Nos dias que correm, o registo numa Casa de Apostas online é um processo célere e simples, ao alcance de qualquer utilizador com o mínimo de literacia informática. As Casas e Casinos online têm encetados esforços no sentido de agilizar e simplificar ao máximo o processo de registo aos interessados, procurando aumentar a sua “carteira” de clientes. Alguns pontos podem ser ligeiramente diferentes dependendo da marca, mas de um ponto de vista genérico, estas serão as solicitações e os padrões aos quais terá que obedecer quando se regista numa Casa de Apostas.

Registo prévio

Todas as Casas de Apostas online requerem um registo prévio. Contrariamente ao que acontece com o jogo físico “Placard”, pertencente à Santa Casa da Misericórdia, é preciso mais que a apresentação NIF (Número de Identificação Fiscal) para jogar online. Assim, deverá fornecer alguns dados pessoais para que possa iniciar a sua jornada no mundo das apostas online.

Antes de tudo, é obrigatório ser maior de idade para poder jogar. Caso tenha 18 ou mais anos, poderá iniciar-se no mundo do jogo online. Para simular todo o processo de registo, recorremos ao exemplo da Bet.pt, uma das nossas Casas de Apostas afiliadas. A Bet.pt foi a segunda Casa a quem foi atribuída uma licença de jogo para operar em território nacional, pelo que é 100 por cento legal e seguro jogar na sua plataforma. Como já referimos, cada Casa apresenta pequenas diferenças naquilo que requer para efeitos de registo, mas, de um ponto de vista global, o processo é idêntico em todas.

Os dados pessoais são indispensáveis para o registo. O utilizador deve começar por inserir o seu género, primeiro nome, apelidos, data de nascimento e o endereço de e-mail que pretende associar à conta. É partir desse e-mail que a Bet.pt (neste caso) lhe comunicará ofertas, promoções e outro tipo de questões importantes, tais como alterações nos termos e condições que possam vir a ocorrer ou confirmações de transações, sobretudo levantamentos.

Registo prévio

 

Uma vez preenchidos os dados pessoais mais gerais, numa segunda fase, a Casa de Apostas solicita o país de residência, a nacionalidade, o número de telemóvel, a profissão (estes dois últimos poderão não ser obrigatórios), o Número de Identificação Fiscal – NIF, o número de Cartão de Cidadão e a morada. A questão do país de residência é muito importante, dado que as Casas estão licenciadas para operar em determinados territórios. O Número de Identificação Fiscal tem como finalidade identificar um entidade fiscal (o contribuinte, no caso) em declarações de IRS, outros impostos ou transações financeiras. O NIF pode ser encontrado na parte de trás do seu cartão de cidadão.

Registo prévio 1

Antes de concluir o registo

No terceiro e derradeiro passo antes de concluir o registo, uma vez devidamente preenchidos todos os dados pessoais – que são verificados de forma automática pelo algoritmo que monitoriza o registo -, o utilizador deve preencher os dados da conta. Ou seja, os dados que vai utilizar sempre que quiser aceder à plataforma em causa para jogar. Para o efeito, deverá escolher um nome de utilizador (por vezes também poderá aceder ao colocar o e-mail, mas a escolha de um “nick” é obrigatória), definir uma palavra-passe que poderá ter que contemplar letras, números e caracteres especiais por forma a reforçar a segurança, escolher a moeda em que pretende ver as odds (decimais, fracionárias ou americanas), restando dois campos opcionais: a colocação do IBAN e a utilização de um Código de Bónus. No caso do apostador português, a preferência costuma recair sobre odds em formato decimal. O IBAN (International Bank Account Number)  é um padrão de identidade internacional de contas bancárias. Pode aceder ao seu IBAN através da aplicação para dispositivos móveis do seu banco ou num multibanco, ao consultar a informação da sua conta.

Quando todos os dados estiverem preenchidos e confirmados pelo utilizador, a Casa de Apostas enviará imediatamente um e-mail com o intuito de confirmar o endereço associado à conta criada. Após clicar no link que estiver nesse mesmo e-mail, o utilizador passa a poder usufruir de todos os serviços disponíveis na Casa. No entanto, o processo de registo não estará ainda totalmente concluído…

Antes de concluir o registo

Verificação de Identidade

Ninguém está disposto a investir dinheiro sem ter em vista a possibilidade de obter algum retorno, até mesmo quem encara o jogo como um mero passatempo ou modo de diversão.

Imaginemos que, após iniciar a sua jornada numa Casa de Apostas, alcança um montante interessante e pretende transferi-lo para a sua conta bancária. Para tal, há mais um passo a dar, nomeadamente o cumprimento das normas do processo habitualmente conhecido como “KYC” (Know Your Customer). As companhias recorrem a este processo por forma a obedecer à legislação de cada país.

