Menu

New York Red Bulls – Toronto FC (MLS)

Com os New York Red Bulls a virem de uma das maiores vitórias da sua história, não só em termos de golos, mas sobretudo no que significa golear o seu mais recente e maior rival da cidade, as expetativas serão bem altas para um encontro onde recebem a equipa do melhor jogador da MLS. Sebastian Giovinco falha o Euro 2016, com Antonio Conte a desvalorizar a MLS, podendo aproveitar para, ajudando o conjunto de Toronto, fazer ficar mal a opinião do selecionador italiano.

Os New York Red Bulls viveram um dia épico, a semana passada, quando bateram os New York City por 7-0 no Yankee Stadium. Esta semana, aliás, não deve ter havido espaço para mais nenhuma conversa sem ser a que incluiu as brincadeiras em volta do número sete. É um facto que o regresso dos Red Bulls à melhor imagem que haviam deixado no ano passado, com pressão alta e enorme intensidade na posse de bola, não esconde o elevado número de golos consentidos pelo adversário, sobretudo no seguimento de lances de bola parada. A questão aqui será entender o que poderá passar do jogo da semana passada para o desta semana. Em primeiro lugar, a jogar em casa e frente a um adversário que tem o costume de baixar linhas nestas situações, poderá não ser benéfico para a equipa de Jesse Marsch. Por outro lado, o elevar das expetativas, numa fase de temporada ainda longe de ser decisiva, nem sempre tem um impacto positivo no que as equipas podem fazer. Com Abang e Lawrence convocados para os trabalhos das suas seleções, os Red Bulls também não poderão contar com o lesionado Damien Perrinelle. Espere-se uma equipa em tudo semelhante à utilizada na semana passada.

Onze Provável: Robles – Zizzo, Duvall, Collin, Lade – Felipe Martins, D. McCarty – Sam, Kljestan, Grella – Bradley Wright-Phillips.

MLSA equipa dos Toronto FC vem de dois empates consecutivos e de uma derrota, tendo vencido apenas um jogo durante o mês de maio, na receção ao FC Dallas. A sequência de resultados menos bons acaba por expor algumas fragilidades do conjunto que, nas primeiras semanas da temporada, pareciam ultrapassadas. A nível defensivo, a equipa continua a ter altos e baixos. Com uma média de um golo sofrido por jogo, está entre as equipas mais eficientes nesse capítulo, ainda que tenha tido uma partida a sofrer quatro golos num só jogo, frente aos Vancouver Whitecaps, com muitos erros defensivos. Ofensivamente, a dependência de Giovinco tem causado muitos dissabores. Apenas 14 golos marcados, oito dos quais pelo pequeno italiano, que também participou na maior parte dos restantes com as suas cinco assistências. Jozy Altidore está lesionado e faltam opções na frente de ataque, sobrando a esperança de que Giovinco possa ter visto tocado o seu orgulho e aumente ainda mais o seu fluxo ofensivo. Benoit Cheyrou e Marky Delgado estão também com problemas físicos, enquanto a chamada de Michael Bradley para a Copa América Centenário se traduz numa série de baixas de peso na zona intermediária.

Onze Provável: Irwin – Zavaleta, Williams, Moor – Beitashour, Osorio, Johnson, Lovitz, Morrow – Endoh, Giovinco.

As duas equipas já se defrontaram este ano, com a vitória a sorrir ao conjunto canadiano por 2-0, também na Big Apple.

No entanto, neste momento, parecem ser os Red Bulls em melhores condições para conseguir uma conquista, mesmo tendo em conta os alertas deixados.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória dos New York Red Bulls 1.64 Betrally
NY Red Bulls logo
New York Red Bulls
  • País: Estados Unidos
  • Estádio: Red Bull Arena (NJ)
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Toronto FC
Toronto FC
  • País: Canadá
  • Estádio: BMO Field
  • Cidade: Toronto
  • Fundação: 2006

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2831
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1330
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos