Sejamos diretos: apostar em jogos amigáveis é difícil.

Como tal, há que avaliar o risco e perceber se esse tipo de aposta não nos proporcionará mais dissabores que ganhos.

Apesar disso, não podemos considerar os amigáveis todos iguais. Há que ter em conta o contexto.

Com isto não queremos aludir às diferenças entre amigáveis de clubes e de seleções, mas sim de outros fatores que podem influenciar a forma como as equipas abordam esses mesmos jogos.

Assim, imaginemos o Troféu Joan Gamper, encontro que, sendo amigável, tem significado para o Barcelona.

Nesse caso, se possível, a equipa “Culé” alinhará com seriedade que o encontro exige.

Em alternativa, imagine que o encontro é amigável mas há um montante elevado em jogo. Esse fator também poderá mexer com o comportamento das equipas.

Perceber como apostar em jogos amigáveis nem sempre é fácil e por isso dedicámos as próximas linhas a esse mesmo tema.

A maioria das Casas de Apostas disponibiliza mercados para apostar em jogos amigáveis.

Casas de Apostas para Apostar em Jogos Amigáveis

[nossa-aposta]

Amigáveis de Clubes

Os jogos de preparação são um clássico de pré-temporada.

Antes do início da época oficial, as equipas disputam os tradicionais jogos amigáveis que, ao fim ao cabo, correspondem aos primeiros testes, permitindo ganhar forma e, numa fase avançada, começar a tirar algumas conclusões.

Há sempre mudanças no início de cada temporada que podem resumir-se à constituição do plantel ou mesmo abranger a equipa técnica.
Antes do início da época oficial, há decisões que têm que ser tomadas.

Durante as primeiras semanas da pré-época, o número de jogadores nos trabalhos costuma ser considerável e há sempre a necessidade de “emagrecer” o plantel.

Nos primeiros encontros de preparação, é natural que se façam vários testes e que a equipa técnica opte por dar minutos a todos os jogadores.

Além disso, os ciclos de pré-época costumam ser intensos e pejados de jogos, obrigando a uma gestão cuidadosa, ainda mais numa fase tão precoce da época.

Diríamos que as primeiras semanas de preparação não são fiáveis pelos fatores acima elencados.

A indefinição relativa à composição do plantel mantém-se, os jogadores ainda procuram alcançar a melhor forma e se estiverem num novo clube ou sob alçada de uma equipa técnica diferente da temporada anterior, ainda estão assimilar processos.

Mesmo quando o desnível entre equipas é grande, podem existir surpresas.

Outro fator que deve ser sempre tido em conta é o momento da pré-época em cada equipa se encontra, já que isso pode fazer toda a diferença em termos de ritmo.

No fundo, aquilo que lhe queremos transmitir é que os primeiros encontros de pré-época podem ser autênticas “ratoeiras” por vários motivos, desde o facto de a equipa técnica não querer jogar com a equipa teoricamente mais forte ao número de alterações ao longo do jogo.

Afinal, essa é uma questão para os jogadores, já que a quantidade de alterações que se fazem ao longo de um encontro amigável pode influenciar o ritmo do desafio.

Entenda como analisar um jogo de futebol antes de apostar.

Registe-se na Betano e descubra múltiplos mercados associados a jogos amigáveis!

As últimas semanas de pré-época

A última semana da pré-temporada é decisiva.

As decisões mais importantes já terão sido tomadas, o plantel já estará mais próximo da versão em que se apresentará para competir e a equipa mais ritmada, como é lógico.

As dinâmicas já estarão melhor assimiladas pela maioria dos elementos da equipa e está claro que tudo isso vai influenciar positivamente o desempenho coletivo.

Ainda que continuemos a falar de encontros amigáveis, a forma como a equipa abordará o jogo a todos os níveis é completamente diferente para melhor em termos da seriedade e do compromisso que irá imprimir na sua forma de atuar.

Como bem sabemos, se os últimos testes da pré-época não estiverem a correr de feição, a pressão dos adeptos e da própria imprensa aumentará.

Assim, é importante que os jogadores respondam à altura por forma a não gerarem desconfiança.

