Menu

Skenderbeu – Dínamo Zagreb (Liga dos Campeões)

O “caminho dos campeões” permite que equipas vencedoras de campeonatos de menor expressão cheguem longe nas rondas preliminares da Liga dos Campeões, evitando os chamados “tubarões”. A presença dos albaneses do Skenderbeu é, ainda assim, surpreendente. Mérito a estes homens que embora sejam quase que um “corpo estranho” a esta fase, deixaram para trás Crusaders e Milsami. Seguem-se os croatas do Dínamo de Zagreb. Ordem para sonhar.

O KF Skenderbeu Korçe é um ilustre desconhecido do palco maior do futebol europeu. Histórico albanês cuja fundação remonta a 1909, o sucesso desportivo a nível interno é fenómeno recente. Ainda assim, os “lobos da neve” instaararam já uma hegemonia no seu país: Na última temporada, conquistaram o “penta”. Ainda sem se terem estreado na fase de grupos da Liga dos Campeões, a presente campanha e a chegada ao “play-off” de acesso à fase de grupos constitui um marco histórico para este emblema que nunca havia conseguido passar da terceira pré-eliminatória. Agora é hora de continuar a brilhar. Depois de afastarem Crusaders e e Milsami do trilho milionário, é tempo de esgrimir argumentos frente ao Dínamo de Zagreb, indubitavelmente mais forte que os adversários eliminados anteriormente. Importa clarificar que, nas duas rondas anteriores, o Skenderbeu não sentiu dificuldades de maior para avançar, tendo vencido três dos quatro jogos que disputou. Frente ao Crusaders, avançou com um resultado agregado de 4-6. Já diante do Milsami, esclarecedores 4-0 no conjunto das duas mãos com direito a distribuição equitativa de golos e duas “clean sheets”. Venceu os dois jogos que disputou em casa – 4-1 ao Crusaders e 2-0 ao Milsami. A nível interno, o campeonato albanês ainda não teve início. Com uma equipa composta essencialmente por jogadores de nacionalidade albanesa, destaque para Hamdi Salihi e Bernard Berisha, dois grandes responsáveis pelo desempenho ofensivo do Skenderbeu nesta fase preliminar. Mirel Josa, treinador da equipa, apresenta-se confiante na hora de abordar esta eliminatória: “A nossa missão não termina aqui”. Não poderá contar com o lateral Arapi para este encontro, peça importante no esquema da equipa.

Onze provável: Shehi; Vangjeli, Radas, Jashanica, Ademir; Lilaj, Shkëmbi, Nimaga; Latifi, Berisha; Salihi. Técnico: Mirel Josa

Liga dos CampeõesO Dínamo de Zagreb dos portugueses Eduardo, Ivo Pinto, Gonçalo e Paulo Machado surge com outro estatuto e parte com natural favoritismo para conquistar do acesso à próxima ronda. Goza de maior experiência europeia, tem participações recentes na fase de grupos e um bom plantel. As convulsões no seio do clube provocadas por uma direção envolvida em vários escândalos estão, no entanto, na ordem do dia. Os adeptos, também divididos devido a este tipo de questões, esperam essencialmente que a situação não afecte o rendimento da equipa a nível desportivo. Nas provas internas, considerar isso parece uma falsa questão: O Dínamo é decacampeão e os argumentos da concorrência não são suficientes para destronar a equipa da capital. A falta de competitividade a nível interno afecta, cada vez mais, as prestações do Dínamo em contexto continental, diga-se a bem da verdade. Há duas épocas que não marca presença na fase de grupos da Liga dos Campeões, tendo sido eliminado pelo modesto Aalborg na última temporada e pelo Áustria de Viena há duas. Para chegar a este “play-off”, teve que sofrer. Eliminou o modesto Fola do Luxemburgo na segunda pré-eliminatória e, na terceira, frente aos noruegueses do Molde, dois empates viabilizaram o acesso (1-1 em casa, 3-3 fora). Na Prva HNL, o Dínamo de Zagreb é líder com 12 pontos quando estão decorridas seis jornadas, resultados de três vitórias e três empates. Segue invicto neste arranque de temporada. Marko Pjaca, jovem croata de 20 anos, tem sido uma das figuras nas pré-eliminatórias da Liga dos Campeões. Foi totalista nos quatro jogos do Dínamo e marcou três golos. Soudani – ex-Vitória SC – e o chileno Henríquez são duas das principais lanças apontadas às balizas contrárias.

Onze provável: Eduardo; Matel, Sigali, Taravel, Pivaric; Ante Coric, Ademi, Rog; Soudani, Pjaca, Henríquez

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Skenderbeu para marcar 1.62 Dhoze
Skenderbeu
Skenderbeu
  • País: Albânia
  • Estádio:
  • Cidade: Korçë
  • Fundação: 1909

Ver ficha completa

dinamozagreb
Dinamo Zagreb
  • País: Croácia
  • Estádio: Maksimir
  • Cidade: Zagreb
  • Fundação: 1945

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1495
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 774
  • Próg. errados 645
comments powered by Disqus

Últimos jogos