Menu

Zenit – Benfica (Liga dos Campeões)

O Zenit e o Benfica medem forças esta quarta-feira no Estádio Petrovsky, em São Petersburgo, num embate a valer para a 2ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O conjunto da casa chega aqui na ressaca de um empate a zero em terreno do FK Krasnodar, ainda com alguma falta de ritmo competitivo, visto que disputaram apenas 3 embates desde o início do ano. Já o Benfica chega aqui extremamente motivado, não só por se encontrar em vantagem na eliminatória, como também por ter vencido o derby contra o Sporting, no fim de semana, passando assim para a liderança do campeonato português.

Zenit começou por alcançar estes oitavos de final ao se conseguir qualificar como líder do Grupo H, constituído pelo Gent, Valencia e Lyon, chegando aqui com uma ligeira desvantagem ao ter perdido por 1-0 na 1ª mão, no Estádio da Luz, o que o obriga a assumir as despesas e correr atrás do prejuízo. Os russos não têm conseguido estar ao nível que apresentaram a época transacta, onde se sagraram campeões do principal escalão de futebol da Rússia, encontrando-se agora num modesto 5º lugar com os mesmos 31 pontos que o FK Krasnodar e o Terek Grozny, 4º e 6º classificados, fruto de 8 vitórias, 7 empates e 4 derrotas, com parciais de 34 golos marcados e 23 golos sofridos, e já a 9 pontos de distância do líder do campeonato CSKA Moscovo. Esta equipa orientada por André Villas-Boas é detentora de um forte poderio ofensivo e de jogadores de classe mundial, como é o caso dos bem conhecidos Hulk e Witsel.

Contudo, o facto do campeonato russo ter estado parado durante 3 meses levou a equipa a estar bastante tempo sem competir oficialmente, o que se tem reflectido no sector ofensivo, em que nos únicos 3 jogos oficiais disputados desde o início do ano, os russos conseguiram apenas assinalar 1 golo, que foi no prolongamento do jogo da Taça da Rússia. Posto isto, está claro que Hulk e companhia ainda não andam com a pontaria devidamente afinada, o que pode ser um problema para André Villas-Boas, visto que o seu conjunto constrói os ataques maioritariamente através das alas, sendo Hulk e Danny os responsáveis pela transição defesa-ataque. Contudo, estes dois intervenientes não costumam colaborar muito no processo defensivo, o que poderá deixar a equipa exposta ao poderoso ataque do Benfica.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Zenit apresenta um histórico de 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com um empate por 1-1 na recepção ao Ufa. Seguiu-se uma derrota por 2-1 em terreno do Gent, em jogo a contar para a Liga dos Campeões, uma derrota por 1-0 em terreno do Benfica, em jogo a contar para a Liga dos Campeões, uma vitória por 1-0 na recepção ao Kuban Krasnodar, em jogo a contar para a Taça da Rússia, e na última jornada, um empate por 0-0 em terreno do FK Kranosdar. Viktor Faizulin, Vyacheslav Malafeev e Aleksandr Ryazantsev são baixas confirmadas, todos lesionados, ficando também de fora Domenico Criscito e Javi García, ambos a cumprirem castigo.

Onze Provável: Lodygin – Smolnikov, Garay, Lombaerts e Anyukov – Neto e Witsel – Hulk, Witsel e Danny – Dzyuba.

Liga dos CampeõesBenfica, por sua vez, chegou a estes oitavos de final como 2º classificado do Grupo C, constituído pelo Atlético de Madrid, Galatasaray e Astana, chegando assim à Rússia com uma vantagem de 1-0 conquistada na 1ª mão, conseguida com um golo ao minuto 90+1 através do brasileiro Jonas. Os Encarnados chegam aqui extremamente motivados com a vitória por 0-1 no derby de sábado contra o Sporting, no Estádio de Alvalade, vitória que os lançou para a liderança do campeonato português, ocupando assim o 1º lugar com 61 pontos, fruto de 20 vitórias, 1 empate e 4 derrotas, com parciais de 66 golos marcados e 17 golos sofridos, ficando assim com 2 pontos de vantagem sobre o 2º Sporting, e 5 pontos sobre o 3º classificado FC Porto. Tendo em conta que os russos atravessaram um período de 3 meses sem nenhum embate competitivo oficial, e que iniciaram recentemente o campeonato, este é um trunfo a favor das Águias, que estão de novo fortes e bastante motivadas, sendo também fortes candidatos a seguirem em frente até aos quartos de final.

