Menu

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Nick Kyrgios – Roger Federer (ATP Masters Miami)

O encontro que esteve marcado para os quartos de final de Indian Wells acontecerá na meia-final do Open de Miami. Roger Federer escapou por uma unha negra ao duelo com Berdych mas não ficou ileso. Lento e em esforço, o suíço sofreu para passar à ronda seguinte. Nick Kyrgios deu espetáculo no encontro frente a Alexander Zverev e estará desejoso de se impor ao detentor de dezoito títulos do Grand Slam. Não sei se Federer tem condição física para enfrentar o australiano em topo de forma.

Acredito que Nick Kyrgios percebe o quão perto está da sua primeira final de um Masters 1000 e de conquistar mais uma meta espetacular na carreira. Ele é um daqueles tenistas que desabrocha nos grandes momentos e medir forças com um Federer, um lenda viva do ténis, num ano em que regressou ao topo, qualifica-se como um desafio à altura da imagem que o australiano tem de si mesmo. E de certeza que não lhe passou ao lado o facto do suíço parecer cansado nas duas últimas rondas.

Depois de eliminar Dzumhur (6-4, 6-3), Ivo Karlovic (6-4, 6-7, 7-6) e David Goffin (7-6, 6-3) – os dois últimos adversários exigentes pelas características específicas do seu jogo – Kyrgios preparou-se para enfrentar Alexander Zverev. Os dois conhecem-se bem e o australiano sabe bem que apesar de ter dois anos de avanço no circuito sobre o alemão ele está a crescer e evoluir a olhos vivos. A cada duelo vai-se notar o crescimento e Kyrgios terá que elevar o seu jogo também para não ser suplantado. Tem tudo para ser uma longa e frutifica rivalidade e ambos estão preparados para se motivarem mutuamente a serem cada vez melhores. O resultado não conta realmente a história de um encontro intenso e bastante mais equilibrado do que o marcador final (6-4, 6-7, 6-3) parece indicar. Nick Kyrgios deu espetáculo mas foi secundado pelo adversário, ambos muito fortes no serviço e nas pancadas poderosas. Sempre que o australiano parecia poder embalar para consolidar um ascendente, Zverev recusava atirar a toalha ao chão e reentrava no encontro. Kyrgios fez dezasseis ases, não esteve sujeito a nenhum ponto de break mas mesmo assim precisou de seis match points para selar o triunfo.

miami_300É justo reconhecer duas coisas: Roger Federer escapou por muito pouco à eliminação e mostrou grande força mental frente a Tomas Berdych (6-2, 3-6, 7-6). O suíço entrou determinado no encontro e aproveitou bem o facto do checo demorar uns minutos para acertar com o serviço para fechar o primeiro set a seu favor sem demoras. Mas não só Berdych subiu de nível, quando o saque começou a entrar, como Federer começou a evidenciar o cansaço que já tinha sido demonstrado na ronda anterior, frente a Roberto Bautista Agut (7-6, 7-6). O número seis mundial parecia em esforço sempre que era obrigado a qualquer tipo de movimentação em court. Se analisarmos a percentagem de pontos ganhos com o primeiro serviço vemos claramente que Berdych acertou as agulhas depois do primeiro parcial (58% no primeiro set e 88 e 82 nos seguintes), ao passo que Federer foi oscilando de eficácia e nunca atingiu valores tão altos (77%, 63%, 73%). No terceiro set o suíço esteve a vencer por 5-2 mas sofreu a quebra no jogo de serviço seguinte. Imediatamente a seguir esteve perto do contrabreak e desperdiçou o primeiro match point da partida. Já no tie break, e quando parecia não poder com uma gata pelo rabo, salvou dois match points e viu Berdych arriscar demasiado no serviço para fechar o encontro, mandando a bola diretamente para fora.

2017 Indian Wells Federer 1 QF
Kyrgios 0
2015 Masters de Madrid Kyrgios 2 6 7 7 2R
Federer 1 7 6 6

Eu acho que Roger Federer vai ter muitas dificuldades para medir forças com Nick Kyrgios, pelo simples facto que as não tem. O suíço está muito desgastado fisicamente, não está a ser capaz de se movimentar com agilidade o que dificulta enormemente a sua capacidade de resposta. Os dois deviam ter-se defrontado nos quartos de final de Indian Wells, há duas semanas, mas o australiano ficou doente e não pode ir a jogo. O único frente a frente entre ambos que foi disputado, no Masters de Madrid de 2015, foi ganho por Kyrgios, num encontro em que os três sets foram decididos em tie break.

Prognóstico Odd Casa Erro
Vitória de Kyrgios 2.30 Betclic
Nick_Kyrgios
Nick Kyrgios
  • País: Austrália
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

rogerfederer
Roger Federer
  • País: Suíça
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1787
  • Média Odds usadas 2.22
  • Próg. certos 749
  • Próg. errados 1010
comments powered by Disqus

Últimos jogos