Menu
  • 14 julho
  • 14:00
  • Bet.pt

A Bet.pt oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Novak Djokovic – Roger Federer (Wimbledon 2019)

Decisão entre o campeão em título e o maior vencedor da história do torneio. Novak Djokovic e Roger Federer vão estar frente a frente este domingo no All England Court, em Londres. As expectativas para o desafio não poderiam estar mais altas.

Novak Djokovic

Um ano depois de ter derrotado Kevin Anderson na final, Djokovic terá que bater o maior vencedor de sempre do torneio de Wimbledon se quiser erguer o troféu pela quinta vez na sua carreira. Uma coisa é certa: o encontro com Roger Federer vai corresponder ao embate de maior exigência para o sérvio na atual edição do Grand Slam, dado que no seu trajeto com destino à final, Djokovic não defrontou nenhum adversário que constasse no “top 20” do ranking ATP.

Djoko está a praticar bom ténis embora apresente algumas irregularidades ao longo do jogo, mas a verdade é que ainda não disputou nenhum desafio que implicasse ter os níveis de desempenho e concentração nos píncaros. Na meia final com Bautista Agut, o sérvio venceu o primeiro set de forma arrebatadora por 6-2 e logo se percebeu que pretendia “arrumar a questão” o quanto antes, de resto, tal e qual como tem feito ao longo de todo o torneio. Apesar de ter cedido o segundo set (4-6), Djoko viria a selar o triunfo em quatro sets com vitórias por 6-3 e 6-2, expressão da superioridade unanimemente reconhecida em relação ao adversário que naturalmente não conseguiu contrariar o favoritismo do número 1 mundial.

Ao todo, em seis jogos no All England Court, Djoko cedeu dois sets, um frente a Hurkacz, outro diante e Bautista Agut.

Roger Federer

Wimbledon 2014Oito vezes campeão em Wimbledon, Roger Federer é recordista no Grand Slam mais antigo do mundo e, a caminho dos 38 anos, ambiciona fazer algo que nunca conseguiu: derrotar os outros dois “big three” (Djoko e Nadal) no mesmo Grand Slam. Nadal já caiu nas meias-finais, num grande jogo de ténis ganho pelo suíço por 3-1. Após vitória no tie break no primeiro set, Roger Federer vacilou no segundo, permitindo a Nadal vencer por 6-1. No terceiro, o suíço “voltou ao jogo” com uma vitória por 6-3. A um set da vitória, Federer manteve-se a bom nível, conseguiu “levar o jogo para a rede” como tanto gosta, criou imensas dificuldades a Nadal mas o espanhol, bem à sua imagem, foi de uma resistência exemplar ao longo do desafio disputado numa superfície que favorece claramente o jogo de Roger. O triunfo confirmar-se-ia no terceiro set com uma vitória por 6-4.

Até ver, Federer perdeu apenas três sets em Wimbledon. A praticar o seu melhor ténis, Federer tem tido um percurso mais exigente que o de Djokovic. O desgaste acumulado na meia final poderá ter sido maior devido à réplica dada por Nadal, no entanto, ambos os atletas resolveram os desafios em cerca de três horas.

Duelo

Falamos de dois jogadores completos que dispensam apresentações, ainda para mais a atuarem numa superfície em que se sentem confortáveis. Um Djoko – Federer é sempre um encontro de difícil previsão no que toca ao vencedor, embora acreditemos que haja valor nas odds atribuídas pelas casas de apostas a um potencial vitória do suíço. Ainda assim, optamos por apostar no número de jogos, até porque não acreditamos que haja um vencedor em três sets.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Mais de 39.5 Jogos 1.66 Bet.pt
novakdjokovic
Novak Djokovic
  • País: Sérvia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

rogerfederer
Roger Federer
  • País: Suíça
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 2236
  • Média Odds usadas 1.75
  • Próg. certos 1196
  • Próg. errados 950
comments powered by Disqus

Últimos jogos