Menu

Tailândia – Azerbaijão (Mundial de Futsal 2016)

Na Colômbia, o campeonato do mundo de futsal chega à fase do “mata-mata”. A semana fica marcada pela disputa dos primeiros encontros relativos aos oitavos-de-final da competição. As seleções de Tailândia e Azerbaijão lutam por um lugar entre os oito finalistas no Coliseo Cubierto Iván de Bedout, em Medellín.

A Tailândia, nação anfitriã da última edição do campeonato do mundo, volta a intrometer-se entre os finalistas da prova. A formação asiática cumpriu com a expectativa que se lhe reservava ao assegurar um lugar nos oitavos-de-final a partir do grupo B. Os eleitos do seleccionador espanhol Miguel Conde iniciaram o respetivo percurso com uma derrota (4-6) frente à Rússia, dando boa réplica à formação soviética. Após o primeiro encontro, os tailandeses conquistaram os primeiros três pontos ao vencerem (8-5) a congénere de Cuba. Na derradeira ronda, num encontro que definia 3º e 4º colocados do grupo B, a Tailândia bateu a seleção egípcia, campeã africana em título.

Suphawut Thueanklang, jogador que está à experiência nos espanhóis do Santiago Futsal, é o melhor marcador da equipa com quatro golos apontados na fase de grupos. Os tailandeses têm sentido muitas dificuldades em termos defensivos, tal como demonstram os cinco golos sofridos diante da frágil formação de Cuba. Chegada a esta fase, o objetivo da seleção tailandesa passa por fazer melhor que em 2012, quando caiu nos oitavos-de-final frente à Espanha ao perder por sete bolas a uma.

5 provável: Katawut Hankampa, Jirawat Sornwichian, Apiwat Chaemcharoen, Kritsada Wongkaeo, Suphawut Thueanklang

mundial-de-futsal-2016A seleção do Azerbaijão, tida como forte candidata a chegar longe neste campeonato do mundo, não teve tarefa fácil na primeira etapa da competição. A formação “azeri” partilhou o grupo F com três seleções campeãs nos respetivos continentes: Espanha (Europa), Irão (Ásia) e Marrocos (África).

O percurso do Azerbaijão começou de forma relativamente tranquila, com uma vitória esclarecedora (0-5) no embate com a congénere de Marrocos. Seguiu-se um desaire frente à seleção espanhola (4-2) e o percurso da equipa culminou com uma igualdade (3-3) diante do Irão, suficiente para assegurar o acesso aos oitavos-de-final na segunda posição do respetivo grupo com quatro pontos. Nos três primeiros jogos, a formação orientada pelo brasileiro Miltinho marcou 10 golos e sofreu em sete ocasiões. Vassoura é o “arilheiro” da equipa com quatro golos apontados nesta primeira fase, seguido de perto com Gallo, que contabiliza três.

5 provável: Rosvan Huseynli, Fineo De Araujo, Vassoura, Gallo, Thiago

A seleção do Azerbaijão é favorita a garantir o acesso aos quartos-de-final, tal como evidenciam as odds apresentadas pelas casas de apostas. Mais organizada em termos coletivos e munida de bons recursos individuais, a seleção europeia deverá ser capaz de seguir em frente com maior ou menor dificuldade, debelando uma seleção que tem sentido muitas dificuldades em termos defensivos.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Handicap: Azerbaijão -1.5 1.60 Betrally
taila%cc%82ndia
Tailândia
  • País: Tailândia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

azerbaijão
Azerbaijão
  • País: Azerbaijão
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1448
  • Média Odds usadas 1.8
  • Próg. certos 746
  • Próg. errados 620
comments powered by Disqus

Últimos jogos