Menu

Zâmbia – Etiópia (CAN 2013)

O campeão em título, Zâmbia, enfrenta a Etiópia, que levou trinta anos a regressar à Taça das Nações Africanas, na abertura do Grupo C. Apesar de ter sido uma potência no passado, o conjunto etíope surge agora como a grande incógnita desta competição. Total favoritismo para os zambianos, assim, que depois da história feita no ano passado, tentarão repetir a graça na África do Sul.

Hervé Renard é considerado um herói nacional, depois de levar a Zâmbia ao título. Mas a sua tarefa está agora dificultada pelas expetativas e pelo fator motivação, tão importante no passado, mas fragilizado este ano. O discurso para o grupo, que se mantém praticamente o mesmo, terá que ser diferente, e uma vitória no primeiro encontro é essencial para colocar a equipa em modo de conquista.

Kennedy Mweene, o guardião, foi uma das peças fundamentais da equipa em 2012 e continuará a sê-lo este ano. Com uns reflexos incríveis, só a baixa estatura o impede de estar a jogar num nível mais elevado, representando o Free State Stars da África do Sul. Na linha defensiva, Himonde e Sinkala, ambos do TP Mazembe, tentarão voltar a mostrar a mesma qualidade e constância na defesa da retaguarda zambiana. Lungu, dos russos do Ural, e Sunzu, do Reading, constituem outras duas peças fundamentais, ligeiramente mais avançados, na organização de um conjunto que conta com muita criatividade entre os elementos da frente.

Felix Katongo, do Petro de Luanda, é o organizador do ataque que conta com Kalaba (TP Mazembe), Mulenga (Utrech) e Mayuka (Southampton) como grandes figuras. A qualidade técnica de todos estes jogadores, a velocidade de execução e a capacidade finalizadora são as principais armas para um conjunto que vive muito de uma constante troca de bola e uma atitude competitiva elevada. Ao conseguir manter todos estes atributos, Hervé Renard liderou um dos mais poderosos conjuntos africanos no ano passado. Repetir esse feito é um desafio elevado, ao qual Renard, pelas suas características, não vira a cara.

A preparação para a CAN foi tudo menos positiva, já que em quatro partidas, a Zâmbia não alcançou nenhuma vitória. Duas derrotas frente a Tanzania (0-1) e Angola (0-2) foram seguidas de dois empates, frente a Marrocos e Noruega, ambos a zero. Ainda assim, perante o início de uma competição simbólica deverá mudar a atitude da equipa.

A Etiópia chega a este torneio como uma ilustre desconhecida. Sewnet Bishaw, o técnico, é um veterano treinador com experiência em vários clubes do seu país e do Iémen. No entanto, o ponto alto da sua carreira é a eliminação do Sudão na qualificação para a CAN, onde a Etiópia volta 31 anos depois.

CAN 2013No conjunto destaca-se Adane Girma, do St. George, que começou a sua carreira em posições mais defensivas, mas cujo avanço no terreno lhe valeu ser o melhor marcador da equipa na qualificação. Fuad Ibrahim, um dos poucos etíopes a evoluir fora do país, no Minnesota Stars, equipa das divisões secundárias dos Estados Unidos da América, deverá acompanhá-lo na frente de ataque.

Yussuf Saleh, centro-campista nascido na Suécia, de pais etíopes, e que já teve uma experiência em Espanha, jogando no Ciudad de Múrcia, é outros dos elementos que podem ser reconhecidos no onze de Bishaw. Será fundamental, num jogo frente a uma potência continental, ter jogadores que se consigam afirmar e não tremer perante o adversário.

Ainda assim, depois de no ano passado outro ilustre desconhecido, o Sudão, ter conseguido um lugar nos quartos-de-final da prova, não será de desprezar as possibilidades de vermos a Etiópia, de quem também se espera uma atitude defensiva e calculista, fazer uma pequena surpresa em território sul-africano. Na preparação para aqui chegar, os etíopes empataram 1-1 com a Tunísia e bateram a Tanzania por 2-1.

Nos confrontos anteriores entre estes dois países, é de destacar um realizado em 1982, quando ambas as equipas se encontram na fase de grupos da CAN. Na altura, a vitória da Zâmbia confirmou a tendência destes confrontos, já que a Etiópia nunca conseguiu vencer nenhum:

Etiópia 1-2 Zâmbia  Jogos Amigáveis 2001
Etiópia 2-2 Zâmbia  Jogos Amigáveis 1989
Etiópia 0-1 Zâmbia  Jogos Amigáveis 1989
Zâmbia 1-0 Etiópia  CAN 1982

A vitória dos zambianos parece assim uma aposta segura, embora a defensiva etíope possa conseguir segurar a partida com um número baixo de golos.

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória da Zâmbia 1.53 Bet365
Zâmbia
Zâmbia
  • País: Zâmbia
  • Estádio:
  • Cidade: Lusaka
  • Fundação: 1929

Ver ficha completa

etiopia
Etiópia
  • País: Etiópia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2838
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1334
  • Próg. errados 1468
comments powered by Disqus

Últimos jogos