Menu
  • 18 setembro
  • 20:00
  • Dhoze

Sérvia – Lituânia (Eurobasket 2015)

A segunda meia-final do Eurobasket 2015 promete um encontro entre gigantes, dois conjuntos que têm estado muito fortes na prova e capazes de controlar as suas partidas. A Sérvia sentiu poucas dificuldades frente à bem organizada República Checa, levando a partida até ao ponto em que conseguiu distanciar-se no marcador. Essa tem sido, aliás, uma das características da equipa orientada por Sascha Djordjevic. Já a Lituânia sentiu mais problemas para ultrapassar a Itália, como era de esperar, sendo obrigados a um prolongamento onde acabaram por reivindicar o seu poderio coletivo perante uma Squadra Azzurra que viveu sempre, em demasia, dos seus valores individuais.

Mais Sérvia, muito mais Sérvia, no jogo dos quartos-de-final perante uma República Checa que foi um bom adversário, mas que não foi capaz de levar o seu esforço até ao final, já que no quarto período, os sérvios voltaram a acelerar e marcaram as suas distâncias perante o adversário. De novo com cinco elementos acima dos dez pontos marcados, Miroslav Radjulica, Zoran Erceg, Milos Teodosic, Nemanja Bjelica e Stefan Markovic, a equipa orientada por Djordjevic mostra ser uma excelente mistura de talento e capaz de criar muitas oportunidades de perigo distintas. Isso torna o jogo dos sérvios mais difícil de planear, até porque o plano da equipa de Djordjevic parece sempre ser controlar os eventos de uma forma tranquila, acelerando apenas nos momentos em que sente fragilidade da parte dos adversários. O poder no jogo interior, aquele que talvez possa ser considerado o melhor 3 da prova e uma rotação de bases sempre muito agressiva e com ritmo alto, são as outras chaves de uma equipa que, depois da glória no Mundial, quer agora assegurar um título europeu e a presença nos próximos Jogos Olímpicos.

Eurobasket 2015Para a Lituânia, missão mais complicada, perante uma Itália que através da sua qualidade individual foi sempre capaz de regressar ao jogo, excepto no prolongamento, quando a equipa lituana acabou por se impor defensivamente e fechar o encontro a seu contento. Com três jogadores a completarem duplos-duplos, a equipa lituana demonstrou bem de onde pode vir o perigo. Mantas Kalnietis continua a ser um base de enormes recursos, tendo somado 14 pontos e 11 assistências, enquanto Jonas Maciulis prova ser a alma da equipa, somando mais 19 pontos e 10 ressaltos. No entanto, quem foi o verdadeiro gigante neste jogo foi Jonas Valanciunas, com 26 pontos e 15 ressaltos, dominando totalmente a partida debaixo da tabela. Os lituanos seguem, agora, para o jogo decisivo das meias-finais com a sensação de que podem discutir o resultado até ao final, beneficiando de uma boa rotação e também da inspiração dos seus três principais trunfos.

As equipas encontraram-se nos últimos dois Eurobasket, com a Sérvia a vencer em 2013 e a Lituânia a vencer em 2011.

Este é um daqueles jogos de cinquenta-cinquenta, em que a Sérvia e Lituânia chegam com opções muito semelhantes de poder garantir, desde já, um lugar nos próximos Jogos Olímpicos e também a possibilidade de lutar pelo título europeu. A chave, nesta partida, é que tudo indica que o vencedor será aquele que melhor for capaz de impor o seu coletivo.

Prognóstico Odd Casa Erro
Mais de 157.5 Pontos 1.90 Dhoze
Sérvia FIBA
Sérvia
  • País: Sérvia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Lituania FIBA
Lituânia
  • País: Lituânia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2800
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1319
  • Próg. errados 1442
comments powered by Disqus

Últimos jogos