Menu

Stanislas Wawrinka – Dominic Thiem (ATP Masters Roma)

Na terceira ronda do Internazionali D’Italia o experiente suíço vai medir forças com um novato. O curioso é que se espera uma partida com altos e baixos de parte a parte. Wawrinka bateu Juám Mónaco na etapa anterior e até teve que recuperar um set e break de desvantagem. Mas não convenceu. O jovem Thiem beneficiou da desistência de Gilles Simon para seguir em frente.

Já muito se falou e escreveu do momento complicado que vive Stanislas Wawrinka. Se o casamento parece ser a chave para a estabilidade e bons resultados, como se brinca hoje em dia em relação a Djokovic e Murray, a mesma ordem de razões desaconselha as separações. A instabilidade, que agora se entende ser emocional, do suíço, ficou justificada com o anúncio oficial da separação mas, como é óbvio, não se resolveu com essa declaração pública.

Masters_Roma300A qualidade tenística de Wawrinka é inquestionável mas os problemas pessoais só vieram agravar consideravelmente certa tendência do número nove mundial para desligar em alguns momentos. Na sua estreia no Masters de Roma, o suíço teve que recuperar de um set de desvantagem, e de quebras no primeiro e segundo parciais. Wawrinka entrou apático em court e Juán Mónaco aproveitou para lhe quebrar o serviço, no início dos três sets. O que ficou evidente é que quando Stan mete a sua última velocidade o nível está uns furos acima da concorrência e consegue recuperar o atraso. Mas como essas reações não são continuadas, volta a deixar-se ficar para trás. É como se não estivesse sempre lá. E quando acorda tem sido capaz de dar a volta. Mas nunca se sabe se será da próxima que vai acordar tarde de mais.

Dominic Thiem está a passar pelo ano da ressaca. Depois de em 2014 ter surpreendido ao fazer uma progressão meteórica no top-100, chegando em setembro último ao trigésimo sexto posto do ranking, o austríaco tem sentido “dores de crescimento”. Uma coisa é ser a novidade e entrar em cada torneio com o arrojo de quem tem tudo a conquistar. Outra bem diferente é entrar em court com pontos a defender, com os adversários já alerta para os seus pontos fortes e fracos. Não é nenhum drama e Dominic, aos vinte e um anos, desceu alguns lugares para ser o quadragésimo nono mais cotado do circuito. Mas para continuar a escalar o ranking há que fazer a aprendizagem do novo meio e evoluir, o que, reconhece Thiem, é um processo duro.

Na procura pela definição do seu ténis o austríaco tem tido prestações inconstantes e a mudança de raqueta não tem ajudado. É mais uma variável que demora o seu tempo a dominar mas começa a dar alguns frutos. O serviço está melhor, em particular o segundo, e o que subiu bastante foi a qualidade da resposta.

Na primeira ronda do Masters 1000 de Roma Thiem precisou de duas horas para bater um homem da casa, Simone Bolelli (7-6, 7-6). O embate com o italiano foi renhido, sempre taco a taco e o austríaco acabou por se destacar nos tie breaks. Aliás, Thiem reconhece que sempre gostou de jogar tie break e foi graças a esse gosto particular por disputar cada ponto em fazes decisivas que se adiantou no encontro da segunda ronda, frente Gilles Simon. A partida também foi discutida passo a passo mas mais pelos frequentes erros de parte a parte. Exemplar foi o esforço que Dominic fez para garantir o 6-5 do primeiro set, só para perder o seu jogo de serviço seguinte, em branco, devido, exclusivamente, à acumulação de quatro erros grosseiros consecutivos. O austríaco venceu ainda o primeiro jogo do segundo parcial, depois de ter fechado o primeiro a seu favor, mas aí o francês pediu ao árbitro que autorizasse a entrada do médico no court. A partir daí foi só um esgotar de tentativas de Simon para voltar ao encontro mas o desfecho estava anunciado e não tardou a desistência (7-6, 2-0).

Wawrinka e Thiem defrontaram-se em duas ocasiões, com uma vitória para cada lado. O austríaco venceu em Madrid, em terra batida, o suíço no piso rápido do Masters de Paris.

2014 Masters de Paris  Wawrinka 2   6 7       2R
Thiem 0 4 6      
2014 Masters de Madrid Thiem 2   1 6 6     2R
Wawrinka 1 6 2 4    

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória de Dominic Thiem 3.00 Bet365
Stanislas Wawrinka
Stanislas Wawrinka
  • País: Suíça
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Dominic Thiem
Dominic Thiem
  • País: Áustria
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 800
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos