Menu

Sérvia – Chipre (Amigável de Selecções)

A selecção da Sérvia e a selecção do Chipre colocam-se frente a frente esta quarta-feira no Gradski Stadion, em Uzice, num embate de cariz amigável. Após falhar a qualificação à fase de grupos do Euro 2016, em França, os sérvios chegam aqui com o intuito de testarem novas opções na sua equipa e começarem já a trabalhar para a qualificação ao Mundial 2018. Já o Chipre, que falhou igualmente a qualificação ao Europeu deste ano, também se prepara para começar a trabalhar na qualificação ao Mundial 2018, a realizar na Rússia, tendo já conhecimento do respectivo grupo em que vai ficar agrupado na fase de apuramento.

Sérvia prepara-se então para o seu 3º encontro de cariz amigável desde o início do ano 2016. Esta selecção falhou em conseguir a qualificação ao Euro 2016, em França, ao não conseguir melhor que o 4º lugar do Grupo I, constituído por Portugal, Albânia, Dinamarca e Arménia, somando apenas 4 pontos, 10 a menos que a 2ª classificada Albânia. Desde o início deste ano que esta selecção aos comandos de Slavoljub Muslin disputou apenas 2 encontros de cariz amigável, perdendo um, e vencendo o restante, começando assim a trabalhar para a construção de uma selecção que lhes proporcione o apuramento ao Mundial 2018, na Rússia. Os sérvios ficaram agrupados no Grupo D da fase de qualificação ao Mundial 2018, um agrupamento constituído por País de Gales, Áustria, Geórgia, República da Irlanda e Moldávia, um grupo teoricamente acessível, visto que estes contam com jogadores de grande qualidade. O sector defensivo das Águias conta com jogadores de elevadíssima experiência, como Ivanovic do Chelsea, e Kolarov do Manchester City, contando ainda com um meio campo de grande qualidade, onde fazem parte Matic, do Chelsea, Ljubomir Fejsa, conhecido como a Máquina de Combate, do Benfica, Ljajic, do Inter de Milão, e Tosic, do CSKA Moscovo, tendo como avançados Markovic, do Liverpool, Mitrovic, do Newcastle, e ainda Stojiljkovic, do SC Braga.

Nos seus últimos 5 jogos, onde os 2 primeiros foram a contar para a fase de apuramento ao Euro 2016, a Sérvia apresenta um histórico de 2 vitórias e 3 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 0-2 em terreno da Albânia. Seguiu-se uma derrota por 1-2 na recepção a Portugal, uma derrota por 4-1 em terreno da República Checa, uma derrota por 1-0 em terreno da Polónia, e na última jornada, uma vitória pro 0-1 em terreno da Estónia.

Onze Provável: Stojkovic – Ivanovic, Maksimovic, Rajkovic e Kolarov – Fejsa e Matic – Tosic, Ljajic e Markovic – Mitrovic.

amigável internacionalChipre, por sua vez, prepara-se para disputar o seu 2º embate amigável desde o início do ano, tendo sucumbido às mãos da Ucrânia no final de Março. Tal como o seu oponente em jogo, a selecção cipriota falhou em garantir presença no Euro 2016, em França, ao não conseguirem melhor que o 5º lugar no Grupo B da fase de qualificação, constituído pela Bélgica, País de Gales, Bósnia e Herzegovina, Israel e Andorra, ficando a 9 pontos do 2º classificado País de Gales. Tendo então ficado novamente fora do Europeu, esta selecção orientada por Christakis Charalambides irá então tentar fazer algo que nunca antes conseguiu em toda a sua história, marcar presença no Mundial 2018, a realizar na Rússia, tendo ficando agrupado no Grupo H da fase de apuramento à prova mundial, onde fazem parte a Bélgica, Eslovénia, Bósnia e Herzegovina, Estónia e Grécia. Dos 23 jogadores convocados para este encontro, apenas um actua fora do Páis, Marios Nicolau, jogador do Inter Turku da Finlândia.

Nos seus últimos 5 jogos, sendo 4 deles a contar para a fase de qualificação ao Euro 2016, o Chipre apresenta um histórico de 1 vitória e 4 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma derrota por 0-1 na recepção ao País de Gales. Seguiu-se uma derrota por 0-1 na recepção à Bélgica, uma vitória por 1-2 em terreno de Israel, uma derrota por 2-3 na recepção à Bósnia e Herzegovina, e na última jornada, uma derrota por 1-0 em terreno da Ucrânia.

Onze Provável: Panagi – Charalambous, Merkis, Laifis e Alexandrou – Laban e Artymatas – Makris, Englezou e Charalambides – Christofi.

Em toda a história existiram 3 confrontos directos, tendo a Sérvia vencido 2 deles, e empatado o restante.

Chipre
1-3
Sérvia
Amigáveis 2013
Chipre
0-0
Sérvia
Amigáveis 2012
Chipre
0-2
Sérvia
Amigáveis 2009

A diferença entre qualidade e experiência entre as duas equipas é bastante grande, uma vez que a Sérvia conta com alguns elementos que ingressam em alguns dos gigantes europeus, um factor de peso contra um Chipre que tem todos os jogadores a actuar no campeonato nacional e que não têm experiência internacional.

Prognóstico Odd Casa Retorno
Handicap Asiático: Sérvia -1 1.90 Betrally
Sérvia
Sérvia
  • País: Sérvia
  • Estádio:
  • Cidade: Belgrado
  • Fundação: 1919

Ver ficha completa

Chipre
Chipre
  • País: Chipre
  • Estádio:
  • Cidade: Nicosia
  • Fundação: 1934

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1836
  • Média Odds usadas 1.83
  • Próg. certos 961
  • Próg. errados 781
comments powered by Disqus

Últimos jogos