Menu
  • 20 fevereiro
  • 20:00
  • Betclic

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Rangers – SC Braga (Liga Europa)

O Braga de Rúben Amorim é a equipa do momento. Agora, é hora de extrapolar o êxito interno para as provas continentais, iniciando a campanha na fase a eliminar da Liga Europa em solo escocês, frente ao Rangers.

O escalão máximo do futebol escocês está longe de ser dos campeonatos estrangeiros que maior interesse desperta em Portugal, mas o Rangers versão 2019/20 já se apresentou ao público nacional, cortesia dos dois duelos com o Porto na fase de grupos da atual edição da Liga Europa. Para os homens de Glasgow, o saldo foi positivo: empate a uma bola no Dragão e vitória por duas bolas a zero no Ibrox. Contas feitas, o Rangers terminou no segundo lugar do grupo G com nove pontos, menos um que o Porto, mais um que o Young Boys e mais três que o Feyenoord. Em seis desafios, o Rangers venceu dois (ambos em casa), empatou três e perdeu um, tendo apontado oito golos e sofrido seis.

A crise que levou o Rangers até aos patamares mais baixos do futebol escocês já ficou para trás e, desportivamente, os “Protestantes” são novamente uma das duas principais forças do futebol escocês, ainda que sem conseguir quebrar a hegemonia do Celtic – “Católicos” e “Protestantes” estão a “anos luz” da concorrência, tal como os números elucidam. Ao cabo de 26 jornadas (menos um jogo que o Celtic), o Rangers dista dez pontos do principal rival e, apesar do sistema de “play-off”, custa a crer que “quebre o enguiço” este ano.  Não obstante, os adeptos têm demonstrado agrado para com o bom trabalho de Steven Gerrard no comando da equipa e chegar longe nesta Liga Europa é uma ambição da equipa.

O registo caseiro do Rangers na presente época é assombroso: em 22 jogos no Ibrox, venceu 19, empatou dois e perdeu apenas um, frente ao Celtic. No que ao número de golos marcados diz respeito, note-se que o Rangers leva 54 tentos apontados e apenas oito sofridos. O avançado colombiano Alfredo Morelos é claramente a principal figura da equipa, jogador que leva 26 golos marcados em 29 jogos na presente época e será uma dor de cabeça para a defesa do Braga. Os “Guerreiros do Minho” terão que lidar com os perigos de outros elementos com experiência de Premier League como Ojo ou Arfield. O Rangers é uma equipa vertical, forte a atacar e a ocupar os espaços, perigosa em contra ataque e agressiva nas divididas, à boa maneira escocesa.

Onze provável: McGregor, Tavernier, Goldson, Katic, Ryan Jack, Ianis Hagi, Steven Davis, Andy Halliday, Scott Arfield, Ryan Kent, Morelos

Liga EuropaSe quisermos caraterizar o atual momento do Braga musicalmente, “Glory Days” talvez seja o tema que melhor se aplica à situação dos “Guerreiros do Minho”. Desde que assumiu os destinos da equipa substituindo Ricardo Sá Pinto, técnico que guiou a equipa na fase de grupos desta Liga Europa, Rúben Amorim já conquistou a Taça da Liga, bateu o Sporting por duas vezes, impôs-se ao Porto outras tantas, levou de vencido o Benfica na Luz no último fim-de-semana e, em dez jogos, venceu nove e empatou apenas um. Escusado será dizer que estamos a falar do melhor arranque de sempre de um treinador bracarense e a equipa respira confiança, fiel a uma identidade de jogo da qual não abdica independentemente do adversário que está a defrontar. Os “Guerreiros do Minho” praticam um futebol agradável, de propensão ofensiva e denotam uma admirável capacidade de adequação a cada momento de jogo, percebendo perfeitamente aquilo que o encontro pede em determinada circunstância – o encontro na Luz é um ótimo exemplo disso mesmo.

Nesta visita ao Ibrox, o Braga não abdicará daquilo que tem vindo a fazer. Amorim deverá dar continuidade à aposta no sistema com três centrais, com a defesa alertada para a capacidade do Rangers no jogo aéreo e nas bolas paradas, sem abdicar de procurar chegar-se à frente e disputar o encontro “olhos nos olhos”, à semelhança do que tem acontecido desde que assumiu os destinos da equipa. O Braga nunca ficou em branco na era Amorim e, na fase de grupos , apontou nada mais nada menos que 15 golos em seis jogos. Note-se que os bracarenses ainda não perderam nesta Liga Europa 2019/20.

Onze provável: Matheus, Esgaio, Wallace, Raúl Silva, David Carmo, Sequeira, Palhinha, Fransérgio, Ricardo Horta, Galeno, Paulinho

O Braga atravessa um ótimo momento de forma, está confiante, vai a jogo com as principais unidades e tem legítimas aspirações a regressar a Portugal com um resultado positivo. O Ibrox tem sido uma autêntico “fortaleza” para o Rangers e os “Protestantes” sabem que as chances de sucesso nesta eliminatória vão depender muito daquilo que conseguirem fazer aqui. É provável que ambas as equipas consigam marcar.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas Equipas Marcam 1.71 Betclic
glasgow rangers
Glasgow Rangers
  • País: Escócia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

braga logo
SC Braga
  • País: Portugal
  • Estádio: Estádio Municipal de Braga
  • Cidade: Braga
  • Fundação: 1921

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 2555
  • Média Odds usadas 1.72
  • Próg. certos 1396
  • Próg. errados 1073
comments powered by Disqus

Últimos jogos