Menu

San Antonio Spurs – Oklahoma City Thunder (NBA Playoff – Jogo 2)

Os San Antonio voltam a jogar em casa tendo, em mente, a possibilidade de vencer uma segunda partida e assim conquistar uma vantagem que possa ser gerida até ao final da eliminatória, com a ambição focada na final da NBA. Para os Thunder, há muitas questões por resolver, se querem ser competitivos frente a uns Spurs que são, neste momento, muito mais equipa.

A primeira impressão sobre o jogo será dizer que, sem Serge Ibaka, os Thunder ficaram pelo caminho frente aos Spurs. No entanto, não terá sido essa a principal razão da derrota dos Thunder, e talvez por isso mesmo a situação seja mais preocupante. As opções de Scott Brooks passaram por dar mais minutos a Kendrick Perkins e Nick Collinson, sendo que ambos, junto com Steven Adams, deram uma resposta muito aceitável no que toca ao jogo interior, ou, em opção, jogar com um cinco mais pequeno, com Kevin Durant a ser o “poste” dos Thunder durante quase dez minutos. Mas o grande problema dos Thunder esteve na capacidade para defender o jogo exterior dos Spurs. Manu Ginobili e Tony Parker estiveram imparáveis no pick n’roll, levando o conjunto de San Antonio a tornar-se quase imparável na forma como chegava ao cesto. Para além disso, o argentino e Danny Green tiveram também uma noite de grande qualidade no lançamento de três pontos. Em suma, os 27 pontos de Tim Duncan acabaram por ter uma marca bem forte nesta partida, enquanto Kevin Durant e Russell Westbrook, mesmo com a ajuda dos “suplentes” Reggie Jackson e Derek Fisher, perceberam que, na luta de treinadores, é o seu lado que fica a perder.

nba playoffsLogo, no jogo 2, os Oklahoma City Thunder precisam de ter esquemas defensivos mais eficazes e conseguir parar o pick n’roll dos Spurs. Missão impossível? Alguém terá que ter como missão intrometer-se na engrenagem de San Antonio e Thabo Sefolosha poderá ser o elemento indicado para fazer esse trabalho. Para além do mais, será também necessário acreditar mais nas suas opções de interiores. Caron Butler também foi colocado a defender em zonas mais interiores, mas entre Adams e Collinson, alguém tem que ficar mais tempo em campo para conseguir ocupar a zona de “finalização” preferencial dos Spurs.

No caso dos San Antonio Spurs, Tony Parker está um pouco limitado na disponibilidade física para as suas penetrações habituais, mas encontrou, no primeiro encontro, a forma certa de se apresentar como um elemento bem produtivo na equipa. O banco terá que continuar a oferecer boas opções para descansar o francês, enquanto se procura quem, no interior, mantenha a mesma resposta elevada e intensa às assistências de Parker e Ginobili. Tim Duncan parece um autêntico jovem, Tiago Splitter não estará estado tão bem, mas Boris Diaw soube, claramente, aparecer na partida quando a isso foi chamado.

Em suma, o favoritismo estará do lado do San Antonio Spurs, que entram mais à vontade depois de assegurada a primeira vitória, e que contam com mais opções, quer em termos de jogadores, quer em termos daquilo que pode ser a leitura da situação de jogo.

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Handicap; SA Spurs -6.0 1.90 Bet365
San Antonio Spurs
San Antonio Spurs
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: San Antonio
  • Fundação: 1967

Ver ficha completa

Oklahoma City Thunder
Oklahoma City Thunder
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: Oklahoma
  • Fundação: 1967

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2880
  • Média Odds usadas 2.15
  • Próg. certos 1352
  • Próg. errados 1490
comments powered by Disqus

Últimos jogos