

A luta pelo título gaulês está ao rubro, mas a prioridade atribuída à disputa da Liga dos Campeões é inquestionável, algo que se reflete tanto nas opções tomadas por Mauricio Pochettino quanto na abordagem dos seus jogadores a cada encontro “milionário”, bem diferente para melhor. As figuras do PSG querem estar na final da Liga dos Campeões pela segunda ocasião consecutiva e de tudo farão para consegui-lo, precisando no entanto de subir o nível comparativamente ao que fizeram com o Bayern de Munique, no último encontro que disputaram em casa.

De resto, do ponto de vista estratégico, estes dois duelos com o City poderão assemelhar-se aos encontros com o Bayern, dado que a formação parisiense adotará uma postura mais reativa e vertical, ao passo que os “Citizens” deverão ter mais bola, como é seu apanágio.

Juan Bernat fica de fora por lesão. Marquinhos, Diallo e Rafinha permanecem em duvida.

Onze provável: Navas, Florenzi, Marquinhos, Kimpembe, Kurzawa, Paredes, Gueye, Verratti, Di María, Neymar, Mbappé

Análise Manchester City

Liga dos CampeõesO Manchester City atravessa o Canal da Mancha à procura de dar o primeiro passo rumo à final da Liga dos Campeões da Europa, competição que falta a Pep Guardiola conquistar ao leme dos ingleses. A “orelhuda” é já uma obsessão para a equipa do Etihad que, tal e qual como o PSG, tem vindo a investir ao longo dos últimos anos com o intuito de conquistar a Europa do futebol pela primeira vez na sua história. O título inglês está praticamente assegurado, a Taça da Liga foi erguida no último fim-de-semana graças a uma vitória diante do Tottenham (1-0) e os “Citizens” viajam até Paris a atravessar um bom momento. Os seus jogadores estão perfeitamente cientes da importância deste jogo, querem fazer história e depois de terem debelado o “bloqueio” recente associado aos quartos de final da prova, abem que terão aqui uma eliminatória que pode cair para qualquer lado.

Invicto nesta edição da Liga dos Campeões, o City ultrapassou a fase de grupos com1 6 pontos em 18 possíveis, marcando encontro nos oitavos de final com os alemães do Borussia Monchengladbach, conjunto que eliminou com dois triunfos por dois tentos sem resposta. Já nos “quartos”, o City voltou a ter oposição alemã pela frente, no caso do Borussia Dortmund, tendo vencido uma vez mais os dois compromissos, cada um deles por duas bolas a uma. Note-se que o Manchester City sofreu apenas uma derrota nos seus últimos 22 encontros oficiais, nomeadamente frente ao Chelsea (1-0), para a FA Cup.

Os “Citizens” vão iniciar esta eliminatória a atuar fora de portas e de tudo farão para chegar ao golo aqui. Os ingleses marcaram dois ou mais golos em oito dos seus últimos dez jogos na Liga dos Campeões e de tudo farão para se acercarem com perigo da baliza à guarda de Keylor Navas, atuando ao seu estilo habitual, procurando dominar pela posse.

Pep Guardiola não tem ausências a lamentar à entrada para este desafio. Os jogadores “poupados” no embate com o Tottenham deverão reassumir a titularidade neste desafio.

Onze provável: Ederson, Walker, Stones, Rúben Dias, Zinchenko, Rodrigo, Gundogan, De Bruyne, Mahrez, Foden, Gabriel Jesus

Dica de Prognóstico

Ainda que estejamos a falar da primeira mão de uma meia-final, o perigo deverá rondar as balizas à guarda de Navas e Ederson. O City deverá exercer o domínio com bola ao longo do encontro, ao passo que o PSG explorará sobretudo em transição, procurando fazer valer a velocidade e qualidade dos elementos que possui no último terço. Acreditamos que ambas as equipas poderão chegar ao golo neste encontro.

Prognóstico
Odd
Ambas Equipas Marcam
1.55
Betclic
Resultado
Sucesso
Afonso Canavilhas
58% Sucesso
Próg. realizados
3447
Média Odds usadas
1.68
Próg. certos
1954
Próg. errados
1398