Menu

Tigres – River Plate (Taça Libertadores da América)

A primeira mão da final da Taça Libertadores da América disputa-se, esta madrugada, no México, com o Tigres a receber os argentinos do River Plate. O Estádio Universitário de Nuevo León deverá estar completamente cheio de adeptos mexicanos, que esperam ver, pela primeira vez, uma equipa do seu país a conquistar a competição de clubes mais importantes da América do Sul. Apesar de serem convidados, os Tigres não se permitem diplomacias no momento de jogar para ganhar. Com a palavra o River Plate, a defender a honra e a tradição das equipas a sul do Equador.

Seguramente que, no início da prova, o Tigres não partia, nem acreditaria ser possível, acabar a jogar a final da Libertadores. Para além de as equipas mexicanas participarem na prova por convite, raro foi o ano que um “convidado” bateu as equipas que encaram a Libertadores como uma questão de vida ou morte. No entanto, chegados à final, aqui estão os mexicanos. Na meia-final, frente ao Internacional e depois de ter perdido por 1-2 no Brasil, foi neste mesmo estádio que o francês Gignac começou a reviravolta, marcando aos dezoito minutos. Tão estranho como ver uma equipa mexicana na final, é vê-la apresentar um ponta-de-lança francês. Um autogolo de Geverson e um golo do uruguaio Arévalo Rio fizeram o resto, fechando-se a história com uma vitória que coloca o Tigres apenas a dois jogos de alcançar um marco nunca antes alcançado por qualquer equipa mexicana. Javier Aquino deverá ser a principal baixa da equipa para esta primeira mão, devido a lesão, esperando-se que esteja disponível para o jogo de Buenos Aires.

Onze provável: Guzmán – I.Jiménez, Juninho, Rivas, José Torres – Arévalo Rios, Pizarro – Damm, Rafael Sobis, Álvarez – Gignac.

copa libertadoresO River Plate conjuga a luta pelo título argentino com a conquista da Libertadores, depois de ter começado na fase de grupos a ficar atrás do Tigres, o seu adversário nesta final. A equipa acabou por ser beneficiada nos oitavos-de-final, depois de uma situação causada pelos adeptos do rival Boca Juniors. No entanto, passado essa barreira, frente a Cruzeiro e Guarani os argentinos conseguiram superar-se e, à medida que também foram reforçando a equipa com alguns nomes com largo historial no futebol mundial, que regressaram a casa para tentar levar o River a reviver a sua própria história, com a Libertadores e uma possível final no Mundial de Clubes a estarem no topo dos objetivos da equipa orientada por Marcello Gallardo. Ele próprio um antigo jogador da casa, viaja para o México com enorme confiança de que poderá fazer a diferença.

Onze provável: Marcelo Barovero – Gabriel Mercado, Jonatan Maidana, Ramiro Funes Mori, Leonel Vangioni – Carlos Sánchez, Matías Kranevitter, Ponzio, ‘Lucho’ González – Rodrigo Mora, Lucas Alario.

Os dois jogos disputados a contar para a fase de grupos da Libertadores, em março e abril passado, terminaram ambos empatados.

Tigres 2-2 River Plate Libertadores 2015
River Plate 1-1 Tigres Libertadores 2015

O primeiro desafio para estas equipas será o de conseguirem virar as contas e poderem, finalmente, somar uma vitória frente a este rival. A jogar em casa, o Tigres pode considerar-se ligeiramente favorito, mas esta será, sem dúvida, uma final para jogar até ao último minuto de emoção.

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória do River Plate 3.35 Dhoze
tigres
Tigres
  • País: México
  • Estádio: Universitario
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

river plate
River Plate
  • País: Argentina
  • Estádio:
  • Cidade: Buenos Aires
  • Fundação: 1901

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2832
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1330
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos