Menu

Molde – Dínamo Zagreb (Liga dos Campeões)

A equipa dinamarquesa conseguiu um bom resultado em Zagreb e agora tem a possibilidade, levando a eliminatória para o seu terreno, de se qualificar para o play-off da Liga dos Campeões. O clube croata, onde alinham vários portugueses, tem uma tarefa difícil pela frente. Começando por parar de ser o seu pior adversário.

O empate e, sobretudo, o golo fora conseguidos na deslocação a Zagreb (1-1) pode vir a revelar-se precioso para o Molde. Os da casa até marcaram primeiro, aos dezoito minutos, através do avançado chileno Ángelo Henríquez, mas foi sol de pouca dura. Três minutos mais tarde Ola Kamara igualava e o marcador manteve-se alterado o resto da partida. As coisas não estavam a correr bem ao Dínamo, que também sentia a pressão das bancadas. Basicamente confirmou-se o que já se antecipava. O Molde tem estrutura e capacidade atlética para dar luta. E foi bem evidente a diferença de disponibilidade física e ritmo de jogo, a que não é alheio o facto do campeonato da Noruega já ir para lá de meio, ao contrário do croata que arrancou apenas há duas semanas. O Molde ocupa a sétima posição, com vinte e cinco pontos, a treze do Rosenborg que lidera a classificação. De certa forma, a participação nesta pré-eliminatórias da Liga dos Campeões tem apresentado fatura ao Molde que sofreu duas derrotas consecutivas na liga doméstica nos compromissos mais recentes – Haugesund (0-1) e Bodo/Glimt (1-2).

Liga dos CampeõesOnze provável: Horvath – Martin Linnes, Joona Toivio, Vergard Forren, Rindaroy – Mattias Mostrom, Etzaz Hussain, Harmeet Singh, Eirik Hestad, Elyounoussi – Ola Kamara.

O empate da primeira mão, que compromete a qualificação para a fase seguinte da Liga Milionária, e Paulo Machado são os assuntos que dominam a atualidade do Dínamo Zagreb. Desperdiçar a oportunidade de ganhar vantagem na eliminatória, com o jogo em casa, não estava nos planos. Nas bancadas os assobios começaram cedo, ia o encontro ainda nos minutos iniciais e a pressão ia-se traduzindo em ansiedade e frustração no relvado, à medida que o tempo ia passando e o Dínamo local não encontrava uma solução para quebrar o adversário. Aos sessenta e quatro minutos o médio português encaminhava-se para a lateral, para ser substituído, e respondeu à manifestações de desagrado dos adeptos mostrando-lhes o dedo médio. O gesto não escapou à equipa de arbitragem, que lhe mostrou vermelho direto. Marko Rog, que entrou para o lugar de Machado, deve manter o lugar já que o luso está castigado. Na sequência da partida o clube instaurou um processo disciplinar e suspendeu de imediato o atleta. A coisa ficou entretanto resolvida com um pedido de desculpa público aos apoiantes do Dínamo Zagreb e o pagamento de uma multa de cem mil euros.

Aguarda-se uma reação forte da equipa croata depois de um jogo mal conseguido a toda a linha. Está em jogo a manutenção na Liga dos Campeões ou, na pior das hipóteses uma descida ao prémio de consolação, a Liga Europa. Mas para isso é preciso chegar ao play-off.

Paulo Machado não é o único português deste plantel, Eduardo e Ivo Pinto também lá estão e o guarda-redes deve manter a titularidade.

Onze provável: Eduardo – Alexandru Matel, Leonardo Sigali, Jozo Simunovic, Jérémy Taravel – El Albi Soudani, Marko Rog, Arijan Ademi, Marko Pjaca, Josip Pivaric – Ángelo Henríquez.

O jogo da primeira mão foi o primeiro confronto entre os dois emblemas.

Dinamo Zagreb 1-1 Molde LC 15/16 (2PE)
Prognóstico Odd Casa Erro
Resultado ao intervalo: Empate 1.95 Dhoze
molde
Molde
  • País: Noruega
  • Estádio: Aker Stadion
  • Cidade: Molde
  • Fundação: 1911

Ver ficha completa

dinamozagreb
Dinamo Zagreb
  • País: Croácia
  • Estádio: Maksimir
  • Cidade: Zagreb
  • Fundação: 1945

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1830
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 767
  • Próg. errados 1035
comments powered by Disqus

Últimos jogos