Existe, no entanto, um factor de peso contra o Glorioso que são as ausências de jogadores importantes no sector defensivo, visto que chegam aqui sem o guardião Júlio César e sem os centrais Luisão e Jardel, jogadores de grande experiência e importantíssimos para os comandos da defensiva vermelha e branca, o que poderá fazer as Águias atravessarem alguns problemas na Rússia. Com uma pequena vantagem de apenas 1-0, os Encarnados irão entrar em jogo preocupados em não sofrer nenhum golo, no entanto, esse não será o seu único foco, ambicionando marcar um golo na Rússia e tirar proveito do mau começo no campeonato russo do Zenit. Importa realçar o grande trabalho do técnico Rui Vitória, que conseguiu alcançar a liderança do campeonato ao vencer o derby e, após uma grande campanha nesta Liga dos Campeões, tem hipótese de conseguir alcançar os quartos de final logo no seu 1º ano como treinador do Glorioso, algo que o técnico Jorge Jesus conseguiu apenas uma vez em 6 anos aos comandos das Águias.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Benfica 4 vitórias e 1 derrota. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma derrota por 1-2 na recepção ao FC Porto. Seguiu-se uma vitória por 1-0 na recepção ao Zenit, em jogo a contar para a Liga dos Campeões, uma vitória por 1-3 em terreno do Paços de Ferreira, uma vitória por 2-0 na recepção à União da Madeira, e na última jornada, uma vitória por 0-1 em terreno do Sporting. Lisandro López, Júlio César, Luisão, e Nuno Santos são baixas confirmadas, todos lesionados, ficando ainda Jardel e André Almeida de fora, ambos a cumprir castigo.

Onze Provável: Ederson – Nélson Semedo, Lindelof , Samáris e Eliseu – Pizzi, Sanches, Fejsa e Gaitán – Mitroglou e Jonas.

Nos seus únicos 5 confrontos directos, o Zenit venceu 3 jogos e o Benfica os 2 restantes.

Benfica
1-0
Zenit
LC 2015/2016
Zenit
1-0
Benfica
LC 2014/2015
Benfica
0-2
Zenit
LC 2014/2015
Benfica
2-0
Zenit
LC 2011/2012
Zenit
3-2
Benfica
LC 2011/2012

Este será certamente um jogo muito interessante, onde o Zenit apesar de contar com um plantel recheado de qualidade e jogadores de renome, encontra-se a atravessar uma fase menos boa e ainda com falta de ritmo competitivo, tendo vindo a apresentar alguma falta de eficácia no sector ofensivo. Já o Benfica chega aqui motivado com a vitória no derby em terreno do Sporting, motivação essa que tem feito os Encarnados conquistarem bons resultados, detendo ainda um ataque bastante perigoso que consegue fazer golos em qualquer campo. É de esperar um jogo fechado com o Benfica a procurar o golo através de ataques organizados, não concedendo grandes espaços ao Zenit e tentando proteger a vantagem da 1ª mão, algo que fazem muito bem. Posto isto, antevê-se um jogo com poucos golos, onde a boa forma, consistência e organização do Benfica deverá garantir-lhes a qualificação.

Prognóstico Odd Casa Erro
Menos de 2.5 Golos 1.71 Betrally
zenit
Zenit
  • País: Rússia
  • Estádio: Petrovsky
  • Cidade: Saint-Peterburg
  • Fundação: 1925

Ver ficha completa

benfica
Benfica
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio da Luz
  • Cidade: Lisboa
  • Fundação: 1904

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1990
  • Média Odds usadas 1.82
  • Próg. certos 1037
  • Próg. errados 853
comments powered by Disqus

Últimos jogos