Menu

México – Trindade e Tobago (Amigável)

O passado recente opôs México e Trindade e Tobago, duas nações que estiveram inseridas no mesmo grupo da Gold Cup 2015. Em contexto oficial, ninguém pôde gabar-se de sair por cima no confronto direto, uma vez que se registou uma igualdade a quatro bolas. Quanto a contas finais, Trindade e Tobago saiu na dianteira do Grupo C; O México acabou por conquistar a Gold Cup. Tempo agora para um desempate em contexto amigável.

O encontro entre México e Trindade e Tobago será o primeiro particular que “La Tri” disputa após subir ao trono do futebol da CONCACAF. Os mexicanos venceram, uma vez mais, a Gold Cup. Em terras norte-americanas, é justo dizer que o México venceu mas não convenceu. Agora, pontapé de saída numa fase que se adivinha de transição. O brasileiro Ricardo Ferretti assume, ainda que a título provisório, o comando da seleção mexicana.

Deambulando constantemente entre a genialidade e a loucura, o polémio Miguel “Piojo” Herrera deixou a seleção mexicana na sequência de um episódio polémico. Após o término na Gold Cup, no regresso ao país, agrediu um jornalista, situação que fez “estalar o verniz” e inviabilizou a continuidade à frente da equipa com a qual conquistou a Gold Cup. Ferretti, seu sucessor, estará pelo menos nos próximos compromissos do México mas continua à frente do Tigres. Para já, orientará a equipa diante de Trindade e Tobago e Argentina (amigáveis) e posteriormente no “play-off” de acesso à Taça das Confederações diante dos Estados Unidos. Juan Carlos Osorio, atualmente no São Paulo, é o nome mais bem cotado para assumir o destinos no caminho rumo à fase final do Mundial 2018.

Onze Provável: Alfredo Talavera; Paul Aguilar, Diego Reyes, Rafael Márquez, Miguel Layún; Héctor Herrera, Javier Aquino, Juan José Vázquez, Andrés Guardado; Javier Hernández y Carlos Vela.

amigável internacionalNesta primeira convocatória, nota para o facto de ter deixado de fora os dois “Dos Santos”: Gio e Jonathan e ainda o guarda-redes Ochoa. Diego Reyes, Layún, Héctor Herrera e Raúl Jiménez são os três representantes do campeonato nacional no lote de convocados. Corona, reforço do Porto, foi dispensado dos trabalhos e falhará estes dois encontros amigáveis tal como Peralta e Montés.

A seleção de Trindade e Tobago protagonizou uma boa prestação na última Golden Cup. Surpreendeu ao vencer o Grupo C onde também esteve juntamente com o campeão México. Não averbou qualquer derrota: Venceu a Guatemala por 3-1, Cuba por 2-0 e empatou a quatro com os mexicanos. Terminou a prova sem qualquer derrota no tempo regulamentar. Perdeu nos penaltys nos quartos-de-final diante do Panamá, após se ter registado uma igualdade a uma bola ao cabo dos 90 minutos. Kenwyne Jones e Cummings foram os melhores marcadores da equipa ao longo da Gold Cup, com dois golos marcados cada um. É uma seleção interessante do ponto de vista físico que poderá criar dificuldades ao México neste compromisso amigável.

Kenywyne Jones, um dos jogadores mais mediáticos desta seleção, ficou fora da convocatória do técnico Stephen Hart. O defesa Sheldon Bateau também ficou de fora, sendo que o médio Neveal Hackshaw, da seleção sub-20, e o avançado Trevin Caesar mereceram a confiança do seleccionador.

Onze Provável: Marvin Phillip; Aubrey David, Joevin Jones, Yohance Marshall, Mekeil Williams; Khaleem Hyland, Cordell Cato, Kevan George, Neveal Hackshaw; Keron Cummings y Trevin Caesar.

No último encontro estre estas duas seleções registou-se um empate a quatro. Desta feita, em contexto amigável, também é expectável que os golos acabem por surgir.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Mais de 2.5 Golos 1.80 Dhoze
México
México
  • País: México
  • Estádio:
  • Cidade: Cidade do México
  • Fundação: 1922

Ver ficha completa

Trindade e Tobago
Trinidad e Tobago
  • País: Trinidade e Tobago
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Afonso Canavilhas
  • Próg. realizados 1495
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 774
  • Próg. errados 645
comments powered by Disqus

Últimos jogos