Menu

Suíça – Bélgica (Amigável de Seleções)

Em preparação com vista para o Euro 2016, a Suíça recebe a Bélgica no Stade de Genève, em encontro onde poderemos medir o estado de espírito e o momento dos jogadores das respetivas seleções a duas semanas do início da prova. Se a Bélgica procura nesta prova o primeiro grande sucesso para uma geração que vai convencendo nos respetivos clubes, a Suíça quer aproveitar o seu grupo para se lançar em busca de uma presença também convincente numa prova onde apresenta atributos de qualidade no plantel.

A Suíça continua a perseguir uma presença numa fase adiantada de uma grande prova internacional, algo que apenas conseguiu nas décadas de 30 e 50. No últimos dez anos, para além de duas presenças nos oitavos-de-final em Mundiais, os Campeonatos da Europa não lhe permitiram mais do que presenças em fases de grupos, mesmo quando foi um dos países organizadores em 2008. Na última edição, a Suíça nem sequer marcou presença, pelo que mais se adianta a necessidade de fazer a diferença em França. Aqui, irá encontrar a seleção da casa, natural favorito a vencer o grupo, mais a Roménia e a Albânia, duas seleções que lhe serão acessíveis. É nisso que os suíços apostam para conseguir uma boa presença na competição. Da lista de Vladimir Petkovic não fazem parte alguns jogadores que num passado recente estiveram entre os eleitos, como são os casos de Inler, Stocker e Drmic. Shaqiri, com quatro golos, foi o melhor marcador da equipa na fase de qualificação, ainda que o conjunto apresente várias soluções ofensivas, com Derdiyok, Seferovic ou o jovem Embolo na lista provisória. Nos dois jogos de preparação realizados em março, os suíços perderam com a República da Irlanda e com a Bósnia-Herzegovina, precisando agora de um resultado positivo para começar a construir confiança para o Euro.

Onze Provável: Sommer – Lang, Schar, Klose, Rodriguez – Xhaka – Shaqiri, Behrami, Dzemaili, Mehmedi – Seferovic.

amigável internacionalA Bélgica chegou ao sorteio do Euro 2016 como líder do ranking FIFA, posição que já perdeu para a Argentina, mas a sua fase de qualificação foi tudo menos fácil, com o País de Gales a disputar-lhe o primeiro lugar. Ainda assim, o sorteio foi pouco simpático para os “Diabos Vermelhos”, já que encontram Itália e Suécia como fortes opositores ao seu apuramento. A República da Irlanda será o seu outro adversário. Ausente de Campeonatos da Europa desde 2000, ano em que organizou a prova (o último apuramento é de 1984!), os belgas sempre tiveram mais apetência por Mundiais, onde alcançaram os quartos-de-final em 2014. A geração de Eden Hazard, Kevin De Bruyne e companhia procura, aqui, alcançar um resultado de maior relevo, com Marc Wilmots a completar quatro anos de trabalho com vista a esse objetivo. Numa lista sem grandes surpresas, pressente-se a enorme qualidade técnica e criativa do meio-campo para a frente, enquanto nas linhas recuadas a ausência de Vincent Kompany, por lesão, poderá fragilizar um conjunto que, ainda assim, tem muitas opções para a zona recuada do corredor central.

Onze Provável: Courtois – Denayer, Alderweireld, Vermaelen, Vertonghen – Fellaini, Dembelé, Nainggolan – De Bruyne, R. Lukaku, Eden Hazard.

As duas equipas não se defrontam desde 1989. Em 26 jogos disputados, a Bélgica tem vantagem histórica com 12 vitórias, para oito da equipa suíça.

Em preparação e com vista a melhorar as dinâmicas de cada conjunto, o resultado será secundário. Mas o potencial ofensivo de ambos os conjuntos leva a acreditar num jogo com golos.

Prognóstico Odd Casa Erro
Empate 3.25 Betrally
Suíça
Suíça
  • País: Suíça
  • Estádio:
  • Cidade: Zurique
  • Fundação: 1895

Ver ficha completa

belgica
Bélgica
  • País: Bélgica
  • Estádio:
  • Cidade: Bruxelas
  • Fundação: 1895

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2833
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1331
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos