Menu
LaLiga 26ª Jornada

Real Madrid – Atlético de Madrid (Liga BBVA)

Este sábado, ao início da tarde, o Santiago Bernabéu recebe o dérbi madrileno. Merengues e Colchoneros marcaram passo na última jornada e deixaram os Culé ainda mais isolados na liderança. Agora Atlético e Real Madrid estão separados apenas por um ponto, mas a oito e nove pontos, respetivamente, do primeiro lugar. A primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões correu melhor a Ronaldo e companhia do que aos de Simeone.

A tarefa mais complicada de Zidane será convencer os seus jogadores que nada está perdido. Para o Real Madrid estar em terceiro lugar na Liga Espanhola, e nove pontos atrás dos rivais de Barcelona, deve ser bastante desmoralizador. Cristiano dá a voz ao sentido de luta até ao fim e de que ainda é possível reverter esta situação. É o que é preciso repetir, sim, mas talvez poucos acreditem. E à medida que as treze jornadas que faltam se forem sucedendo, se nada de substancial mudar, vai ser ainda mais difícil. A Taça do Rei, por razões de secretaria, já lá vai há muito e assim, se quisermos ser objetivos, resta a Liga dos Campeões para os Merengues – e Zinedine Zidane – salvarem a face.

Até agora essa frente corre às mil maravilhas. O Real só cedeu pontos num jogo da fase de grupos – na visita ao Parque dos Príncipes (0-0) – e regressou de Roma com a eliminatória dos oitavos de final muito bem encaminhada (0-2). Ronaldo, a quem cobravam na antevisão o facto de já não marcar um golo fora há que tempos, chegou-se à frente e colocou a equipa Blanca a vencer no iníco do segundo tempo. Jesé, que veio do banco neste período, fez questão de reforçar a superioridade dos Merengues e fez o segundo a quatro minutos do fim.

No fim de semana o Real foi a Málaga e não conseguiu melhor que um empate a um. Cristiano Ronaldo foi decisivo no encontro, por boas e más razões. Marcou o golo, perto da meia, hora, que pôs o clube madrileno por cima no marcador. E falhou a marcação de um penálti, três minutos depois, que teria quase de certeza sentenciado a partida. Assim, foram os da casa a ganhar ascendente, conseguindo igualar meia-hora mais tarde, por Raúl Albentosa.

Pepe e Gareth Bale continuam a ser as baixas certas. Ao que tudo indica Karim Benzema será recuperável e Marcelo passa a ser uma dúvida que provavelmente só se esclarecerá no sábado. O lateral brasileiro tem andado com problemas num ombro e no início da semana abandonou o treino de conjunto com um sobrecarga muscular.

Onze Provável: Navas – Carvajal, Varane, Ramos, Marcelo – Modric, Kroos, Isco – James Rodríguez, Benzema, Ronaldo.

Liga BBVAO Atlético de Madrid está no segundo lugar da Liga, com cinquenta e cinco pontos. Há apenas um a separar os dois rivais da capital espanhola e na eventualidade de ambos cederem pontos nesta jornada verão o Barça ganhar ainda mais vantagem.

Os homens de Diego Simeone chegaram a Madrid às seis da manhã de quinta-feira, e há duas da tarde já estavam todos a trabalhar no relvado. Desde que a data e hora ficaram marcadas para o Dérbi Madrileno que os Colchoneros reclamaram da mesma. Afinal, a equipa tem apenas três dias, com viagens à mistura para preparar aquele que é um dos embates mais exigentes da temporada. Mas o treinador argentino recusa as desculpas e concentra-se a trabalhar o mais possível com o tempo que dispõe. A primeira mão dos oitavos de final não foi um sucesso. Em Eindhoven o Atlético arrancou um empate sem golos e agora terá que resolver a eliminatória no Vicente Calderón. É algo com que os Colchoneros se sentem confortáveis mas convenhamos que o adversário devia ter permitido uma segunda mão mais descansada.

Antes da viagem para a Holanda o clube não conseguiu aproveitar o deslize dos Merengues em Málaga, já que também dividiu os pontos nessa jornada. Justiça lhes seja feita, o Villarreal está a jogar muito esta temporada e a moral está em alta. Ainda assim, o resultado implica que visitem o Bernabéu só com um ponto de vantagem sobre os rivais.

Esta semana Stefan Savic junta-se a Tiago na lista dos descartados por lesão. O montenegrino terminou o encontro europeu em sofrimento e foi-lhe depois diagnosticada uma lesão muscular de grau II nos gémeos da perna direita. Serão duas a três semanas de baixa. Felizmente, José Giménez regressa após suspensão e pode ocupar o lugar. Thomas Partey e Ferreira-Carrasco podem já ser opção.

Onze Provável: Oblak – Juanfran, Godín, Giménez, Filipe Luis – Koke, Gabi, Saúl Ñiguez, Correa – Griezmann, Torres.

Real Madrid 1-0 Atlético Madrid LC 2014/2015
Real Madrid 2-2 Atlético Madrid Taça do Rei 14/15
Real Madrid 1-2 Atlético Madrid Liga BBVA 14/15
Real Madrid 1-1 Atlético Madrid Supertaça 2014

Nas últimas três temporadas os rivais madrilenos defrontaram-se nove vezes, só no Bernabéu, coincidindo compromissos de liga, taça e Liga dos Campeões. O Real venceu quatro destes duelos caseiros e perdeu três. Desde que Zidane assumiu a equipa os Merengues têm estado muito mais fortes nos jogos em casa. Os Colchoneros já provaram ter condições para contrariar esse favoritismo mas neste momento parecem ter dificuldades em dar com a baliza adversária.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Menos de 2.5 golos 1.80 Betrally
realmadrid
Real Madrid
  • País: Espanha
  • Estádio: Santiago Bernabéu
  • Cidade: Madrid
  • Fundação: 1902

Ver ficha completa

atle de madrid
Atlético de Madrid
  • País: Espanha
  • Estádio: Vicente Calderón
  • Cidade: Madrid
  • Fundação: 1903

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1826
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 767
  • Próg. errados 1035
comments powered by Disqus

Últimos jogos