Menu

West Ham – Manchester United (Taça de Inglaterra)

Hammers e Red Devils aproveitam o meio da semana para despachar o compromisso da Taça de Inglaterra. Ficará aqui decidido em Upton Park qual das equipas vai medir forças com o Everton, na meia-final, depois do primeiro jogo em Old Trafford ter terminado em empate. Será a última partida de taça do West Ham neste estádio e o conjunto de Slaven Bilic não perde em casa há dezasseis jogos.

O West Ham está com uma rotação espantosa esta temporada. No sábado empatou com o Arsenal em Upton Park, numa partida com seis golos. Num encontro jogado com intensidade e a um ritmo espetacular, Andy Carroll fez um hat trick para dividir os pontos com os Gunners. Foi o quarto empate consecutivo do conjunto orientado por Slaven Bilic, uma tendência que se iniciou na deslocação a Old Trafford, para os quartos de final da Taça de Inglaterra (1-1). Nessa altura foram os franceses de ambos os lados a marcar os golos. Dimitri Payet abriu as hostilidades e Anthony Martial reequilibrou o encontro, obrigando a um segundo jogo para desempatar. Já se sabe que o adversário da semifinal será o Everton, que eliminou o Chelsea. A data também já está definida, será no sábado, 23 de Abril. Agora só é preciso encontrar a outra parte.

Os Hammers só perderam dois jogos em Upton Park esta época, logo na segunda e terceira jornadas da Liga Inglesa, e de lá para cá acumulam dezasseis encontros em casa sem derrotas (9V/ 7E). O estádio vai ser demolido para dar lugar a um condomínio e assim sendo o West Ham joga esta terça-feira o último jogo na taça neste relvado. Será um momento emocionante para a equipa e para os adeptos, potenciado pela possibilidade real que o clube tem de chegar à meia-final ou até mais longe. Se à coisa que Bilic provou este ano é que os seus homens têm capacidade para vencer qualquer um e que sempre irão dar luta e espetáculo. Para um emblema que conquistou a sua última Taça de Inglaterra nos anos 80 causa grande entusiasmo estar tão perto de um resultado histórico.

O West Ham empatou os últimos três compromissos do campeonato – Chelsea (2-2) em Stamford Bridge, Crystal Palace (2-2) e Arsenal em Upton Park – e apesar de não serem maus resultados praticamente anularam a possibilidade do clube ainda chegar a um lugar de aceso à Liga dos Campeões. Por mais que sejam aliciantes os milhões dessa prova os Hammers terão muito mais hipóteses na Liga Europa e essa posição parece bastante bem encaminhada.

Bilic não pode contar com Diafra Sakho e James Collins, lesionados, nem com Sam Byram, que tem contrato com o United.

Onze Provável: Randolph – Antonio, Reid, Ogbonna, Cresswell – Alex Song, Noble – Enner Valencia, Lanzini, Payet – Carroll.

Taça de InglaterraA história do Manchester United esta temporada é o inverso da dos Hammers. Aborrecidos, desconexos, sem identidade, os Red Devils são uma desilusão que se renova a cada jogo. Empurrados para fora da Liga dos Campeões, eliminados às mãos do rival Liverpool nos oitavos da Liga Europa, esta Taça de Inglaterra é a última oportunidade de dar algum brilho a uma temporada para esquecer. Resta saber se o United tem unhas para tocar esta guitarra.

No fim de semana o Manchester United foi a White Hart Lane receber uma lição de futebol, cortesia de Mauricio Pochettino e dos Spurs (3-0). No espaço de seis minutos o Tottenham arrasou com os visitantes e Louis van Gaal não teve pruridos em culpar os seus jogadores pelo descalabro. Ao que parece esse atribuir de culpas, sem reservar nenhumas para si mesmo, ter-lhe-á custado o pouco respeito que ainda tinha no plantel.

Phil Jones e Wayne Rooney jogaram pelas reservas e mostraram estar fisicamente aptos. Crescem os rumores que dão ao capitão do United entrada direta para o onze. É certo que Marcus Rashford parece esgotado mas o clube poderia perfeitamente alinhar com Memphis na lateral e Martial na frente, como já fez antes. Rooney jogou só sessenta minutos, não sei se terá ritmo para enfrentar o jogo duro dos Hammers num jogo a eliminar.

Timothy Fosu-Mensah, que se evidenciou nos últimos desafios, saiu lesionado do jogo com o Tottenham e deve ser baixa. Junta-se assim a Schweinsteiger, Shaw e Keane, todos lesionados. Cameron Borthwick-Jackson está em dúvida.

Onze Provável: De Gea – Darmian, Smalling, Blind, Rojo – Carrick, Schneiderlin – Lingard, Mata, Martial – Rooney.

Manchester United 1-1 West Ham
Taça de Inglaterra 15/16
Manchester United 0-0 West Ham
Premier League 2015/16
West Ham 1-1 Manchester United
Premier League 2014/15

Os três últimos confrontos entre os dois emblemas acabaram empatados, coisa que não poderá acontecer aqui.

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória do West Ham 2.60 Betrally
westham
West Ham
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Estádio Olímpico de Londres
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1895

Ver ficha completa

manchesterunited
Manchester United
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Old Trafford
  • Cidade: Manchester
  • Fundação: 1878

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1902
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 801
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos