Prognóstico
Odd
Acima de 1.5 Golos
1.40
Betclic
Resultado
Sucesso
Afonso Canavilhas
58% Sucesso
Próg. realizados
3288
Média Odds usadas
1.68
Próg. certos
1852
Próg. errados
1339

Alavés – Atlético de Madrid (La Liga)

Líder da La Liga 2020/21 à entrada para esta jornada 17, o Atlético de Madrid viaja até ao Mendizorroza, em Vitória, para disputar o primeiro encontro no novo ano cicil. O Alavés não perde há quatro encontros oficiais e quer complicar a vida aos “Colchoneros”.

Análise Alavés

O Alavés entra em 2021 fora da zona de perigo, correndo com o objetivo de chegar a finais de maio o mais longe possível dos últimos três lugares. Por esta altura, a formação basca segue no 12º lugar da tabela classificativa com 18 pontos conquistados em 16 jogos, apenas três acima da linha de perigo. Um deslize pode provocar uma queda significativa na tabela e, como tal, todos os pontos contam.

Conjunto tradicionalmente forte no “seu” Mendizorroza, o Alavés não perdeu nenhum dos últimos quatro compromissos que aí disputou, embora tenha defrontado teoricamente mais fortes em pelo menos três dessas ocasiões: Barcelona (1-1), Valência (2-2), Real Sociedad (0-0) e, por fim, venceu o Eibar por duas bolas a uma. Já em termos absolutos, nos últimos cinco jogos, o Alavés venceu duas vezes, empatou uma e perdeu duas: bateu Rincón (0-2) para a Copa do Rei e venceu já referido embate com o Eibar (2-1), sucumbiu nas deslocações a Huesca (1-0) e Celta de Vigo (2-0) e, no último dia do ano, empatou a uma bola com o Osasuna (1-1). O Alavés de Tomás Tavares (entrou aos 76 minutos) não terá saído do jogo satisfeito com o respetivo desempenho, dado que jogou em superioridade numérica desde o minuto 8 (!) após expulsão do guardião Rubén Martínez, até se adiantou no marcador mas acabou mesmo por consentir o empate.

Pablo Machín escalonará a equipa no habitual 1x4x4x2, perspetivando-se que adote uma abordagem idêntica à que aplicou no empate caseiro com o Barcelona ou na vitória frente ao Real Madrid (1-2) em Valdebebas, aproximando as linhas, abordando cada lance com a agressividade necessária e procurando criar perigo em transição e através de bolas paradas. Rodrigo Ely (lesionado) e Tomás Pina (suspenso) são baixas confirmadas para este encontro, enquanto Pere Pons continua em duvida.

Onze provável: Pacheco, Navarro, Laguardia, Lejeune, Duarte, Battaglia, García, Rioja, Méndez, Joselu, Pérez

Análise Atlético de Madrid

Líder da La Liga 2020/21 com dois pontos de vantagem em relação ao Real Madrid e menos dois encontros disputados, o Atlético de Madrid tem vindo a provar que é candidato a destronar o eterno rival, mesmo que as cotações ainda não joguem a seu favor. Em 14 jogos nesta La Liga 2020/21, os “Colchoneros” só perderam precisamente com os “Merengues”, somando 11 vitórias e dois empates nos restantes 13 desafios. Após o desaire por duas bolas a zero em Valdebebas, o segundo na temporada 2020/21 em termos absolutos (o Atléti perdeu um dos duelos com o Bayern para a Liga dos Campeões), o Atlético de Madrid conseguiu somar os últimos quatro desafios por vitórias, concedendo apenas um golo nesta sequência: eliminou o modesto Cardassar (0-3) da Copa do Rei, recebeu e venceu o Elche (3-1), impôs-se em San Sebastián diante da Real Sociedad (0-2) e, no penúltimo dia do ano, bateu o Getafe no anda Metropolitano por uma bola a zero. Detentor do melhor registo defensivo da La Liga (como tem sido apanágio) com cinco tentos sofridos, o Atlético de Madrid sofreu golos em apenas três dos últimos dez jogos que disputou para a La Liga – a equipa comandada por Diego Simeone impediu que o adversário chegasse ao golo em dez ocasiões. Por outro lado, os 27 golos correspondem ao segundo melhor registo da La Liga (note-se, uma vez mais, que com menos encontros disputados que a concorrência) e o Atléti só não marcou ao Real nos últimos dez desafios. A chegada de Luís Suárez a Madrid veio reforçar a capacidade do Atléti no ataque, tanto que falamos do segundo melhor marcador da La Liga por esta altura, com oito golos marcados. João Félix tem estado em bom plano e também deverá assumir a titularidade na frente.

Trippier continua suspenso até março e Vrsaljko permanecerá na equipa titular. Savic, também suspenso, também não poderia dar o seu contributo à equipa, perspetivando-se que Gimémez, Felipe e Hermoso sejam os três defesas eleitos por Simeone, com Vrsaljko e Carrasco como “asas” da equipa que em momento defensivo atuará muitas vezes com uma linha de cinco.

Onze provável: Oblak, Giménez, Felipe, Hermoso, Vrsaljko, Koke, Llorente, Carrasci, Félix, Lemar, Suárez

Dica de Prognóstico

O Atlético denota consistência suficiente para alcançar mais uma resultado positivo nesta visita a Vitória.

Prognóstico
Odd
Acima de 1.5 Golos
1.40
Betclic
Resultado
Sucesso
Afonso Canavilhas
58% Sucesso
Próg. realizados
3288
Média Odds usadas
1.68
Próg. certos
1852
Próg. errados
1339