À passagem da 2ª jornada da fase de qualificação africana ao Mundial 2018, viu-se a Nigéria bater na recepção à Argélia e isolar-se no Grupo B, enquanto que no Grupo A a luta pela liderança está bastante renhida entre a República Democrática do Congo e a Tunísia.

Congo e Tunísia disputam 1º lugar

Bolasie aponta o golo da vitória para a República Democrática do Congo.

Bolasie aponta o golo da vitória para a República Democrática do Congo.

Começando pela ordem dos jogos, primeiro foi a vez da República do Congo disputar a 2ª jornada, viajando até ao território da Guiné Conacri. Foi um bom jogo em termos disciplinares, com apenas 1 cartão amarelo a ser mostrado durante os 90 minutos. A equipa da casa chegou primeiro ao golo, inaugurando o marcador através da marcação de grande penalidade, por intermédio de Seydouba Soumah, aos 23 minutos. O jogo foi em igualdade até ao intervalo, com o RD Congo a entrar bem no segundo tempo e a marcar dois golos de rajada. Kebano e Bolasie marcaram aos 54 e 56 minutos de jogo, fechando as contas.

Com este resultado, a República Democrática do Congo segue em 1º lugar com 6 pontos, juntamente com a Tunísia, mas com parciais de 6 golos marcados e 1 golo sofrido.

Já o jogo da Tunísia foi mais complicado, com a deslocação ao reduto da Líbia tornar-se num embate complicado e com várias faltas à mistura. Foi um jogo com poucas oportunidades de golo para as duas equipas, com o jogo a ir sem golos para o intervalo, e com o único tento da partida a aparecer apenas ao minuto 50, na sequência de uma grande penalidade que valeu cartão vermelho, por acumulação de amarelos, ao defesa Ali Salama. Wahbi Khazri foi chamado a converter a grande penalidade e não facilitou.

Este resultado coloca a Tunísia no encalço da República Democrática do Congo, também com 6 pontos, mantendo a sua baliza inviolável até ao momento, mas com apenas 3 tentos assinalados. A Guiné Conacri e a Líbia são as últimas classificadas do agrupamento, sem nenhum ponto somado.

Nigéria isolada na liderança do Grupo B

Moses, do Chelsea, bisa na vitória da Nigéria.

Moses, do Chelsea, bisa na vitória da Nigéria.

A Nigéria recebeu nesta 2ª jornada do Grupo B o seu maior rival do agrupamento, a Argélia, num encontro onde uma entrada forte na primeira parte teve um papel muito importante na vitória. Os nigerianos entraram bem em jogo e controlaram a primeira parte, usufruindo de maiores situações de golo e com Victor Moses a inaugurar o marcador aos 25 minutos num lance individual. Pouco antes do fim da primeira parte, Obi Mikel é assistido por Peter Etebo e não perdoa ao guarda-redes argelino. Contudo, uma Argélia forte no segundo tempo viria a complicar a pregar um susto aos nigerianos, com Bentaleb a fazer o 2-1 numa 2ª parte onde foram mais fortes. Ainda assim, os argelinos não conseguiram igualar a partida e, ao cair do pano, Victor Moses bisa na partida e fecha as contas com um 3-1 para a Nigéria.

Esta vitória deixa a Nigéria em 1º lugar com 6 pontos, com os Camarões a aparecerem em 2º lugar com 2, deixando a Zâmbia e Argélia em 3º e 4º lugar com apenas 1 ponto.

Egipto venceu, mas Gana jogou melhor

"Messi egípcio" marca na vitória do Egipto sobre o Gana.

“Messi egípcio” marca na vitória do Egipto sobre o Gana.

Já muito mais que uma vez foi provado que, nem sempre, quem joga melhor é que vence. Foi o caso deste jogo da 2ª jornada do Grupo E, com o Gana a viajar até ao reduto do Egipto onde foi quem deteve mais posse de bola, criou mais situações de golo, jogou melhor e, no fim, perdeu. Numa primeira parte totalmente controlada pela equipa forasteira, que criou 5 tentativas de golo, com 3 delas a irem à baliza egípcia, foi a equipa da casa quem foi em vantagem para o intervalo, com um golo de Mohamed Salah, na sequência de uma grande penalidade aos 43 minutos.

Já no segundo tempo o Gana continuou mais forte, embora não tanto superior, mas com mais tentativas de golo que o seu oponente, embora ambos tenham acertado no alvo as mesmas duas vezes. Ainda assim, o Gana não conseguiu marcar nenhum golo, e foi o Egipto quem fechou as contas irradiou qualquer réstia de esperança do Gana em chegar à igualdade, com Abdallah Said a fazer o 2-0 aos 86 minutos. Fechadas as contas, o Egipto segue em 1º lugar com 6 pontos, deixando o Uganda em 2º com 4, o Gana em 3º lugar com 1 ponto, e o Congo em último sem nenhum ponto.

Outras curtas da jornada

  • África do Sul e Burquina Faso vencem Senegal e Cabo Verde, respectivamente, e igualam-se na liderança do Grupo D, ambos com 4 pontos.
  • Costa do Marfim empata a zero com Marrocos, mantendo-se na liderança do Grupo C com 4 pontos.
  • Gabão, também do Grupo C, volta a empatar a zero, desta vez com o Mali, e iguala a selecção marroquina no 2º lugar, ambos com 2 pontos.
  • Uganda vence por 1-0 na recepção a o Congo e segue para 2º lugar com 4 pontos.

Boas Apostas!