Menu

Washington Redskins – Green Bay Packers (NFL)

Um dos duelos mais imprevisíveis deste fim de semana. A sensação geral é a de que os Redskins, e Cousins em particular, estão ao rubro neste final de temporada regular e podem levar a melhor sobre os Packers, que foram uma das desilusões da época. Mas ninguém consegue riscar à partida uma equipa com a experiência de Green Bay, que tem Aaron Rodgers como quarterback.

No começo da época os Washington Redskins não estavam na lista dos candidatos mais prováveis aos play-offs, longe disso. Mas esta equipa superou largamente as expetativas. Sim, porque não foram só os adversários da NFC Este a falhar. Houve mérito da parte de Washington. Para começar há que reconhecer a coragem e paciência de Jay Gruden. Com RGIII no banco e apostando em Kirk Cousins as coisas podiam-lhe ter corrido mal. Mas o jovem quarterback fez uma evolução gradual e na segunda metade da temporada esteve simplesmente irrepreensível. O mais importante, quanto a mim, é a forma como a equipa se anima com as suas prestações e lhe reconhece qualidade. O regresso de LeSean Jackson de lesão foi um dado essencial e entre ele, Cousins, Jordan Reed e Pierre Garçon há um entrosamento que faz desta unidade uma força a temer.

Apesar de chegar a esta altura em alta a equipa tem os seus senãos, que podem ser explorados por Gren Bay. A defesa é, na melhor das hispóteses mediana. Não compromete mas um conhecedor do jogo experiente como Rodgers pode aproveitar isto. E depois, os Redskins ainda não venceram uma equipa de topo esta temporada. New England e Carolina limitaram a ofensiva a vinte e seis pontos no conjunto dos dois jogos.

NFLPela primeira vez em dez anos os Green Bay Packers têm melhores números na defesa que no ataque e isso, para quem acompanha a trajetória da equipa é o mundo de pernas para o ar. Neste momento os Packers têm uma boa defesa, alicerçada em jogadores de elite. Clay Matthews não é novidade para ninguém mas este ano sentiu-se a evolução tanto de Morgan Burnett como de Ha Ha Clinton-Dix. (Já sei, só na América um homem pode ser levado a sério com este nome. Isso e o tamanho que tem, claro.) A perplexidade nesta equipa que nos habituou a ser das mais duras e explosivas é o total desacerto da unidade ofensiva. A perda de Jordi Nelson para o resto da temporada foi um rude golpe para o quarterback que desde aí parece nunca ter sido capaz de se relacionar verdadeiramente com nenhum dos seus companheiros do ataque. Entre Aaron Rodgers e as armas de que dispõe em campo não existe química, não há aquela confiança inerente de que coloca a bola antecipando a conclusão da jogada. Não se pode culpar Rodgers por isso, tentativa atrás de tentativa ele vai segurando a bola e improvisando, porque não tem esse segurança em quem está do outro lado. A equipa ofensiva é fisicamente pesada e arrisco a dizer que a agilidade mental também não é nenhum portento.

Outro problema é a linha ofensiva. As lesões provocaram entradas e saídas constantes e isso é o pior que pode acontecer a uma unidade que vive de saber como o homem do lado se move até de olhos fechados. Frente a Arizona a prestação foi confrangedora, melhorou com Minnesota mas terá que ir ainda mais longe.

Pela primeira vez desde 2010 os Packers deixaram escapar o título da NFC Norte. E fizeram-no com estardalhaço, perdendo em Lambeau Field na última semana da temporada regular com os rivais diretos (20-13). Aliás, foi a segunda derrota consecutiva numa fase decisiva para as vagas dos play-offs e isso é muito incaracterístico para esta equipa. No fundo, muitos dos adeptos da NFL, nos quais me incluo, continuam à espera que se dê aquele clique e que Green Bay desperte. Todos os que já vimos Aaron Rodgers sacar coelhos da cartola. Os play-offs têm esse efeito, levar a que as equipas se superem.

Washington Redskins Green Bay Packers Lambeau Field (Green Bay) D 38-20
Washington Redskins Green Bay Packers FedExField (Landover) V 16-13, OT
Washington Redskins Green Bay Packers Lambeau Field (Green Bay) D 17-14
Washington Redskins Green Bay Packers FedExField (Landover) D 28-14
Washington Redskins Green Bay Packers Lambeau Field (Green Bay) D 30-9
Washington Redskins Green Bay Packers Lambeau Field (Green Bay) D 37-0

Os Redskins só venceram um dos últimos seis confrontos com os Packers. Foi no FedEx Field e teve que ir a prolongamento.

Prognóstico Odd Casa Erro
Menos de 45.5 pontos 1.90 Betrally
washington redskins
Washington Redskins
  • País: Estados Unidos
  • Estádio: FedEx Field
  • Cidade: Washington
  • Fundação: 2001

Ver ficha completa

Green-Bay-Packers
Green Bay Packers
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: Green Bay
  • Fundação: 1919

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1873
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 787
  • Próg. errados 1059
comments powered by Disqus

Últimos jogos