Menu

República Checa – Estados Unidos (Amigável de Selecções)

No Estádio Generali Arena, em Praga, a República Checa defronta os Estados Unidos na primeira partida amigável de ambas as equipas depois do Mundial 2014. Para os homens da casa, que não estiveram presentes na prova do Brasil, este será o primeiro de dois jogos que disputam nesta jornada, sendo que o segundo, frente à Holanda, contará já para a qualificação para o Europeu 2016. Já os EUA, depois da excelente campanha que conseguiram no Mundial, olham para este embate como um teste para novos atletas se poderem mostrar e agarrar um lugar na equipa nacional.

O técnico da República ChecaPavel Vrba, encara este jogo como uma pequena preparação para o embate com a Holanda no próximo dia 9 já a contar para a qualificação para o Euro 2016. Mantendo uma base de equipa centralizada na experiência e qualidade técnica, o treinador procurará aqui também encontrar os jogadores que melhor combinei com os irreverentes como Tomas Tosicky, Michal Kadlec ou Petr Čech. É então nesse alinhamento que surgem nomes como os de Ladislav Krejčí, Vladimír Darida ou Matěj Vydra que, apesar de ainda não possuírem muita experiência internacional, têm já um boa experiência ao serviço dos respectivos clubes, sendo mesmo apontados como alguns dos homens que marcarão o futuro do futebol. 

Onze Provável: Petr Cech – Michal Kadlec, Ondřej Mazuch, Pavel Kadeřábek e David Limberský – Vladimír Darida, Petr Jiráček e Daniel Kolář – Ladislav Krejčí, Bořek Dočkal e Matěj Vydra.

amigável de clubesJá os Estados Unidos, que depois da excelente prestação no Mundial 2014 mantêm o técnico Jurgen Klinsman, estão já em busca da sua geração futura pelo que podemos encontrar na lista de convocados para este jogo seis nomes com zero internacionalizações. Em sentido contrário observámos também a saída de alguns dos maiores pilares da equipa, como são os casos de Tim Howard, DeMarcus Beasley, Michael Bradley ou Clint Dempsey que foram mesmo os melhores da equipa na prova do Campeonato do Mundo. Este será claramente um jogo de experiências para Jurgen Klinsman que divulgou uma lista de 24 convocados, dos quais 15 possuem menos de 24 anos, o que pode e deve resultar numa partida de alto nível.

Onze Provável: Brad Guzan – Fabian Johnson, John Brooks, Timothy Chandler e Garza – Alejandro Bedoya, Mix Diskerud e Alfredo Morales – Julian Green, Jozy Altidore e Joe Gyau.

Até ao momento, nos únicos dois embates ocorridos entre estas duas equipas, foi a República Checa quem levou a melhor ao ter vencido nas duas ocasiões.

Estados Unidos 2-4  República Checa  Amigáveis 2010
Estados Unidos 0-3  República Checa  Alemanha 2006

Este será então um jogo completamente imprevisível. Com uns Estados Unidos em forma, depois da boa campanha no Mundial, seria de esperar que vencessem fácil, mas com todas as alterações na convocatória promovidas por Jurgen Klinsman o conjunto já não apresenta a mesma coesão, deixando assim dúvidas quanto à qualidade com que se apresentarão. Já a República Checa, apesar de também estar a testar alguns novos jogadores, mantém o mesmo núcleo que já tantas alegrias lhes valeu, pelo que, adicionado ao facto de jogarem casa, deverá resultar num maior domínio deste conjunto europeu que deve no mínimo conseguir o empate.

A Bet365 oferece-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Erro
Handicap Asiático: Rep. Checa 0.0/-0.5 1.725 Bet365
República Checa
República Checa
  • País: República Checa
  • Estádio:
  • Cidade: Praga
  • Fundação: 1901

Ver ficha completa

Estados Unidos
Estados Unidos
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade: Washington, D.C.
  • Fundação: 1913

Ver ficha completa

André Carmo
André Carmo
  • Próg. realizados 953
  • Média Odds usadas 2.02
  • Próg. certos 428
  • Próg. errados 464
comments powered by Disqus

Últimos jogos