Nos próximos dois dias poderemos assistir às disputas da 1ª mão do SC Braga vs Rio Ave e ainda à 2ª mão do Sporting vs Nacional da Madeira, contando ambos os jogos para as meias finais da Taça de Portugal. Depois de, respectivametne, terem vencido o Alcains, o Vitória de Guimarães, o Benfica e Belenenses, e ainda, o Coimbrões, UD Oliveirense, o Chaves e o Gil Vicente, SC Braga e Rio Ave defrontam-se agora aqui para decidirem qual dos dois marcará presença na final da prova que terá lugar no Estádio do Jamor em data ainda a definir. Na outra eliminatória destas meias finais, defrontam-se Sporting CP e Nacional da Madeira que, respectivamente, afastaram até chegar aqui FC Porto, Sporting de Espinho, Vizela e Famalição e ainda o Alcanenense, o Ribeirão, Santa Maria e o Marítimo. Contudo, estes dois conjuntos disputaram já a 1ª mão destas meias finais, no Estádio da Madeira, tendo o jogo terminado empatado a dois golos.

O tudo ou nada para o Sporting CP

Slimani

Slimani tem sido fundamental aos Leões

Não estando a conseguir debater-se com Benfica e FC Porto na luta pela conquista da Primeira Liga, o Sporting vê na Taça de Portugal a oportunidade para terminar a temporada com um título conquistado. Para isso estão ainda obrigados a vencer esta meia final, na qual usufruem já de uma ligeira vantagem por golos fora após o empate a dois golos que arrancaram a este Nacional no Estádio da Madeira. Este conjunto insular procura agora aqui superar-se a ele próprio e, pela primeira vez na sua história, alcançar a final da Taça de Portugal. Tendo até agora, a valer para esta prova, defrontado apenas um clube de primeira liga, o Marítimo, os Alvinegros têm agora aqui o seu maior teste e, ainda que por pouco, encontram-se já em desvantagem na eliminatóira. Desta forma, apenas um empate a mais de três golos ou uma vitória no Estádio de Alvalade os poderá conduzir à final.

Como mote para conseguirem aqui superiorizar-se e passar à fase seguinte da prova, os Leões lembram-se da meia final desta mesma prova em que, na temporada 2011/12, depois de terem cedido um empate a dois golos em casa, foram aos Barreiros vencer por 1-3, alcançando assim a final. Já o Nacional é obrigado a recuar até à edição do campeonato de 2004/05 quando conseguiram pela última vez impôr-se ao Sporting no Estádio de Alvalade, tendo na altura vencido por 2-4.

Guerreiros do Minho preparados para a Batalha

Já o Sporting Clube de Braga, depois de nas duas últimas temporada ter sido semi-finalista de ambas as taças nacionais, ambiciona este ano conquistar mesmo o título mas para isso tem ainda que o ultrapassar o Rio Ave. Apesar de modesto e sem um palmares muito alargado, este conjunto de Vila do Conde tem vindo a chegar-se bem próximo da elite nacional e, na temporada passada, foi finalista quer da Taça de Portugal, depois de ter vencido o SC Braga precisamente nas meias finais, quer da Taça da Liga, tendo em ambas sido vencido pelo Benfica. Agora, com os encarnados fora de prova, Arsenalistas e Vilacondenses têm aqui uma esperança e motivação extra para atingirem a final onde, certamente, encontrarão um adversário sem tanto ímpeto. Para além deste factor, e da derrota na final, o Rio Ave sabe que a presença na final da Taça de Portugal da temporada transacta lhes valeu a qualificação para a Liga Europa, apuramento este que ambicionam repetir de modo a continuar a subir o nível competitivo do clube. Já pelo SC Braga, classificado na Primeira Liga em zona de qualificação europeia, entra aqui em jogo apenas à procura do título da taça e estão bem cientes que, a jogar ao mais alto nível das suas capacidades, serão bem capazes de o conquistar.

Eder

Eder poderá levar os Minhotos à Final

Agora, para ganharem motivação para esta primeira mão, que terá lugar no Estádio AXA, os homens do Rio Ave relembram a semi-final do ano passado onde, depois de terem arrancado um empate a zeros na pedreira, conseguiram em casa carimbar a passagem à final da prova ao vencerem por 2-0. Contudo, a última época foi algo atípica para os homens do SC Braga que nunca, em cinco partidas, conseguiram vencer o Rio Ave, tendo estes vencido três e as duas restantes terminado em empate. Ainda assim, já neste ano 2014/15, estes dois emblemas mediram forças em três ocasiões, tendo o SC Braga sido o vencedor de todos os encontros, num dos quais, em casa, por 3-0.

Para esta ronda de semi-finais é então de prever que o Sporting, em casa, se superiorize ao Nacional da Madeira, carimbando assim desde já a sua 27ª final da Taça de Portugal. Já entre SC Braga e Rio Ave, é de esperar que os bracarenses tomem vantagem do factor casa e somem assim um triunfo que praticamente lhes garantirá um ida segura ao Estádio do Rio Ave no próximo dia 30 desde mês de Abril.

Boas Apostas!