Menu
  • 06 agosto
  • 18:00
  • Dhoze

Rosenborg – Debrecen (Liga Europa)

Seria uma grande surpresa se os dinamarqueses deixassem escapar o apuramento para o play-off da Liga Europa. Uma vitória por 3-2 em Debrecen é margem muito confortável para uma equipa sólida, que não perde há sete partidas consecutivas e está a meio da sua época competitiva. Os húngaros estão sem espaço de manobra. Não lhes basta vencer a partida da segunda mão, têm que ter em conta a diferença de golos.

A Liga Norueguesa já entrou na segunda volta e com dezoito jornadas cumpridas o Rosenborg é líder destacado, com quarenta e dois pontos, mais sete que o perseguidor direto, o Stabaek. Além do mais tem um registo de golos interessante – quarenta e oito marcados e apenas dezoito sofridos – só no campeonato. Perdeu apenas dois dos jogos oficiais destas temporada, entre encontros da Liga, Taça e competições europeias. É justo dizer que é uma equipa confiante, animada pelos resultados, e já com uma rodagem que lhe permite apresentar uma ritmo competitivo consistente.

Na primeira pré-eliminatória apanhou o Vikingur: foi vencer às Ilhas Faroé (0-2) e empatou a segunda mão em casa, a zeros. Seguiram-se os islandeses do FK (Knattspurnufélags Reykjavíkur é impronunciável para os não-nativos) e desta vez o Rosenborg venceu os dois jogos, com um golo isolado em Reykjavík e três sem resposta no regresso à Noruega.

liga europaO adversário ditado pelo sorteio para a terceira pré-eliminatória claramente representava outro nível de desafio. Mas os homens orientados por Kare Ingebrigtesen viajaram para a segunda cidade húngara com a lição bem estudada. Os da casa inauguraram o marcador ainda na primeira metade da partida, por intermédio de Norbert Balogh, aos trinta e três minutos. Mas o Rosenborg saiu a abrir dos balneários e marcou três no segundo tempo – os dois primeiros num intervalo de seis minutos – para selar a vitória fora. A três minutos do fim Tobbias Mikkelsen bisou e fechou a contagem para os visitantes. Em cima do apito final, Ádám Bódi ainda reduziu para o Debrecen mas não evitou a derrota (2-3).

Onze Provável: André Hansen – Jonas Svensson, Eyjólfsson, Jorgen Skjelvik, Mikael Dorsin – Mike Jensen, Ole Selmaes, Midtsjo – Helland, Soderlund, Mikkelsen.

Uma derrota por 2-3 em casa, numa primeira mão de uma eliminatória é um resultado duro. O Debrecen sabe que tem uma tarefa muito complicada pela frente. Precisa de ir à Noruega vencer e sempre com a preocupação da diferença de golos no marcador. A primeira condição já não é fácil de concretizar, frente a um coletivo que tem estado imbatível esta temporada, no seu terreno. Mas a segunda exigência pode ser ainda mais perturbadora no sentido que há sempre essa ansiedade, essa ameaça até ao minuto final, mesmo no melhor dos cenários.

O campeonato húngaro está apenas no início – foram jogadas apenas três rondas – e isso pode ter pesado no confronto com os noruegueses.

Na primeira qualificativa da Liga Europa o Debrecen enfrentou o FK Sutjeska. Bateu os montenegrinos em casa (3-0) e foi derrotado na deslocação (2-0). Na segunda ronda teve como opositores os letões do Skonto. A primeira mão, em Riga, terminou com uma igualdade a duas bolas. O jogo em Debrecen saldou-se por uma goleada expressiva (9-2), com Tibor Tisza e Ibrahima Sibidé a fazer cada um a sua dobradinha.

Onze Provável: Verpecz – Aleksandr Jovanovic, Dusan Brkovic, Péter Maté, Korhut – Szakály, József Varga, Ádám Bodí – Tibor Tisza, Ibrahima Sibidé, Norbert Balogh.

O jogo da primeira mão foi o primeiro frente-a-frente entre os dois clubes.

Debreceni 2-3 Rosenborg Liga Europa 2015/16
Prognóstico Odd Casa Sucesso
Mais de 2.5 golos 1.72 Dhoze
rosenborg
Rosenborg
  • País: Noruega
  • Estádio: Lerkendal Stadion
  • Cidade: Trondheim
  • Fundação: 1917

Ver ficha completa

debrecen
Debrecen
  • País: Hungria
  • Estádio:
  • Cidade: Debrecen
  • Fundação: 1902

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1899
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 801
  • Próg. errados 1075
comments powered by Disqus

Últimos jogos