Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

PSG – Borussia Dortmund (Liga dos Campeões)

Noite de decisão na “cidade luz”. O COVID-19 impede que as portas do Parc des Princes se abram esta quarta-feira (11), para o encontro entre PSG e Borussia Dortmund, mas o duelo entre franceses e alemães que vale o acesso aos “quartos” da Liga dos Campeões vai mesmo realizar-se.

Obrigatório vencer. A derrota por duas bolas a uma no Westfalenstadion, em Dortmund, deixa o PSG obrigado a triunfar nesta segunda mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões para poder marcar presença na próxima fase da prova. O golo apontado por Neymar acalenta a esperança da formação parisiense que “só” precisa de vencer por uma bola a zero para seguir em frente na competição. A vitória do Borussia na primeira mão ajusta-se ao que aconteceu ao longo dos 90 minutos e os adeptos gauleses, mesmo sem se poderem expressar nas bancadas do Parc des Princes, decerto que exigirão mais à sua equipa neste segundo desafio.

A considerável vantagem que o PSG possui na tabela da Ligue 1 permitiria sempre a Tuchel gerir dando prioridade à participação na Liga dos Campeões, mas a verdade é que o técnico germânico nem sequer teve essa preocupação no último fim-de-semana, uma vez que a deslocação ao reduto do Strasbourg foi adiada. Dadas as circunstâncias, o PSG não entra em cena desde o dia 4 de fevereiro e teve praticamente uma semana inteira para recuperar e preparar este duelo com o Borussia Dortmund. Após o primeiro duelo com o BVB que se traduziu na segunda derrota nos últimos 30 jogos, o PSG venceu os três encontros que disputou: Bordeaux (4-3), Dijon (4-0) e Lyon (1-5). Mesmo tendo em consideração as alterações promovidas na equipa nos jogos da Ligue 1, o facto de o PSG ter sofrido golos em sete dos últimos dez jogos que disputou deve preocupar Tuchel e respetiva equipa técnica. Por outro lado, ficar “em branco” é coisa que aconteceu apenas uma vez a este PSG na presente época, a 25 de setembro, na derrota caseira com o Stade de Reims (0-2).

No encontro da primeira mão, Tuchel privilegiou um esquema com saída a três, baixando Marquinhos no meio., dando maior liberdade aos laterais. Para este jogo não poderá contar com Meunier, titular em Dortmund que se encontra suspenso. Thiago Silva e Colin Dagba permanecem em duvida, ao passo que Mbappé não treinou na segunda-feira e a sua presença no jogo ainda não é certa. Se o internacional francês estiver apto, a tendência é que seja titular ladeado por Neymar e Di María.

Onze Provável: Keylor Navas, Kehrer, Thiago Silva, Kimpembe, Bernat, Marquinhos, Gueye, Paredes, Di María, Neymar, Mbappé

Liga dos CampeõesO Borussia Dortmund viaja até ao Parc des Princes em vantagem na eliminatória, mas sabe que a diferença mínima não dá quaisquer tipo de garantias. A equipa alemã está ciente de que um golo local altera o rumo da eliminatória e, tendo isso em consideração, precisará de se chegar à frente e fazer o seu jogo, sendo certo que do Borussia Dortmund de Lucien Favre não se pode esperar uma equipa retraída ou excessivamente defensiva.

A sequência que o Borussia atravessa é ótima: venceu os últimos cinco encontros que disputou, sendo que se superiorizou ao Eintracht Frankfurt (4-0), ao PSG (2-1) na primeira mão desta eliminatória, ao Werder Bremen (2-0), ao Freiburg (1-0) e ao Borussia Monchengladbach (1-2). Ao contrário do que aconteceu com o PSG, o BVB entrou em campo no último fim-de-semana e Lucien Favre não teve margem para promover grandes alterações na equipa, levando a jogo as suas principais unidades. Com o avançar do relógio no Parc des Princes, o desgaste acumulado poderá ser um factor a ter em consideração. A exceção foi Jadon Sancho, internacional inglês que deverá ser titular na visita a Paris e entrou apenas no decorrer da segunda parte.

Se o ataque do PSG é demolidor, a máquina ofensiva do Borussia Dortmund está igualmente bem oleada. Em 25 jogos na Bundesliga, o BVB leva 68 golos marcados. A contratação de Haaland, autor dos dois golos na primeira mão, veio dar ainda mais força a um ataque que marca há 18 jogos consecutivos e que, nos dez jogos pós-pausa de inverno, leva 30 golos marcados. Reus e Delaney são baixas na equipa alemã devido a lesão. Sancho – Hazard e Haaland deverão ser o trio de serviço no último terço do terreno.

Onze Provável: Burki, Piszczek, Hummels, Zagadou, Hakimi, Guerreiro, Can, Witsel, Sancho, Hazard e Haaland

À imagem do que aconteceu no duelo da primeira mão, o cenário mais provável corresponde à hipótese de ambas as equipas chegarem ao golo, cenário que no entanto apresenta pouco valor. No primeiro encontro entre as duas equipas, os golos só surgirão já nos últimos 20 minutos. Com a eliminatória tão nivelada, é possível que também tenhamos mais golos na segunda etapa deste desafio.

Prognóstico Odd Casa Erro
Parte com mais golos: 2ª 1.85 Betclic
PSG
  • País: França
  • Estádio: Parque dos Príncipes
  • Cidade: Paris
  • Fundação: 1970

Ver ficha completa

Borussia Dortmund
  • País: Alemanha
  • Estádio: Signal Iduna Park
  • Cidade: Dortmund
  • Fundação: 1909

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 2927
  • Média Odds usadas 1.7
  • Próg. certos 1625
  • Próg. errados 1207
comments powered by Disqus

Últimos jogos