Menu

Steaua Bucareste – Partizan (Liga dos Campeões)

O Steaua levou um valente susto do Trencin mas lá seguiu em frente. O Partizan esteve sempre no controlo da sua eliminatória e deixou o Dila Gori por terra. Agora os dois lutam por conquistar mais uma etapa em direção à fase de grupos da Liga Milionária. Primeiro round em Bucareste.

Tudo parecia tão bem encaminhado que provavelmente houve algum excesso de confiança. A vitória por dois a zero – golos de Nicolae Stanciu e Jugartha Hamroun aos sessenta e três e setenta minutos, respetivamente – na Eslováquia levou o Steaua Bucareste a pensar que o jogo em casa seria apenas para picar o ponto. Erro crasso que quase custou o apuramento. Aos vinte minutos da segunda mão, na Arena de Bucareste, a eliminatória voltava à estaca zero. Wesley e Matús Bero certificaram-se disso. Os romenos foram em choque para o balneário e vieram de lá determinados a safar a pele. Doze minutos da segunda parte: Sulley Muniru reduz para o Steaua e os homens de Massimo Pedrazzini voltam a ver uma luz no fundo do túnel. Grégory faz a igualdade quase de seguida, ao converter uma grande penalidade. Mas não se pense que o AC Trencin baixou os braços. Os eslovacos demostraram um ânimo impressionante. Mesmo depois da expulsão de Milan Rundic, por acumulação de amarelos, a quinze minutos do fim, os deitou abaixo. O avançado brasileiro fez a dobradinha aos oitenta e quatro. Não foi suficiente para impedir a progressão de Steaua de Bucareste mas ficou na retina a boa réplica que quase dava frutos.

Liga dos CampeõesO Steaua vai na terceira jornada da Liga Romena, ainda sem ter perdido. Empatou com Petrolul Ploiesti (0-0) e o Cluj (1-1) e venceu o Pandurii (0-3).

A equipa romena joga o seu segundo jogo das competições europeias à porta fechada, castigo pela exibição de bandeiras de conteúdo racista em dezembro passado, na receção ao Dínamo de Kiev.

Onze provável: Valentin Cojacaru – Paul Papp, Fernando Varela, Alin Tosca, Guilherme Sitya – Nicandro Breeveld, Sulley Muniru – Adrian Popa, Nicolae Stanciu, Alexandru Chipciu – Grégor Tadé.

O campeonato sérvio ainda não arrancou e o Partizan de Belgrado teve que fazer a sua preparação para a segunda pré-eliminatória da Liga dos Campeões só com encontros amigáveis. Mas o Dila Gori nunca teve hipótese. O campeão da Sérvia foi competente o suficiente para alcançar o objectivo de passar à próxima etapa. Na primeira mão, em Belgrado, foi cauteloso naquele que era o seu primeiro jogo competitivo da temporada (1-0). Uma semana mais tarde, com mais conhecimento do adversário e mais confiante, carimbou a vitória necessária, sem facilitar. Zoran Milinkovic, o treinador, tem alertado o plantel para se manter concentrado. Lá porque o primeiro teste foi superado com naturalidade, sem sobressaltos, não significa que se possa aliviar a carga. A cada degrau o nível de dificuldade vai subir, e o Steaua está habituado a estas andanças europeias.

As duas figuras que se têm destacado neste incipiente arranque de temporada são o camaronês Aboubakar Oumarou e o nosso conhecido Valeri Bojinov.

Onze provável: Zivko Zivkovic – Miroslav Vulicevic, Gregor Balazic, Lazer Cirkovic, Memanja Petrovic – Marko Jevtovic – Andrija Zivkovic, Darko Brasanac, Stefan Babovic, Aboubakar Oumarou – Valeri Bojinov.

Steaua de Bucareste e Partizan nunca se cruzaram antes em jogos oficiais.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Metade mais produtiva: 2ª Parte 1.99 Dhoze
steaua
Steaua Bucareste
  • País: Roménia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

partizan
Partizan
  • País: Sérvia
  • Estádio: Partizan
  • Cidade: Belgrado
  • Fundação: 1945

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 797
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos