Menu

New York City – New England Revolution (MLS)

Numa semana em que só se disputam três jogos, com parte dos jogadores a saírem para representar as respetivas seleções nas competições internacionais, os New York City disputam mais um jogo em casa, onde tentarão regressar às vitórias. Já os New England Revolution estão perante a necessidade de dar um sinal claro de que estão vivos, até porque, nas três primeiras jornadas, não alcançaram nenhuma vitória.

Patrick Vieira tem optado por desenhar o seu esquema tático com apenas três defesas nos jogos em casa. Para este encontro, o New York City deverá continuar a apostar na mesma dinâmica, até porque, apesar de não ter conseguido vencer em casa, a verdade é que perante as dimensões reduzidas do terreno de jogo, os três defesas e a presença dos dois médios volantes permitem um controlo total do espaço dado à sua equipa. A principal dificuldade tem estado no outro extremo do campo, onde o City tem sentido muitas dificuldades para encontrar espaços de finalização, sobretudo pelo facto das opções de Vieira privilegiarem um ataque através da rapidez dos seus extremos. Para este encontro, Vieira não terá três peças importantes nessa ideia de jogo. Matarrita está com a seleção da Costa Rica e abre uma vaga na faixa esquerda da defesa. Mix Diskerud com a seleção AA dos Estados Unidos e Khiry Shelton com a seleção olímpica, também estarão ausentes, havendo aqui a possibilidade de construção de um meio-campo ofensivo mais pensado para rasgar a defensiva adversária através da posse, situação que parece ser exigida pelas dimensões do relvado do Yankee Stadium.

Onze Provável: Saunders – Iraola, Hernandez, Brillant – Pirlo, Bravo – Mendoza, Poku, McNamara, Tony Taylor – David Villa.

MLSOs New England Revolution são, ano após ano, visto como das equipas mais sólidas da MLS, no entanto, parecem viver uma fase, que se vai alargando, de pequenas falhas, perdendo essa capacidade e constância exibicional, para além de não retirar dos seus melhores jogadores todo o potencial que estes parecem carregar consigo. Depois de dois empates nas semanas inagurais, em Houston e em casa com o DC United, a equipa de Foxborough, Massachusets, foi inapelavelmente derrotada na deslocação a Philadelphia. Jay Heaps terá retirado as suas conclusões de uma partida em que tudo correu mal aos Revs, não tendo demonstrado nada daquilo que se espera serem os pontos fulcrais de um possível sucesso desta equipa. Watson foi expulso, falhando esta partida, o que aconteceria sempre, já que foi convocado para representar a seleção da Jamaica. Ausente estará também Lee Nguyen, que representa a seleção dos Estados Unidos. Se a ausência do primeiro obrigará a um pequeno acerto defensivo, já sem Nguyen os Revs perdem grande parte do seu potencial criativo, o que poderá ser mau sinal para esta partida.

Onze Provável: Shuttleworth – Farrell, Barnes, José Gonçalves, Tierney – Koffie, Caldwell – Rowe, Bunbury, Fagundez – Agudelo.

Nos três encontros disputados por estas equipas no ano passado, a vitória sorriu, por uma vez, para a equipa de New York, e duas para a equipa do Revs. Houve sempre golos.

New York City FC 1-3 NE Revolution Grp.East
MLS 2015
NE Revolution 1-0 New York City FC Grp.East
MLS 2015
New York City FC 2-0 NE Revolution Grp.East
MLS 2015

Numa partida onde não existem favoritos, estará em causa entender quem supera melhor a ausência dos seus internacionais, sendo que ambos os conjuntos terão, ainda, muito potencial para apresentar no relvado.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Vitória do New York City 2.20 Betrally
New York City FC
New York City FC
  • País: Estados Unidos
  • Estádio: Yankee Stadium
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

new england revolution
New England Revolution
  • País: Estados Unidos
  • Estádio: Gillette Stadium
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2886
  • Média Odds usadas 2.15
  • Próg. certos 1352
  • Próg. errados 1493
comments powered by Disqus

Últimos jogos