Prognóstico
Odd
Vitória da Itália e Abaixo de 4.5 Golos
1.55
Betclic
Resultado
Sucesso
Afonso Canavilhas
59% Sucesso
Próg. realizados
3807
Média Odds usadas
1.66
Próg. certos
2202
Próg. errados
1505

Itália – País de Gales (Euro 2020)

A Itália chega à última jornada deste Grupo A do Euro 2020 com o apuramento para a fase a eliminar já assegurado. Os transalpinos rubricaram duas exibições categóricas e preparam-se agora para defender o primeiro lugar frente ao País de Gales, conjunto que também tem o apuramento para os “oitavos” bem encaminhado.

Análise Itália

A seleção italiana deixou uma ótima imagem nos dois primeiros desafios que disputou neste Euro 2020, tornando-se na primeira equipa a assegurar uma vaga na próxima fase da competição. Líder do Grupo A com dois pontos de avanço em relação à congénere do País de Gales, a formação transalpina quer defender a atual posição nesta terceira jornada e sabe que para isso precisa apenas de conquistar um ponto. Independentemente disso, os comandados de Roberto Mancini entrarão de olhos postos na conquista dos três pontos, apostados em fazer o pleno e manter a dinâmica de vitória, isto depois de se terem superiorizado tanto à Turquia quanto à Suíça por três bolas a zero. O selecionador italiano não deverá promover grandes alterações na equipa, dado que o encontro dos “oitavos”, independentemente da posição a partir da qual os italianos se apurem, será sempre disputado apenas no dia 26, pelo que terá seis dias para recuperar e preparar a equipa para esse embate.

Taticamente exemplar, criativa e dinâmica, esta pujante Itália vai brilhando e cimentando a sua candidatura a chegar longe na prova. Há muito talento nas escolhas de Mancini, o selecionador tem sabido potenciar e arquitetar a equipa da melhor forma e a realidade é que, até ver, nesta primeira fase, talvez só Bélgica (na ronda inaugural, frente à Rússia) e França tenham impressionado tanto pela positiva. Neste encontro com o País de Gales, perspetiva-se mais uma performance dominadora da Itália, apostada em “encostar” o adversário desde o primeiro minuto na busca incessante da vantagem. Até ver, não há lugar para “cinismo” no jogo desta seleção de Mancini, determinada em ser protagonista em todos os desafios.

Lorenzo Pellegrini é baixa confirmada por lesão. Chiellini abandonou o encontro com a Suíça devido a lesão e permanece em duvida, assim como Verratti e Florenzi.

Onze provável: Donnarumma, Di Lorenzo, Bonucci, Acerbi, Spinazzola, Jorginho, Locatelli, Barella, Berardi, Insigne, Immobile

Análise País de Gales

A seleção do País de Gales era apontada por boa parte das Casas de Apostas como a equipa deste Grupo A com menores chances no que concerne ao acesso à próxima fase da competição, mas a realidade é que os “Dragões” têm esse objetivo muito bem encaminhado. Os quatro pontos conquistados até então abrem as portas dos “oitavos” aos comandados de Robert Page, já que mais não seja enquanto uns dos melhores terceiros colocados desta fase de grupos.

O percurso da seleção galesa nesta fase de grupos começou com uma igualdade a uma bola frente à Suíça, resultado positivo sobretudo atendendo ao que aconteceu ao longo de um encontro ao longo do qual os helvéticos foram quase sempre melhores. Já no segundo desafio, a seleção galesa fez por merecer os três pontos que conquistou diante da Turquia, contando com a preciosa ajuda das suas duas figuras de proa: Gareth Bale e Aaron Ramsey. Bale, capitão galês, até falhou uma grande penalidade, mas nem esse momento retirou brilhantismo a uma exibição magistral do jogador que na última época representou o Tottenham e que teve o seu melhor momento na assistência para o golo de Ramsey, jogador que, à terceira, lá conseguiu bater Ugurcan Çakir. A seleção galesa soube tirar partido da desorganização defensiva da Turquia, foi mais equipa que a congénere Otomana e contou com a preciosa ajuda das suas duas unidades mais valiosas. Atualmente como há cinco anos atrás, é nos pés de Ramsey e Bale que estão depositadas muitas das esperanças desta equipa galesa neste Euro 2020.

Os quatro pontos colocam a equipa do País de Gales numa posição algo confortável, mas os “Dragões” não deixarão de tentar pontuar neste desafio. Em rigor, será difícil ver a equipa galesa deixar escapar o segundo lugar, dado que por esta altura tem uma diferença de dois golos positivos e embora a Suíça iguale os galeses pontualmente em caso de vitórias (4), tem por esta altura um saldo de três golos negativos. Assim, o País de Gales está em ótima posição para se apurar no segundo posto, mas conquistar um resultado nivelado aqui será muito importante.

Robert Page tem toda a equipa à disposição para este desafio e não deverá promover mudanças em relação ao onze que defrontou a Turquia.

Onze provável: Ward, Roberts, Mepham, Rodon, Davies, Morrell, Allen, Ramsey, Bale, James, Moore

Dica de Prognóstico

A qualidade apresentada pela seleção italiana nos dois primeiros desafios leva-nos a crer que conseguirá confirmar o favoritismo que ostenta à entrada para este desafio e somar mais três pontos. A seleção do País de Gales, por seu turno, está ciente do quão importante será assegurar um resultado nivelado por força das contas do segundo lugar.

Prognóstico
Odd
Vitória da Itália e Abaixo de 4.5 Golos
1.55
Betclic
Resultado
Sucesso
Afonso Canavilhas
59% Sucesso
Próg. realizados
3807
Média Odds usadas
1.66
Próg. certos
2202
Próg. errados
1505