Para completar a nossa série de tutoriais dedicados ao ténis, depois de termos falado sobre os fatores que deve analisar em apostas de ténis e dos erros comuns nas apostas em ténis, vamos demonstrar-lhe qual a melhor forma de conseguir prever surpresas em apostas de ténis.

Tal como todo o bom apostador sabe, os favoritos não ganham sempre os seus jogos. Conforme já mencionámos noutros tutoriais, o ténis é um desporto em que a vitória do favorito, por norma, “paga” pouco. Como tal, o ténis pode tornar-se um desporto bastante lucrativo para apostar em surpresas – normalmente, oferecem odds bastante generosas ao apostador.

Em todos os torneios, sem exceção, existem algumas surpresas. Se o apostador conseguir identificar alguns fatores que podem potenciar essas surpresas, terão meio caminho andado para conseguir lucrar.

Neste tutorial, vamos elencar 6 fatores que lhe podem permitir identificar se o jogo é propício ou não a existirem surpresas.

Antes de efetuar as suas apostas em ténis, há todo um estudo que deve realizar por forma a poder tomar uma decisão consciente.

Fatores que influenciam as Apostas em Ténis

Forma/Moral

Como a maior parte dos apostadores sabe, a forma é um fator que pode transformar jogadores que não seriam favoritos à partida em apostas de valor.

Nos desportos individuais, a confiança e a crença são essenciais, pelo que se um jogador mais fraco vier de uma vitória motivadora sobre um adversário teoricamente mais forte, é natural que os seus índices motivacionais estejam elevados e tornar-se-á um atleta difícil de bater.

O oposto também acontece: bons jogadores que se encontrem em baixo de forma costumam permanecer nessas fases negativas durante algum tempo. Se o apostador conseguir identificar um jogador “underdog” com índices de confiança elevados, contra um jogador teoricamente mais forte mas que esteja em baixo de forma, é aconselhável apostar no “underdog“.

Ressalvo, no entanto, a necessidade de aliar a forma ao cansaço. Se um jogador vier de uma vitória bastante motivadora mas sofreu um desgaste enorme para a conseguir, a vantagem emocional pode ser relativizada pela desvantagem a nível físico.

Problemas físicos

Como já falámos anteriormente, é bastante importante estar ao corrente de lesões e problemas físicos dos atletas. Como é lógico, um jogador lesionado ou com algum problema físico não consegue exibir-se ao seu melhor nível. Outro fator a ter em conta é a fadiga. Quando um jogador vem de um torneio ou de um jogo em que acumulou muito desgaste, é natural que tenha dificuldades no jogo seguinte, tornando-se todo um contexto mais propício a surpresas em apostas de ténis.

Todos estes fatores têm influência no rendimento do atleta, embora consideremos mais importante quando um jogador vem de lesão. Todas as lesões deixam marcas nos atletas e fazem com que necessitem de adquirir ritmo competitivo antes de se estarem de novo a 100 por cento. Posto isto, consideramos de valor apostar no adversário de um jogador que realize o seu primeiro jogo depois de uma paragem por lesão.

Motivação para o treino

Este fator serve essencialmente para torneios menores (Challengers e torneios ATP 250), ou seja, sem grande relevância no calendário internacional. Por norma, este tipo de torneios têm desfechos e resultados surpreendentes porque muitos jogadores não os encaram com a devida seriedade e motivação. Como é sabido, os valores monetários não são os mais apetecíveis nem permitem acumular uma quantidade de pontos significativa para o ranking.

Por outro lado, para jogadores com menor visibilidade ou “da casa” (que estejam a jogar no país de origem), estes torneios são verdadeiras oportunidades e podem funcionar como um “trampolim” para escalar o ranking. O apostador, sempre que confrontado por um jogo destes, deve valorizar a odd do jogador que joga em casa em detrimento do atleta que, em teoria, é favorito. Para além disso, o público nas bancadas também pode ser um importante estímulo para o atleta que atua em território familiar.

Handicaps nas Apostas em Ténis

O handicap é importante caso o apostador não se sinta seguro na escolha do “underdog” para vencer um determinado desafio. O handicap permite equilibrar o jogo, oferecendo alguns jogos de vantagem ao jogador menos favorito (no caso do handicap positivo), assim, se o apostador considerar que o favorito irá passar por dificuldades mas que mesmo assim irá vencer o jogo, sem dúvida que o handicap a favor do “underdog” é a melhor opção.

O ténis é um desporto em que os favoritos costumam ser sobrevalorizados e os handicaps disponibilizados pelas Casas de Apostas podem ser bastante generosos.

Na nossa opinião, esta utilização de Handicaps é melhor em pisos rápidos (piso duro e relva), uma vez que a probabilidade de existirem quebras de serviço é menor.

Problemas pessoais

Os atletas são ser humanos como todos nós. Posto isto, são afetados pelos problemas do quotidiano, tais como mudança de namoradas, de treinador, discussões com a imprensa e muitas outras coisas. 

Um jogador que esteja emocionalmente perturbado não conseguirá apresentar o nível de concentração exigido nos seus encontros e a sua performance em court sairá prejudicada. Aconselhamos os leitores a conferirem todas as notícias por forma a perceberem se existe ou não algum fator que possa ter abalado a confiança e concentração de um atleta.

Diferença de estilos (Match-ups) e Apostas em Ténis

Existem jogadores que têm mais facilidade em jogar contra certo estilos de jogo do que outros. Este fator pode fazer com que jogadores com ranking inferior consigam apresentar H2H positivos (dados de confronto direto) ante adversários que estejam acima de si no ranking. O estilo é bastante importante na hora de analisar um jogo e pode ser decisivo na hora de prever surpresas em apostas de ténis.

Um jogador que tenha como principal arma o seu serviço terá sempre dificuldades contra bons “recebedores de serviço”. Por outro lado, também os jogadores que fazem do seu forte a consistência no fundo do court têm dificuldades em lidar com jogadores mais agressivos. que subam constantemente à rede, pois não lhe dará a oportunidade de ganhar ritmo.

O site da ATP é pródigo neste tipo de estatísticas. Antes de apostar num “underdog”, procure sempre analisar de que forma é que o seu estilo de jogo vai encaixar no do seu adversário – percentagem de jogos de resposta ganhos, pontos ganhos na rede, ases.

Conseguir estar do lado certo da barricada quando existem surpresas pode trazer-lhe grandes lucros. Apesar da designação, por vezes, as surpresas não são assim tão improváveis caso tenha sido feita uma boa análise dos jogadores que permita descortinar onde os “underdogs” conseguem levar a vantagem em relação ao favorito. Depois de ler este tutorial, esperamos que esteja melhor preparado para prever surpresas em apostas de ténis.

Casas de Apostas com mercados para apostar em Ténis

[bwin] [nossa-aposta]

Boas Apostas!