A apostar em jogos amigáveis, que o faça na derradeira fase da pré-temporada.

Apostar em Amigáveis

Troféus e Torneios

Ainda que os encontros de preparação não sejam oficiais, já lhe esclarecemos que não são todos iguais.

Posto isto, para além da fase da pré-temporada (mais precoce ou mais avançada) em que são disputados, existem outros fatores que não podem ser desconsiderados.
Assim, do nosso ponto de vista, destacaríamos dois aspetos:

  • A possibilidade de ganhar um troféu com simbolismo mesmo tratando-se de um encontro amigável.
  • O “prize money” associado à vitória numa competição amigável.

Foquemo-nos na questão dos torneios ou troféus.

No caso português, embora se tratem de troféus amigáveis, está claro que a Eusébio Cup tem simbolismo para o Benfica, assim como o Troféu Cinco Violinos para o Sporting.

Se pensarmos na vizinha Espanha, o Torneio Joan Gamper tem um simbolismo importante para o Barcelona, tal e qual como o Teresa Herrera para o Deportivo ou o Ramón de Carranza para o Cádiz.

O significado associado a essas competições pode fazer com que as equipas encarem os desafios com maior seriedade.

Por outro prisma, a dimensão financeira também pode ser importante.

A International Champions Cup é provavelmente a competição de pré-época mais importante do mundo.

Os melhores clubes da Europa são convidados para participarem em encontros no continente americano e claro que há muito dinheiro envolvido.

Por norma, os clubes são obrigados a aceitar algumas cláusulas, entre as quais utilizar as suas referências neste tipo de jogos, ainda que amigáveis.

Além disso, a presença numa competição com esse tipo de envergadura traz visibilidade e claro que os patrocinadores estão atentos.

O rendimento desportivo, nesse tipo de jogos, pode mesmo importar, apesar de se tratarem de jogos amigáveis.

Por fim, neste encontros amigáveis com em quaisquer outros, a informação é essencial.

Reúna o máximo de informação sobre as equipas para poder tomar uma decisão antes de investir.

A Betclic disponibiliza diversos mercados para apostar em jogos amigáveis!

Apostar em amigáveis de seleções

No continente europeu, a UEFA tem vindo a esforçar-se por reduzir a quantidade de encontros amigáveis.

A criação da Liga das Nações, composta por quatro divisões, surgiu como uma solução precisamente para reduzir o número de encontros de amigáveis, nos quais não há nada em disputa.

A prova permite às seleções menos cotadas disputar o acesso ao Europeu e claro que isso é um estímulo adicional.

Ainda que a prova tenha preenchido uma lacuna que se verificava sobretudo aquando das pausas para compromissos de seleções que se verificam durante o ano, antes dos grandes torneios, as seleções europeias continuam a realizar amigáveis, tal como as dos restantes continentes.

A lógica é idêntica à dos clubes, mas em contexto de seleção, o esforço nos amigáveis é inegociável sobretudo para os jogadores menos cotados, já que olham para esses encontros como oportunidades para demonstrarem que merecem a confiança do selecionador.

Além disso, está claro que os bons desempenhos antes de fases finais de grandes competições aumentam a confiança da equipa.

Conclusão

Existem “amigáveis e amigáveis”.

Apesa de estarmos a falar de jogos não oficiais em qualquer das ocasiões, existe amigáveis que estão mais próximos de ser encarados e disputados como encontros oficiais que outros.

Terminamos da forma que começámos: é difícil apostar em jogos amigáveis, sim.

No entanto, não desaconselhamos totalmente, já que podem proporcionar boas oportunidades tal e qual como os jogos oficiais.

Apostar em jogos amigáveis requer estudo e muitas vezes torna-se bastante difícil encontrar a informação que precisamos. Se investir sem estudar previamente, estará a cometer um dos erros frequentes em apostas desportivas.

Se, por mais que procure, permanecer numa “zona cinzenta”, então o melhor será mesmo conservar a sua banca e encarar outras “batalhas”.

Afinal, apostar é sobre conseguir rendimento a longo prazo.

As melhores Casas de Apostas

[nossa-aposta]

Boas Apostas!