José Mourinho, como é habitual, não teve papas na língua em falar acerca dos recentes falhanços do Manchester United. Durante 4 anos, para grande desagrado dos adeptos, os Red Devils sofreram de uma falta crónica de títulos e de bons desempenhos, e como tal, o treinador português entregou um novo contracto a Michael Carrick, contratou Zlatan Ibrahimovic, Mkhjitaryan e estendeu o contracto de Wayne Rooney. Mas como os grandes nomes nunca estão satisfeitos, não é surpresa nenhuma saber que Mourinho tem interesse em ir buscar Cesc Fàbregas ao Chelsea.

O médio espanhol pode juntar-se aos Red Devils, visto que Antonio Conte não parece contar com ele.

O médio espanhol pode juntar-se aos Red Devils, visto que Antonio Conte não parece contar com ele para o seu sistema táctico.

Fàbregas irá, muito provavelmente, estar disponível para venda porque Antonio Conte tem interesse em jogar com quatro médios centros, pelo que o médio espanhol não parece estar nos seus planos. Radja Nainggolan da Roma, N’Golo Kanté do Leicester, João Mário do Sporting e André Gomes do Valencia são os nomes que o treinador italiano tem como alvo. Contudo, isto é ainda tudo um pouco confuso, até porque André Gomes é como um plano B para José Mourinho, caso Paul Pogba decida não deixar a Juventus. Caso isso aconteça, o United também deverá intensificar o interesse em Moussa Sissoko, que realizou um grande Europeu.

Outras possíveis transferências

Ainda por Manchester, Pep Guardiola está a experimentar a sensação de não ter tudo à sua maneira, uma sensação à qual está pouco habituado. Guardiola pode até ser um dos melhores treinadores de sempre, mas a contratação de Leroy Sané parece estar complicada, visto que o treinador espanhol e o clube inglês insistem para que o jogador informe o Schalke 04 de que quer assinar pelos Citizens, algo que o jovem de 20 anos ainda não fez. O City está disposto a oferecer algo perto dos 50 milhões de euros pelo jogador do clube alemão.

Pep Guardiola parece ter ainda outros planos, interessado em contratar o defesa central John Stones ao Everton. Inclinado em aceitar esta transferência, Stones, de 22 anos, já discutiu o interesse de vestir a camisola dos Citizens com o seu agente. Por outro lado, Ronald Koeman, treinador do Everton, que ficou tudo menos satisfeito com esta notícia, irá pedir uns absurdos 50 milhões de euros.

Sneijder poderá juntar-se à Premier League nesta nova temporada.

Sneijder poderá juntar-se à Premier League nesta nova temporada.

Quando Stones abandonar os Toffees, Koeman pretende substituí-lo por Kalidou Koulibaly do Nápoles. Caso consigam convencer Koulibaly a não se juntar ao Chelsea, o valor que o Everton irá dar ao Nápoles, será um valor muito próximo do que estão a pedir por John Stones ao Manchester City. Ainda no radar do Everton está Wesley Sneijder, que tem estado ligado ao Manchester United nas últimas 14 janelas de transferências, mas que de momento actua pelo Galatasaray. Contudo, Sneijder poderá aceitar esta transferência, visto que não poderá participar em competições europeias nos próximos 2 anos, ao serviço do Galatasaray, visto que o clube foi castigado pela UEFA.

Já o Galatasaray tem interesse em Wilfied Bony, jogador o qual o Manchester City está desesperado por vender. Isto, principalmente por acharem que o ponta de lança proveniente da Costa do Marfim não é muito bom naquilo que deveriam ser as suas maiores qualidades como avançado, ou seja, correr, rematar, controlar a bola, fintar ou passar.

Por fim, continuando com as transferências de pontas de lança, o Real Madrid parece ter decidido não vender Álvaro Morata, nem ao Chelsea, nem a mais ninguém, a não ser que uma proposta por uma quantia absurda surja, o que é pouco provável. Enquanto isso, o Arsenal está a tentar uma proposta de 50 milhões de euros e Oliver Giroud por Gonzalo Higuaín. Um bom negócio para o Nápoles.

Boas Apostas!