Menu
  • 11 setembro
  • 22:00
  • Dhoze

Novak Djokovic – Marin Cilic (US Open)

A primeira meia-final definida junta o número um mundial e o campeão em título do US Open. Na edição anterior Marin Cilic conquistou o seu primeiro troféu numa prova do Grand Slam ao derrotar na final de Flushing Meadows o japonês Kei Nishikori. O croata ainda não conseguiu bater Novak Djokovic nas treze tentativas de que dispôs mas se há lugar onde pode olhar o sérvio de igual para igual é em Nova Iorque, onde cada um venceu uma vez.

Por vezes os números e estatísticas precisam de algum enquadramento mas no caso de Novak Djokovic eles falam por si. Recapitulando só alguns. O sérvio leva sessenta e três vitórias e seis derrotas nem 2015. Antes de embarcar no derradeiro Major da temporada disputou doze torneios de e só num deles ficou aquém do jogo do título. Foi em Doha, eliminado por Ivo Karlovic nos quartos de final da prova. Curiosamente, outro croata. Foram então, até agora, onze finais e dessas sete deram em troféu. Dois em torneios do Grand Slam, Open da Austrália e Wimbledon, quatro em Masters 1000. Ainda assim, o primeiro semestre correu melhor ao número um mundial que na segunda metade do ano ainda só se sagrou campeão por uma vez. O horror! Brincadeira à parte, causa algum espanto, depois de o termos visto arrecadar entre fevereiro e maio quatro Masters consecutivos. É o problema das expetativas.

Open USADesde 2007 que Djokovic chega pelo menos à semifinal do Open dos Estados Unidos mas apesar das oportunidades só por uma vez se conseguiu sagrar campeão em Flushing Meadows – em 2001, derrotando Nadal. Os adversários foram-se sucedendo e o nível aumentando à medida que chegava a um patamar mais elevado, tal como é suposto. João Souza (triplo 6-1), o brasileiro, e Haider-Maurer (6-4, 6-1, 6-2) foram despachados em sets diretos. Na terceira ronda o espanhol Bautista-Agut já exigiu um pouco mais do sérvio, que cedeu o segundo parcial e teve que esticar a partida a um quarto set (6-3, 4-6, 6-4, 6-3). Aliás, aconteceu exatamente o mesmo nos quartos de final. Ainda não foi desta que Feliciano López bateu Novak mas o número um mundial teve uma quebra de concentração e voltou a entregar o segundo set ao adversário, depois de ter sido absolutamente dominante no de abertura. Nessa altura Djokovic estava seriamente zangado consigo mesmo e tratou logo de voltar ao controlo da partida no arranque do terceiro set (6-1, 3-6, 6-3, 7-6).

No ano passado Novak foi afastado nesta fase por Kei Nishikori, numa exibição impressionante que exigiu tudo do pequeno japonês e o deixou incapaz de dar luta na final.

O campeão em título do US Open começou a temporada de 2015 com três meses e meio de atraso devido a lesão mas à medida que o tempo vai passando vai melhorando o nível das suas exibições. Por aquilo que se tem visto nas duríssimas condições de Flushing Meadows, é bem capaz de ter atingido o seu pico de forma em Nova Iorque. O sorteio não foi ingrato e permitiu a Marin Cilic duas rondas iniciais acessíveis – Guidi Pella (6-3, 7-6, 7-6) e Donskoy Evgeny ( 6-2, 6-3, 7-5) – próprias para entrar no ritmo. Na terceira eliminatória Mikhail Kukushkin provou ser um osso duro de roer e o croata foi forçado a jogar os cinco sets para se manter em prova (6-7, 7-6, 6-3, 6-7, 6-1). Nos oitavos Jeremy Chardy também deu algum trabalho mas Cilic prevaleceu (6-3, 2-6, 7-6, 6-1). Frente a Jo-Wilfried Tsonga a coisa parecia tão bem encaminhada que o número nove mundial foi surpreendido pela capacidade de luta do francês no terceiro set e foi obrigado a mais um para marcar presença na semifinal.

2015 Wimbledon Djokovic 3   6 6 6 QF
Cilic 0 4 4 4
2015 Monte Carlo Djokovic 2   6 6 QF
Cilic 0 0 3
2014 Masters Cup ATP Djokovic 2   6 6
Cilic 0 1 1
2014 Wimbledon Djokovic 3   6 3 6 6 6 QF
Cilic 2 1 6 7 2 2
2014 Roland Garros Djokovic 3   6 6 6 6 3R
Cilic 1 3 2 7 4
2014 Indian Wells Djokovic 2   1 6 6 R16
Cilic 1 6 2 3

Marin Cilic já teve treze oportunidades para bater Novak Djokovic, em todas as superfícies, e não teve sucesso em nenhuma. Este será o terceiro frente a frente do ano.

Prognóstico Odd Casa Erro
Total de Jogos: Mais de 35 1.71 Dhoze
novakdjokovic
Novak Djokovic
  • País: Sérvia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Cilic
Marin Cilic
  • País: Croácia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1905
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 802
  • Próg. errados 1076
comments powered by Disqus

Últimos jogos