Mais um fim-de-semana de louca correria.

Todos querem ir de férias descansados e com todos os assuntos resolvidos e prontos a regressar em Julho com a ideia de trabalho feito.

Isto corre por todos os clubes da Primeira Liga. Principalmente por quem luta por um lugar ao sol. SL Benfica e FC Porto pelo título de campeão do Campeonato Nacional. Rio Ave, Paços de Ferreira, Belenenses e Vitória Guimarães por um lugar de acesso à Liga Europa. Penafiel, Gil Vicente, Arouca e Vitória Setúbal pela fuga à despromoção e a garantia de um lugar entre os maiores.

Estamos já na recta final. Assistimos ao sprint final. Faltam 7 jornadas até ao fim. Agora, dá-se o tudo ou nada.

Daqui, uns vão ser vencedores. Outros vão ser vencidos. Mas se a alegria de quem vai ganhar é a maior de todas, a tristeza de quem perde é maior nuns que noutros. Principalmente para quem se vê despromovido. E quem não conseguir ser campeão.

SL Benfica

O SL Benfica que já viu a sua distância sobre o segundo classificado, o FC Porto, bem maior, está, a todo o custo, a tentar que não encurte ainda mais.

Este fim-de-semana recebe em casa a Académica de Coimbra, jogo que se projecta não muito difícil, e que exige a vitória. Pelo menos, teoricamente. Mas é preciso cuidado. A Académica não perde desde a 19ª jornada. E tem feito uma das mais interessantes segundas voltas da Primeira Liga.

SL Benfica

Na primeira volta, o SL Benfica foi a Coimbra derrotar a Académica por 2 a 0

Mas o SL Benfica está avisado. Ou devia. O que se passou em Vila do Conde e o que poderia ter acontecido na Luz no fim-de-semana passado são exemplos a reter do que não pode acontecer. Isto se quiserem manter o título de campeões e bisarem no campeonato, coisa que não acontece ao SL Benfica vai para uma eternidade.

Com a ideia que cada jogo é uma final, o SL Benfica ainda vai receber na Luz o FC Porto, no que muito já chamam de o jogo do título, o FC Penafiel, a lutar pela sobrevivência, e o CS Marítimo, descansado, sem pretensões de ir à Europa e sem perigo de descer de divisão, só devendo querer ficar à frente do rival Nacional.

Mas o SL Benfica ainda tem de ir ao Restelo, defrontar o Belenenses, que ainda pode ir à Europa, a Barcelos, defrontar o Gil Vicente, a lutar por conseguir um lugar de permanência na Primeira Liga, e a Guimarães, defrontar o Vitória Sport Club, que é, neste momento, o melhor dos candidatos a caminho da Europa.

Uma recta final complicada, como se pode ver. Jorge Jesus não pode deixar os jogadores adormecerem à sombra da bananeira. Há ainda muito caminho a trilhar, mesmo que em sprint.

No cuidado que o treinador dos encarnados está a colocar na equipa, na sua constituição e no que resta de jogos para efectuar, também há, no horizonte, a estreia de Jonathan Rodríguez, que tem vindo a ser preparada com muito cuidado, numa altura em que se assiste ao ocaso de Talisca, a precisar de férias e de muito descanso, e em que Nico Gaitán e Sálvio terão de evitar, a todo o custo, as lesão e as sanções disciplinares, tal o grande peso dos dois argentinos da equipa e no seu rendimento.

Sábado, o SL Benfica entra em campo às 17:00′, tendo assim, se tudo correr pelo melhor, de aumentar para 6 pontos, a diferença para o FC Porto. Mesmo que seja por breves minutos.

FC Porto

O FC Porto está a correr atrás do prejuízo. Já pôde colar-se mesmo ao líder e perdeu essa oportunidade. Ou não quis, ou não foi capaz, as opiniões dividem-se. Mas alguns ainda acreditam que a história se repete. Mesmo que já cá não esteja o Kelvin.

Ora, estes 3 pontos que separam o FC Porto da liderança da Primeira Liga, e que podem ser 4, vãos ser postos à prova daqui por 15 dias, quando os dragões se deslocarem à Luz para defrontarem o SL Benfica. Porque, nesta altura, ainda podem dizer que dependem deles próprios, como Julen Lopetegui não se cansa de apregoar.

FC Porto

No jogo da primeira volta, o FC Porto recebeu e derrotou, claramente, o Rio Ave no Dragão, por 5 a 0

Mas antes de chegar à Luz, o FC Porto ainda tem de defrontar amanhã, e depois de começar o encontro entre o SL Benfica e a Académica, o Rio Ave, em Vila do Conde, equipa que roubou 3 pontos ao SL Benfica. O FC Porto está avisado, mesmo que tenha ganho, copiosamente, por 5 a 0, na primeira volta.

Até ao final do campeonato, e depois do Rio Ave e do SL Benfica, o FC Porto ainda tem outros jogos fora, com o Vitória Futebol Club, em Setúbal, no Estádio do Bonfim, equipa a precisar de pontuar para fugir aos lugares de despromoção, e o Belenenses, equipa a lutar por um lugar de acesso à Europa, e que também recebe o SL Benfica, no Estádio do Restelo.

Em casa, o FC Porto ainda vai receber a Académica, que amanhã visita a Luz, o Gil Vicente e o FC Penafiel, ambos a precisar, desesperadamente, de pontos para fugir a uma despromoção que parece, a cada dia, cada vez mais iminente.

Pelo meio, o FC Porto ainda tem dois jogos com o Bayern Munique, nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, jogos esses que irão ter consequência nas prestações na Primeira Liga e que Julen Lopetegui, o técnico portista vai tentar minimizar.

Ao FC Porto ainda resta uma parte final de campeonato tanto ou mais complicada que a do SL Benfica, agravada pelos jogos da Liga dos Campeões que podem ter reflexos no comportamento da equipa nas competições internas. Acresce a isso, a ausência, ou não, de Jackson Martinez, o seu matador.

Julen Lopetegui tem uma boa equipa à mão para se poder precaver. Assim saiba gerir os recursos. E são muitos.

No Sábado, o FC Porto entra em jogo depois do SL Benfica. Portanto, já a saber o resultado. E a saber o que tem de fazer.

Boas Apostas!