Se o objectivo do apostador for conseguir aumentar a sua banca a longo prazo, nada poderá ser mais ruinoso do que praticar o overbetting (em especial se for de forma pesada). Este conceito não é unicamente extensível às apostas desportivas, também pode ser utilizada no poker, bem como nos jogos de casino. Neste tutorial vamos dar-lhe a conhecer os problemas do overbetting, bem como os diferentes tipos de overbetting que existem. O termo overbetting é originário do poker e só posteriormente é que foi transladado para as apostas desportivas. No caso específico do poker, produz-se o overbetting quando um jogador realiza uma aposta bastante superior ao pote que está a ser jogado com o objectivo de colocar pressão no jogador adversário. Estes overbets podem acontecer quando o jogador tem uma mão bastante forte e quer maximizar os seus ganhos caso alguém o acompanhe na aposta, ou então quando está a realizar um bluff e quer afastar os jogadores adversários da mesa.

No caso das apostas desportivas, o overbetting é um erro que não é unicamente realizado por parte dos apostadores com menos experiência, também os apostadores mais experimentados não são alheios a cometer este tipo de erro.

Existem duas maneiras de cometer overbetting:

  • Overbetting leve – Isto acontece essencialmente quando o apostador é demasiado ávido em apostar e por vezes quer apostar em demasiados jogos, e por vezes quantias um pouco acima das que são recomendadas. Quando isto acontece, pode não ser ruinoso, mas a longo prazo vai prejudicar os lucros de um apostador. Este tipo de overbetting é tanto realizado por apostadores experientes como pelos novatos.
  • Overbetting pesado – Este já é um aspecto mais grave e que na maior parte dos casos vai terminar com o apostador na bancarrota. Este tipo de overbetting é quando o apostador se caracteriza por fazer muitas vezes all-ins com a sua banca, bem como apostar em tudo o que é desporto mesmo quando não tem os conhecimentos mínimos para o poder fazer. Este tipo de overbetting é utilizado apenas por apostadores inexperientes, visto que os experientes raramente caem nesse erro.
overbetting

Não obstante existe uma grande percentagem de apostadores a cometer overbetting, no mundo das apostas desportivas podemos considerar dois aspectos de overbetting que não devemos ignorar:

Overbetting em quantidade de stake

Este tipo de overbetting, pode ser também conhecido como overstaking.  Tal como o próprio nome indica, significa que o apostador esta a atribuir uma percentagem do seu stake superior ou inferior aquela que deveria numa determinada aposta. Alertamos constantemente os nossos leitores para o perigo do overstaking. Evite ao máximo arriscar a sua banca por completo.

Para todas apostas realizadas existe um stake óptimo que é o ponto ideal para rentabilizar ao máximo a aposta, a partir desse valor o apostador já entraria em overstaking o que a longo prazo iria resultar em rentabilidade nula para o apostador.

Por outro lado também pode ocorrer o contrário, o understaking. Isto acontece quando o apostador não encontra valor para uma aposta que realmente tem valor, e acaba por apostar uma quantidade inferior aquela que realmente deveria apostar. Este aspecto nunca será ruinoso para a banca, mas não permitirá que exista o crescimento pretendido.

Aconselhamos o apostador a sempre que aposta, ter presente o conceito do value (aqui explicado no artigo Apostas com Valor (Value)) bem como a probabilidade de acerto, visto que este último é bastante importante caso o apostador queira encontrar valor numa aposta. Caso não tenhamos em conta estes pontos podemos entrar em overstaking ou mesmo em understaking.

Para não ocorrer em overstaking o apostador deve-se basear em princípios matemáticos que conjugam o valor com a probabilidade de vitória do seu prognóstico. Aconselhamos o Kelly Criterion como uma das formas mais correctas para saber qual o stake a apostar num determinado evento.

Overbetting em quantidade de apostas

Este tipo de overbetting pode-se realizar de forma positiva ou negativa.

Positivamente, o overbetting em quantidade de apostas ocorre quando o apostador aposta em demasiado jogos. Isto vai pressionar em demasia a sua banca, pelo que caso o apostador seja confrontado com uma série de apostas negativa, este exagerado número de apostas falhadas pode levar a um elevado número de perdas. Também pode acontecer quando o apostador tem “muito em conta” a sua capacidade como analista desportivo e encontra value num grande número de jogos.

Um apostador tem de ter a consciência que todas as jornadas ou torneios (dependendo do desporto que esteja a apostar) são distintos e que vão existir alguns em que pode encontrar valor em um número maior de jogos e outros até pode não encontrar em nenhum. O que aconselhamos fazer é aproveitar aquelas em que existem jogos com valor, e aí apostar mais, e naquelas em que os jogos são mais difíceis de apostar, aí abstrair-se de colocar dinheiro.

O overbetting também pode surgir caso o apostador siga muitos tipsters distintos. Imagine-se caso um apostador tenha 6 prognosticadores que segue frequentemente, se numa determinada jornada todos eles colocarem três prognósticos para um determinado dia, o apostador terá 18 prognósticos para realizar. Este número é claramente exagerado, e a nossa experiência diz que um apostador não deve ultrapassar os 8 a 10 prognósticos por dia de forma regular, mais do que isso estar-se-ia a entrar em overbetting.

Negativamente, é quando ocorre precisamente o contrário. Quando um apostador devido a alguns factores (principalmente devido a uma série negativa) subestima a sua capacidade como apostador e realiza um número bastante reduzido de apostas, deixando de parte vários jogos em que deveria ter apostado. Evidentemente que isto é uma política de apostas errada visto que não é por apostar menos que o apostador pode garantir que tem uma maior percentagem de acerto. O que deve fazer é ter uma estratégia de apostas e os jogos que se enquadrem na mesma devem ser equacionados para apostar.

Para um apostador casual o underbetting pode não ser uma má política, visto que pode ter um X de dinheiro na conta apenas para determinados jogos ao longo de uma época, e isso não é errado. Agora caso seja um apostador que tem um objectivo de fazer crescer a sua banca a médio longo prazo, deixar passar apostas com valor é indubitavelmente uma estratégia que consideramos errónea.

Boas Apostas!