Menu

Videoton – The New Saints FC (Liga dos Campeões)

Os galeses esperavam aproveitar a primeira mão em casa para conseguir uma vantagem mas as coisas não correram de feição. O golo de Gyurcsó, a treze minutos do fim, foi um rude golpe nas aspirações dos The New Saints e é com esse resultado que têm que enfrentar o segundo jogo, em Székesfehérvar. O Videoton tem tudo para seguir em frente mas o início de temporada do campeão húngaro já teve os seus percalços.

A época do Videoton não está a arrancar da forma mais auspiciosa. O triunfo no País de Gales (0-1), na primeira mão da segunda pré-eliminatória da Liga dos Campeões, foi o único resultado positivo. Ainda que, convenhamos, um golo isolado não torne o segundo jogo um mero pró-forma. A equipa do português Filipe Oliveira perdeu a Supertaça da Hungria, há pouco mais de duas semanas, para o Farencváros (0-3), de forma expressiva. E foi também derrotada na ronda inaugural da Liga Soproni, pelo Honvéd de Budapeste (1-0). Pelo meio ficou a vitória sobre o TNS, com um golo aos setenta e sete minutos de Ádám Gyurcsó, depois de um erro de Christian Seargent colocar a bola ao alcance do adversário. Será essa magra vantagem que o atual campeão húngaro vai tentar engordar no jogo da segunda mão, no Sóstói.

Onze provável: Péter Gábor – Roland Szolnoki, Paulo Vinícius, Roland Juhász, András Fejes – Ádám Simon – Ádám Gyurcsó, István Kovács, Máté Pátkai, Tamás Koltai – Filipe Oliveira.

Liga dos CampeõesOs The New Saints conseguiram um feito importante ao sobreviver à primeira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, à custa do congénere das Ilhas Faroé. O resultado agregado com o B36 foi de seis a dois (1-2 fora e 4-1 em Gales). Nunca é demais sublinhar a importância que subir estes degraus representa financeiramente para clubes de recursos modestos, como o TNS. A partir do momento em que o sorteio indicou o Videoton como próximo adversário, o clube galês sabia que iria ter um desafio duro pela frente. A estratégia passava por tirar o máximo de vantagem do primeiro jogo, disputado em Oswestry, conseguindo assim uma almofada para a deslocação à Hungria. E durante quase oitenta minutos os The New Saints quase conseguiram. Pelo menos foram a equipa que mais tentou vencer a partida e não deram veleidades aos do Videoton. Mas um erro pode ser a morte do artista, neste caso foi o comprometer dos objetivos do TNS. O treinador Craig Harrison lamentou isso mesmo. Um golo sofrido ao arrapio de uma exibição muito equilibrada – defendendo bem, bem organizados, e tentando construir lances perigosos no contra-ataque. Quase ao cair do pano o médio Aeron Edwards ainda teve a oportunidade de empatar num remate certeiro que o guarda-redes húngaro, Péter Gábor, desviou por cima da barra.

Onze provável: Paul Harrison – Simon Spender, Connell Rawlinson, Kai Edwards, Chris Marriott – Aeron Edwards, Christian Seargeant – Adrian Ciéslewicz, Sam Finley, Scott Quigley – Michael Wilde.

O único embate entre o Videoton e os The New Saints foi o da primeira mão desta segunda pré-eliminatória.

The New Saints 0-1 Videoton Liga dos Campeões (2PE) 15/16
Prognóstico Odd Casa Sucesso
Menos de 2.5 golos 1.90 Dhoze
videoton
Videoton
  • País: Hungria
  • Estádio:
  • Cidade: Székesfehérvár
  • Fundação: 1941

Ver ficha completa

The New Saints FC
The New Saints FC
  • País: País de Gales
  • Estádio:
  • Cidade: Oswestry
  • Fundação: 1959

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 801
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos