Novak Djokovic – Andy Murray (Open da Austrália)

Depois de quase duas semanas atípicas em Melbourne – em que os jovens brilharam e vários favoritos foram caindo precocemente – chegamos a uma final a que já estamos habituados. Mesmo longe do seu melhor ténis, Novak bateu o atual detentor do título, Wawrinka, na segunda meia-final. Terá à sua espera um Andy Murray inspirado, a sentir uma excelente condição física, e a reencontrar-se com os seus bons momentos.

Regista-te já
para acederes
ao prognóstico

  • Conteúdos exclusivos
  • Prognósticos
  • Tutoriais
  • Estratégias e dicas