Acima referimos que a inserção do IBAN é opcional no momento do registo, mas se quiser levantar fundos, logicamente terá que colocar esses dados para que a Casa de Apostas possa proceder à transação e depositar os fundos na sua conta bancária.

Processo “KYC”

Mas afinal, para que serve? Simples. Tal como a própria sigla indica (Know Your Customer), este processo permite à empresa confirmar os dados que anteriormente foram facultados pelo utilizador. Para tal, devem ser submetidos documentos que comprovem a identidade do cliente – nome, idade, residência e conta bancária.

Por último mas não menos importante, todas as Casas obrigam à confirmação das informações constantes nos T&C (Termos e Condições). Requerendo também autorização para o envio de informações e newsletters para o endereço de e-mail ou até mesmo para o número de telemóvel associado à conta criada.

Confirmar nome e idade

Para confirmar nome e idade, as Casas de Apostas costumam solicitar uma foto do documento de identificação pessoal (Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão, no caso português). Já por forma a comprovar a residência do cliente, pode ser submetida uma fotografia de uma conta da água/luz, internet ou telefone, desde que nela conste o nome do cliente associado à morada que foi colocada. Não precisa de enviar o documento na íntegra, bastando a zona em que seja percetível que o seu nome está efetivamente associado à morada que colocou aquando do registo.

Por norma, as Casas possuem uma secção na qual é possível carregar as fotos dos documentos em causa. Por fim, importa confirmar a conta bancária (ou e-wallet) associada. As Casas costumam debitar um pequeno montante (posteriormente devolvido) por forma a confirmar a conta bancária. Note-se que, na maioria das Casas, os levantamentos só são passíveis de execução recorrendo ao mesmo método que foi utilizado para efeitos de depósito. A exceção corresponde à utilização de um PaySafeCard, por exemplo: se a conta tiver sido carregada desse modo, a única hipótese passará por retirar os fundos para uma conta bancária. Este é um dado que os apostadores não devem negligenciar na hora de escolher em que Casa de Apostas se pretendem registar: os métodos que são disponibilizados para efeitos de depósito e levantamento. Nos dias de hoje, a maioria das Casas de Apostas já têm protocolos estabelecidos com o MB Way, facilitando bastante todo o processo. Se há alguns anos atrás precisava de se deslocar a um Multibanco para efetuar um carregamento, atualmente, isso já não é necessário. Basta selecionar o montante que pretende depositar, selecionar a opção MB Way, aceder à app e confirmar o pagamento. O MB Way é um mero exemplo que serve para ilustrar o quão fácil é carregar a sua conta numa Casa de Apostas nos dias que correm, mas o mesmo se pode dizer em relação aos carregamentos através da aplicação do seu banco ou via e-wallet (carteira eletrónica), métodos igualmente instantâneos.

O processamento e análise dos dados não é feito de forma automática, logo, poderá levar algumas horas até ter a sua conta “confirmada” pelos operadores da Casa de Apostas. Não obstante, uma vez cumpridos todos os procedimentos associados ao “KYC” que visam também a segurança do cliente, o utilizador estará apto a usufruir dos serviços da Casa de Apostas em pleno. Neste sentido, pode efetuar os levantamentos sem qualquer tipo de problemas. Note-se que a velocidade dos levantamentos varia de Casa para Casa. Adicionalmente lembramos que, à velocidade de processamento, não é alheio o método escolhido para retirar os fundos da conta. As operadores têm vindo a esforçar-se ao longo dos últimos anos para acelerar ao máximo os seus pagamentos e, nos dias que correm, boa parte das Casas que estão devidamente licenciadas para operar em Portugal já efetuam pagamentos num espaço de cerca de 24 horas. Assim, se fizer o seu levantamento num dia, é provável que após as 15 horas do dia útil seguinte já tenha o montante na sua conta.

Bónus de Registo

As Casas de Apostas costumam disponibilizar bónus de registo para novos jogadores. Para usufruir deles, tenha em atenção as indicações. Por vezes, para que o montante relativo ao bónus lhe seja creditado precisará de inserir um código aquando do registo ou, em alternativa, poderá ter que aceder à Casa de Apostas através de uma determinada hiperligação para beneficiar da promoção. Ao consultar informação sobre o bónus, tenha sem em conta os critérios de “rollover”, ou seja, aquilo que precisa fazer para converter o saldo de bónus em saldo real e posteriormente proceder a um levantamento, se assim achar por bem.

Boas Apostas!