Menu

Vasco da Gama – Botafogo (Campeonato Carioca)

O Maracanã acolhe o encontro entre Vasco da Gama e Botafogo, emblemas que lutam pela conquista do campeonato Carioca. O “cruz-maltino” chega a este encontro em vantagem, na sequência de um triunfo (0-1) na primeira mão e quer conquistar o bicampeonato Estadual. A missão do “Fogão” é mais exigente, mas o técnico Ricardo Gomes acredita que a sua equipa tem capacidade para dar a volta ao rumo da final e impor a primeira derrota da temporada ao Vasco.

O Vasco da Gama está em boa posição para conquistar o bicampeonato Estadual, depois da vitória na primeira mão frente ao Botafogo por uma bola a zero. Jorge Henrique, à pasagem do minuto 61, marcou o único golo da final até à data – Sassá foi expulso pouco tempo depois (69′) e facilitou a tarefa do Vasco. O guarda-redes Martín Silva foi um dos homens em maior destaque durante o primeiro jogo da final, negando o golo ao Botafogo em várias ocasiões.

Sem conquistar um bicampeonato Estadual desde o início da década de 90, os comandados de Jorginho têm uma excelente oportunidade para fazerem história tendo em conta que podem cumprir com este objetivo sem consentirem qualquer derrota em toda a campanha no Carioca. Um empate será suficiente para o Vasco da Gama voltar a levantar o troféu de campeão Carioca feito que alcançou na última temporada com duas vitórias na final (1-0; 1-2) também diante do Botafogo.

Onze Provável: Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos

Campeonato CariocaO desaire na primeira mão coloca o Botafogo numa posição delicada, obrigando o “Fogão” a conquistar a primeira vitória diante do Vasco da Gama nesta temporada. Embora tenha dominado o encontro tal como o técnico do Vasco da Gama admitiu, o “Fogão” foi incapaz de traduzir a superioridade teórica em golos e uma falha defensiva permitiu que o adversário alcançasse vantagem. O facto de estar em desvantagem obriga o “Glorioso” a adoptar uma abordagem mais ofensiva para este encontro da segunda mão, correndo atrás do prejuízo.

Ricardo Gomes prepara algumas alterações na equipa em relação ao encontro da primeira mão. Renan Fonseca e Emerson, dupla que atuou no eixo defensivo, deverá ceder lugar a Joel Carli e Emerson Silva. Já no ataque, em virtude das várias falhas no capítulo da finalização, Fernandes, Neílton e Luis Henrique são os três eleitos. Sassá está fora das contas, uma vez que foi expulso na partida da primeira mão.

Onze Provável:  Jefferson; Luis Ricardo, Joel Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva e Fernandes; Neilton, Luis Henrique e Ribama

Tal como na primeira mão, é expectável que este encontro fique decidido nos detalhes. Caso o Botafogo vença por um golo de diferença, a decisão vai ser remetida para as grandes penalidades. Vasco da Gama e Botafogo já se defrontaram três vezes esta temporada – duas vitórias vascaínas e um empate. Neste momento, em função da vantagem alcançada na primeira mão, é coerente afirmar que o Vasco da Gama é favorito a levantar o troféu carioca. Se quiser inverter a tendência da final, o Botafogo precisa de tomar iniciativa, chegar-se à frente e sobretudo ser mais eficaz no último terço do campo que na primeira mão. Não se afigura tarefa fácil para o “Fogão”, que ao longo da campanha no Estadual se destacou mais pelas prestações do ponto de vista defensivo que ofensivo.

Prognóstico Odd Casa Retorno
Empate Anula: Vasco da Gama 1.71 Betrally
vasco
Vasco da Gama
  • País: Brasil
  • Estádio: São Januário
  • Cidade: Rio de Janeiro
  • Fundação: 1898

Ver ficha completa

botafogo
Botafogo
  • País: Brasil
  • Estádio: Estádio Nilton Santos
  • Cidade: Rio de Janeiro
  • Fundação: 1904

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1569
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 814
  • Próg. errados 679
comments powered by Disqus

Últimos jogos