Menu
  • 16 outubro
  • 15:00
  • Betrally

SCU Torreense – Ac. Viseu (Taça de Portugal)

O Campo Manuel Marques voltará a engalanar-se para uma tarde de futebol de bom nível, com o SCU Torreense a receber o Académico de Viseu em jogo a contar para a Taça de Portugal. A equipa de Torres Vedras tem um interessante historial de sucessos nesta prova, tendo mesmo atingido a final da mesma por uma vez, nos anos 50, mas o ponto mais interessante deste encontro será mesmo a velha rivalidade que une os dois emblemas. Na temporada de 1990/91, o terceiro lugar da 2ª Divisão de Honra, que dava acesso à Primeira Divisão, foi discutido até aos últimos segundos do campeonato. Numa altura em que os viseenses já festejam em Espinho, o Torreense marcou um golo na Maia que significou a promoção. Deste então que, entre Torreense e Académico de Viseu, o reencontro é razão para acerto de contas. Assim será, uma vez mais, na Taça de Portugal, onde as equipas só se cruzaram por duas vezes, em 1978 e 1979.

O SCU Torreense livrou-se, no ano passado, de forma apertada, de uma descida aos campeonatos distritais. Seria uma realidade totalmente nova para um conjunto que está à beira de cumprir o seu centenário e que tem vivido, sobretudo, nas divisões secundárias. A sua última presença na Primeira Divisão data já de 1991/92, não mais tendo regressado a esse nível. Mas, na presente temporada, graças a uma política de contratações mais acertada e maior estabilidade oferecida à equipa técnica, o panorama alterou-se. Mesmo continuando a apostar no discurso da tranquilidade, o técnico Rui Narciso tem tornado a equipa de Torres Vedras num conjunto vencedor, somando apenas um empate no campeonato, em casa, com o Vilafranquense. Na Taça de Portugal, os de Torres Vedras começaram por eliminar o Mafra, em dérbi regional, para de seguida vencer por 3-0 no campo do Maria da Fonte. Para além da boa organização defensiva, destaca-se, na equipa de Rui Narciso, qualidade na transição, muito graças à velocidade de Hélio Vaz e o acerto de Bonifácio dentro da área. Ambos têm três golos marcados no campeonato e na última eliminatória da Taça, Bonifácio foi o autor de todos os golos do Torreense na Póvoa de Lanhoso. Também no meio-campo, com Stephen Eustáquio a destacar-se como um médio-defensivo muito promissor, a equipa de Torres Vedras apresenta qualidade. Perante um adversário de um nível superior, poderá desenhar-se uma surpresa.

Onze Provável: Marcelo Deodato – David Rosa, Fábio Santos, Weliton Matos, Rui Burguette – Tiago Esgaio, Stephen Eustáquio, Zhang Lingfeng – Boxuan Feng, Bonifácio, Hélio Vaz.

Taça de PortugalO trajeto do Académico de Viseu tem sido feito de imensas dificuldades neste início de temporada na Segunda Liga. A equipa beirã apenas venceu um encontro, em casa, frente ao Vitória de Guimarães B, apostando na Taça de Portugal para tentar reencontrar confiança para atacar o objetivo da manutenção. O primeiro projeto do jovem técnico André David no futebol profissional tem carecido de maior aposta da direção, que não dotou o plantel de suficientes peças para se poder medir numa competição que está cada vez mais exigente. Apesar de tudo, e com muitos jovens que vão sendo lançados nestes primeiros meses de competição, o ambiente é ainda de esperança numa transformação, algo que o empate em Freamunde poderá ter acentuado. De resto, foi apenas a segunda vez que o Académico de Viseu pontuou fora de casa, para além de já o ter conseguido na deslocação ao campo do Gil Vicente. O sorteio da Taça de Portugal tem levado a equipa a defrontar adversários da mesma série do Campeonato de Portugal, tendo batido o Gafetense, por 3-1, na segunda eliminatória. O conjunto de Gafete, no Distrito de Portalegre, já jogou em Torres Vedras este ano, tendo saído derrotado por 0-3. Ainda que seja apenas um resultado, poderá ser de alguma forma indicador de um nível mais exigente que os viseenses terão que superar para continuar na Taça. Capela, expulso no último jogo, cumpre castigo nesta partida.

Onze Provável: Diogo Freire – Tomé Mendes, Jun-Heong Park, Bura, Ricardo Ferreira – Pana, Saná, Carlos Eduardo – Moses, Zé Paulo, Luisinho.

A última vez que as duas equipas se cruzaram foi na temporada de 2004/05, na Zona Centro da 2ª Divisão B. Desde então, com a alteração dos quadros competitivos, não mais a rivalidade foi reacendida.

Sendo de um nível superior, o Académico de Viseu tem o favoritismo do seu lado, mas o bom momento do Torreense vale-lhe, com certeza, algum crédito na busca de ser um dos tomba-gigantes da 3ª Eliminatória.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do Torreense 3.80 Betrally
Torreense logo
Torreense
  • País: Portugal
  • Estádio: Manuel Marques
  • Cidade: Torres Vedras
  • Fundação: 1917

Ver ficha completa

AC de Viseu logo
AC Viseu
  • País: Portugal
  • Estádio: Fontelo
  • Cidade: Viseu
  • Fundação: 1914

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2938
  • Média Odds usadas 2.14
  • Próg. certos 1381
  • Próg. errados 1519
comments powered by Disqus

Últimos jogos