Menu

Valência – Athletic Bilbao (Liga Europa)

O Athletic visita o Mestalla para a segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa com o clube Ché a passar por momentos críticos. Gary Neville pediu desculpa aos adeptos pela exibição frente ao Levante, considerando que a falta de empenho imperdoável. Para dar a volta a esta eliminatória o Valência tem que marcar dois golos sem conceder. O historial da equipa em casa não dá grandes razões para entusiasmo. A equipa basca parece levar clara vantagem nesta duelo cem por cento espanhol, não apenas pelo resultado do primeiro jogo mas também pelo momento positivo que a embala.

Na deslocação ao terreno do Levante (1-0), o Valência somou a terceira derrota consecutiva, um ciclo que se iniciou com a visita dos Colchoneros (1-3) e se prolongou também na primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa. No final, frente aos jornalistas, Gary Neville foi enfático. Pediu perdão aos adeptos e disse que não havia desculpa possível para aquilo que se tinha passado em campo. Mais do que ao desaire e à perda de pontos, o treinador inglês referia-se à falta de atitude dos seus homens. Resumindo, a sua frase foi algo como no futebol podes ter mais ou menos oportunidades mas pelo menos tens que lutar. E foi isso que a equipa não fez no Cidade de Valência. Recusando sempre apontar o dedo a elementos individuais do plantel e assumindo pessoalmente as responsabilidades, Neville era um homem muito desgastado pela situação. Das bancadas chegam cânticos a pedir-lhe que fique porque é cada vez mais nítida a ideia de que a sua vinda não está a surtir o efeito pretendido e que o próprio Neville está a repensar a opção que tomou.

Ainda assim o técnico manifestou-se convencido de qua na quinta-feira, a entrega dos jogadores ao jogo europeu seria radicalmente distinta. A ideia que passou para o balneário foi simples. Aproveitar a eliminatória da Liga Europa, este jogo único em que jogam a passagem aos quartos da competição, para criar uma espécie de bolha. Esquecer por uns dias as dificuldades e frustrações que vivem na Liga Espanhola, e dar o seu melhor para levar de vencido o Athletic. Não será nada fácil. Só para equilibrar as contas o Valência tem que marcar um golo e não conceder. E isso só garante a ida ao prolongamento. Para um apuramento imediato terá que marcar dois e continuar com a folha limpa.

As dificuldades de Neville não acabam aqui. Cheryshev, Bakkali eram as baixas conhecidas a que se juntou entretanto João Cancelo. O lateral português sofreu uma lesão muscular e só deve regressar ao ativo depois da paragem das seleções. André Gomes também teve que abandonar o treino no início da semana com dores lombares. Ele e Enzo estarão em dúvida até à última.

Onze Provável: Alves – Barragán, Mustafi, Aderlan Santos, Gayá – Danilo – Feghouli, Parejo, André Gomes, Santi Mina – Negredo.

Liga EuropaO Athletic Bilbao vive o momento oposto. A equipa de Ernesto Valverde está há seis jogos sem perder, série que começou com o empate (1-1) do segundo jogo com o Marseille, que deu a passagem a estes oitavos de final. Seguiram-se cinco vitórias seguidas que ajudaram a catapultar o clube basco para o sexto posto da Liga Espanhola, com quarenta e sete pontos, a um do Sevilla e a seis do Villarreal. Mas o treinador expressa ambição. É certo que o objetivo da temporada para os Leões de San Mamés é ficar nos lugares europeus. Mas se o quarto lugar está só a seis pontos, porque não apontar para lá? Mal não faz e é a diferença entre Liga Europa e os milhões da Liga dos Campeões.

A força do Bilbao é maior a jogar no seu reduto mas neste momento de confiança elevada a equipa aguenta-se bem também nas deslocações. Trazem uma vantagem custa da primeira mão, no San Mamés, mas que pode ser gerida com inteligência no Mestalla. Valverde optou por trazer vinte e um jogadores até Valência – só os lesionados Ibai Gómez e Iñaki Williams ficaram em casa – e terá que descartar três para a listagem final. O grupo está unido e motivado. Estão a um passo dos quartos de final da Liga Europa.

Onze Provável: Herrerín – De Marcos, Etxeita, Laporte, Balenziaga – Iturraspe, Beñat – Susaeta, Raúl Garcia, Muniain – Aduriz.

Athletic 1-0 Valencia Europa League 2015/16
Valencia 0-3 Athletic Liga BBVA 15/16
Athletic 3-1 Valencia Liga BBVA 15/16
Athletic 1-1 Valencia Liga BBVA 14/15
Valencia 0-0 Athletic Liga BBVA 14/15

Esta será a quarta vez que as duas equipas se defrontam só esta época e para já o Athletic Bilbao venceu os três duelos anteriores, inclusive na deslocação ao Mestalla, há quase três semanas, a contar para a vigésima sexta jornada do campeonato espanhol.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas as Equipas Marcam 1.86 Betrally
valencia
Valência
  • País: Espanha
  • Estádio: Mestalla
  • Cidade: Valência
  • Fundação: 1919

Ver ficha completa

athleticbilbao
Athletic Bilbao
  • País: Espanha
  • Estádio: San Mamés
  • Cidade: Bilbao
  • Fundação: 1898

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 797
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos