Menu
  • 07 setembro
  • 01:00
  • Betrally

Venezuela – Argentina (Mundial 2018)

Com a vitória sobre o Uruguai a Argentina ascendeu ao primeiro lugar da qualificação da CONMEBOL. Messi regressou à Albiceleste para fazer o golo decisivo mas na deslocação à Venezuela a equipa de Bauza vai ter que passar sem o pequeno génio. A seleção Vinotinto foi suplantada pela classe dos Cafeteros e confirmou mais uma vez o último lugar da tabela. Para evitar uma derrota humilhante em casa vai ter que dar tudo o que tem.

A partida chegou a estar em causa devido à crise política que se vive na Venezuela. Aparentemente, a federação argentina recebeu as garantias de segurança necessárias para viajar para Merida e o encontro vai realizar-se. A seleção Vinotinto não conseguiu ser competitiva frente à Colômbia e acabou por perder o sexto encontro desta fase de qualificação para o Mundial de 2018. A Venezuela mantém-se assim no último lugar da tabela, com apenas um ponto, resultante do empate com o Peru (2-2) – penúltimo classificado – em março deste ano. James Rodríguez abriu as hostilidades em cima do intervalo e Macnelly Torres fez o segundo golo dos Cafeteros aos oitenta e dois minutos. Pelo meio, o médio do Real Madrid – que foi a figura inspiradora deste conjunto colombiano – e Carlos Bacca ainda desperdiçaram dois penáltis. Wilker Ángel foi expulso aos setenta e dois minutos, com um segundo amarelo e o mesmo aconteceu a Rolf Feltscher, já em tempo de descontos. O que implica que Dudamel tenha que fazer duas alterações forçadas na defesa Vinotinto.

Em outubro a Venezuela desloca-se ao Uruguai e recebe o Brasil, uma dupla jornada que promete mais uns pregos para o caixão da seleção de Rafael Dudamel.

Onze Provável: Dani Hernández – Rosales, Sema Velázquez, Vizcarrondo, Cíchero – Anor, Rincón, Figuera, Peñaranda – Rondón, Josef Martínez.

Leo Messi voltou a veMundial 2018 - Russiastir a camisola do seu país, depois daquela declaração destemperada de abandono da seleção em junho. O astro argentino fez marcha atrás nas declarações, em grande parte motivadas pela desilusão e frustração com mais uma derrota na final da Copa América, e aceitou o reto do novo selecionador, Edgardo Bauza, para voltar a representar a Argentina. Foi dele o único golo da Albiceleste na passada sexta-feira e graças a esse triunfo sobre os Charruas (1-0) a Argentina já está no primeiro lugar da qualificação sul-americana para o Mundial da Rússia. Para já a margem é muito curta – seguem-na Uruguai, Colômbia e Equador, com um ponto a menos; o Brasil a dois – mas a partir de agora cada pequena ventagem ganha pode tornar-se essencial no definir das águas deste apuramento. Em outubro a seleção argentina tem uma jornada dupla propícia ao amealhar de pontos: visita o Peru e recebe o Paraguai.

Para esta deslocação à Venezuela a Albiceleste vai ter que encontrar soluções sem Messi. O pequeno génio já está de regresso a Barcelona, depois de ter sentido dores na lesão da virilha que o vem a apoquentar há algum tempo. O clube catalão já não o queria dispensar por essa razão mas como sabemos Messi dita as leis e o os Culé seguem sem discussão. Já estará de volta aos tratamentos e assim Bauza vai ter que encontrar solução ofensiva. A situação só é preocupante porque Aguero está lesionado e Paulo Dybala foi expulso do encontro de terça-feira. O selecionador tomou a decisão de não incluir Gonzalo Higuaín nesta convocatória, apesar da sua transferência milionária. Nico Gaitán é um forte candidato a ocupar a lateral.

Onze provável: Romero – Zabaleta, Otamendi, Funes Mori, Más – Banega, Mascherano, Biglia – Gaitán, Lamela, Di Maria.

Argentina
4-1
Venezuela
Copa América 2016
Argentina
3-0
Venezuela
Mundial 2014 (Q)
Venezuela
1-0
Argentina
Mundial 2014 (Q)

A Argentina venceu por 4-1 o último confronto entre as duas seleções, em junho passado, nos quartos de final da Copa América Centenário. A única vez que a Venezuela levou a melhor sobre os argentinos foi em 2011, na qualificação para o Mundial do Brasil, na partida que disputou em casa. Fernando Amorebieta marcou o golo isolado que valeu a vitória.

Prognóstico Odd Casa Erro
Di Maria marca 3.25 Betrally
venezuela
Venezuela
  • País: Venezuela
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

argentina
Argentina
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade: Buenos Aires
  • Fundação: 1893

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1791
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 751
  • Próg. errados 1014
comments powered by Disqus

Últimos jogos