Já se arrastavam pelos últimos lugares há já algum tempo.

Encontraram-se no fim-de-semana passado e o FC Penafiel levou a melhor sobre o Gil Vicente FC, ganhando por 2 a 1, e acabando com as ténues esperanças que este ainda poderia ter.

Gil Vicente FC e FC Penafiel são as duas equipas que irão ser despromovidas e relegadas para a competitiva Liga 2.

Gil Vicente FC

O Gil Vicente Futebol Clube nasceu a 3 de Maio de 1924, na cidade de Barcelos, ali ao lado de Braga, com quem mantém uma certa rivalidade. Foram, aliás, os vizinhos do SC Braga os convidados, em 1933, para a inauguração oficial do primeiro recinto de futebol do Gil Vicente.

Gil Vicente FC 2 - 1 FC Penafiel 2014

Na primeira volta do campeonato, o Gil Vicente bateu o Penafiel, em Barcelos, por 2 a 1

O Gil nunca foi um clube de grande voos. Mas também nunca foi um clube ió-ió, sempre a subir e a descer. Embora passe tempo alternado entre a Primeira Liga e a Liga 2, há sempre algum tempo em cada uma das competições.

Estava desde a época 2011/2012 na Primeira Liga, depois de 5 épocas a militar na Liga 2, para onde fora relegado, através da secretaria, por causa do caso Mateus. Antes disso esteve na Primeira Liga desde os alvores do Milénio.

É, aliás, da temporada de 1999/2000, ano de regresso à Primeira Liga, que o Gil Vicente conquistou a sua melhor classificação de sempre, ao terminar a época em 5º lugar.

Na Taça de Portugal, conseguiu chegar, por uma vez, a uma meia-final, na já longínqua época de 1976/77.

Na Taça da Liga, conseguiu chegar à final na época de 2011/12, onde foi derrotado pelo SL Benfica.

Mas foi no início da década de ’90 que o Gil Vicente Futebol Clube acedeu, pela primeira vez, ao campeonato maior de Portugal, então Primeira Divisão. E por lá se foi mantendo até à decepcionante época de 1996/97, onde foi despromovido pela primeira vez. Como já se disse, na passagem de Milénio, lá estava de novo o Gil entre os grandes.

Desde 2004 que o Gil Vicente FC joga no Estádio Cidade de Barcelos, propriedade da Câmara Municipal, depois de largos anos a jogar no Adelino Ribeiro Novo, o velhinho estádio do Gil, cujo nome era uma homenagem a um antigo jogador do Gil, falecido em campo.

Entre os nomes mais famosos que vestiram as cores do Gil, o vermelho e o azul, destaca-se o nome de Ljubinko Drulović, que mais tarde haveria de passar pelo FC Porto e SL Benfica, tendo acabado a carreira, curiosamente, no FC Penafiel, companheiro de despromoção do Gil Vicente.

Nesta época de desespero, o Gil Vicente só conseguiu 4 vitórias, 2 em casa e 2 fora, 11 empates e 18 derrotas, tendo marcado 25 golos e sofrido 58. Em casa perdeu por 5 a 0 com o SL Benfica, 5 a 1 com o FC Porto e 4 a 0 com o Sporting CP. E fora, conseguiu ir ganhar por 2 a 1 à Académica e ao Marítimo.

FC Penafiel

O Futebol Clube de Penafiel nasceu na cidade de Penafiel, ali nas margens do rio Douro, a 8 de Fevereiro de 1951.

O FC Penafiel é um clube histórico que conta já com algumas várias passagens pelo principal escalão do futebol nacional. Conta, ao todo, e ao longo dos anos, com 12 presenças na Primeira Liga, ou Primeira Divisão, como era denominada.

FC Penafiel 2 - 1 Gil Vicente FC 2015

A terminar o campeonato, o Penafiel ganhou, em casa, ao Gil Vicente, pelos mesmos números da primeira volta, 2 a 1

Foi em 1980 que, após 15 anos consecutivos na Segunda Divisão, o FC Penafiel conseguiu, finalmente, subir à Primeira Divisão. E por ali se deixou ficar por 10 anos, com uma descida pelo meio, o que levou o clube até 1992, época em que desceu para não voltar a subir nos anos seguintes.

Desde a época de 1992 até ao ano do Europeu em Portugal, 2004, o FC Penafiel andou pela Liga de Honra, a antiga Liga 2. Foi em 2004 que os durienses voltaram ao convívio dos grandes.

Mas durou pouco tempo, esse tão ansiado regresso. Duas épocas foi o que o FC Penafiel conseguiu manter-se na Primeira Liga. Desceu, de novo, à Liga de Honra, onde permaneceu, também, outros dois anos, tendo descido ainda mais fundo, para a Segunda Divisão B.

E depois de uma travessia no deserto, o FC Penafiel voltou à Primeira Liga esta época, 2014/15, mas não conseguiu sobreviver. Ao fim do primeiro ano, a equipa de Penafiel volta a ser despromovida para a Segunda Liga.

A melhor classificação que o FC Penafiel conseguiu, na Primeira Liga (ou melhor, na Primeira Divisão), foi um 10º lugar nas épocas de 1980/81 e 1987/88.

Na Taça de Portugal conseguiu chegar a umas meias-finais, na época de 1985/86, onde foi eliminado pelo SL Benfica.

Desde o seu nascimento, que o Futebol Clube de Penafiel joga no Estádio das Leiras, estádio municipal construído em 1934 e que albergou outros clubes anteriores da cidade e que, a partir de 1974 passou a chamar-se Estádio Municipal 25 de Abril.

Entre os nomes mais famosos que passaram pelo clube, bastante conhecido pela sua formação, destacam-se os de Jorge Costa, Sérgio Conceição e, principalmente, António Oliveira que chegou, inclusive, a ser presidente do clube.

Nesta época de má memória, o FC Penafiel andou quase sempre pelo último lugar, fruto de 5 vitórias, 3 em casa e 2 fora, 7 empates e 21 derrotas, tendo marcado 29 golos e sofrido 67, a defesa mais batida da Primeira Liga. Em casa perdeu por 6 a 1 com o SC Braga, por 4 a 0 com o Sporting CP e por 4 a 3 com o Marítimo. Fora, conseguiu ir vencer por 1 a 0 ao Arouca e ao Vitória Setúbal.

Boas Apostas!