Menu
  • 21 maio
  • 20:00
  • Betrally

Marselha – PSG (Taça de França)

O Marselha e o PSG medem forças no Stade de France, em Paris, num embate a contar para a final da Taça de França, onde irão discutir quem conquistará o último título disponível em França. O Marselha vê neste título a única salvação para aquela que foi uma temporada bastante abaixo das expectativas, tendo terminado o campeonato caseiro na metade inferior da tabela e acabando eliminado de todas as competições de que fez parte. Já o PSG, depois de vencer todos os outros títulos disponíveis em França, chega aqui com olhos postos em somar o único título ainda por conquistar esta temporada.

Marselha, para alcançar esta etapa final da prova, teve de tirar do seu caminho conjuntos como o Caen, Montpellier, Trélissac, US Granville e Sochaux, chegando aqui na esperança de somarem a 11ª Taça de França ao seu palmarés, tendo vencido a competição pela última vez na temporada de 1988/ 89. Nos últimos 10 anos, Les Olympiens alcançaram duas finais nesta prova, na época de 2005/06 e de 2006/07, acabando eliminados pelo PSG e pelo Sochaux. Esta revelou-se uma temporada bastante abaixo das expectativas para o Marselha, que terminou o campeonato francês num decepcionante 13º lugar, o seu pior fim de campeonato desde a época de 2000/01 onde terminou em 15º lugar. Les Olympiens foram postos fora de todas as competições em que ingressaram, sendo eliminados nos dezasseis-avos de final da Liga Europa às mãos do Athletic Bilbao, postos fora dos quartos de final da Taça da Liga de França às mãos Toulouse, e terminou a Ligue 1 em 13º lugar com os mesmos 48 pontos que o 14º classificado Nantes, fruto de 10 vitórias, 18 empates e 10 derrotas, com parciais de 48 golos marcados e 42 golos sofridos.

Agora orientados por Franck Passi, o 3º técnico do Marselha nesta temporada que disputou apenas os últimos 5 embates, embora nunca tenha provado o sabor da derrota, este conjunto vê a conquista da Taça de França como a única maneira de tirarem algo positivo de uma época decepcionante. Esta turma tem por hábito privilegiar um futebol de posse e de trocar o esférico através de passes curtos, colocando sempre bastante intensidade em todas as disputas de bola, partindo para o ataque maioritariamente pelos flancos e cruzam sempre que têm oportunidade, contudo, mostram grande dificuldade em parar os adversários de criarem ocasiões de golo e em defender contra-ataques, o que contra as flechas do PSG, poderá ser um grave problema.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Marselha apresenta um histórico de 3 vitórias e 2 empates. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 0-1 em terreno do Sochaux, em jogo a contar para a Taça de França. Seguiu-se um empate por 1-1 na recepção ao Nantes, uma vitória por 0-1 em terreno do Angers, uma vitória por 1-0 na recepção ao Stade de Reims, e na última jornada, um empate por 1-1 em terreno do Troyes. Abou Diaby e Andre Zambo Anguissa são baixas confirmadas, ambos lesionados, ficando ainda em dúvida a presença de Lucas Silva e de Nkoudou, ambos condicionados.

Onze Provável: Mandanda – Manquillo, N’Koulou, Rekik e Mendy – Thauvin, Isla, Diarra e Alessandrini – Fletcher e Batshuayi.

Taça de FrançaPSG, por sua vez, para alcançar esta final da prova, teve de tirar do seu caminho conjuntos como o ES Wasquehal, Toulouse, Lyon, Saint-Étienne e Lorient, apresentando-se aqui à procura da sua 10ª Taça de França, tendo a última sido conquistada na temporada transacta. Esta é a 6ª final da Taça de França que os Parisienses alcançam nos últimos 10 anos, tendo conseguido vencer 3 delas. Os pupilos de Laurent Blanc terminaram o campeonato francês com o dobro dos pontos deste seu adversário, quebrando o seu próprio record de pontos obtidos da Ligue 1 ao terminarem em 1º lugar com 96 pontos, fruto de 30 vitórias, 6 empates e 2 derrotas, com parciais de 102 golos marcados e 19 golos sofridos. Tendo-se então sagrado tetracampeão de França e conquistado a Taça da Liga Francesa, faltou apenas aos Parisienses terem conseguido ir mais além do que os quartos de final da Liga dos Campeões, onde foram eliminados pelo Manchester City. Com apenas mais este título caseiro disponível, os Parisienses podem continuar a fazer história e somar aqui a sua 10ª Taça de França e igualar o Marselha no número de títulos conquistados na competição.

A qualidade que nutre do plantel orientado por Laurent Blanc é inegável, possuindo jogadores de classe mundial que demonstraram ao longo do campeonato que a conquista do título de campeão não foi propriamente difícil, com defesas como Thiago Silva e Marquinhos, médios como Matuidi e Verratti e avançados como Di Maria, Ibrahimovic e Cavani, entre muitos outros, está à vista que individualmente estes são superiores do que grande parte dos restantes jogadores a actuarem em França. Os Parisienses demonstram uma enorme versatilidade no que toca ao processo ofensivo, conseguindo criar situações de perigo tanto pelos flancos, como através de contra-ataques, jogadas colectivas ou individuais ou de remates de longa distância, destacando-se principalmente Zlatan Ibrahimovic, que terminou o campeonato francês com 38 golos marcados, um record do clube. O sueco, que confirmou já a saída do clube de Paris, deverá ambicionar somar este último título com a equipa e o seu 11º título com os franceses. Importa destacar que nos seus últimos 7 embates de todas as competições, os Parisienses marcaram 22 golos, concedendo apenas 2 golos no processo.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o PSG apresenta um histórico de 4 vitórias e 1 empate. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma vitória por 2-1 na recepção ao Lille, em jogo a contar para a Taça da Liga. Seguiu-se uma vitória por 4-0 na recepção ao Rennes, uma vitória por 0-4 em terreno do GFC Ajaccio, um empate por 1-1 em terreno do Bordéus, e na última jornada, uma vitória por 4-0 na recepção ao Nantes. Marco Verratti é baixa confirmada, encontrando-se a recuperar de uma operação à virilha. Zlatan Ibrahimovic e Javier Pastore permanecem em dúvida com alguns problemas musculares menores.

Onze Provável: Sirigu – Aurier, Marquinhos, Thiago Silva e Maxwell – Pastore, Motta e Matuidi – Di María, Ibrahimovic e Cavani.

O PSG saiu vencedor em todos os últimos 8 confrontos directos.

Marseille 1-2 Paris SG
Ligue 1 15/16
Paris SG 2-1 Marseille
Ligue 1 15/16
Marseille 2-3 Paris SG
Ligue 1 14/15
Paris SG 2-0 Marseille
Ligue 1 14/15
Paris SG 2-0 Marseille
Ligue 1 13/14
Marseille 1-2 Paris SG
Ligue 1 13/14
Paris SG 2-0 Marseille
C. France 12/13
Paris SG 2-0 Marseille
Ligue 1 12/13

A diferença de qualidade, forma e moral entre ambas equipas é enorme, e esta época foi bastante evidente. O PSG venceu 9 dos 10 últimos confrontos directos, tendo o restante terminado empatado, possui jogadores de qualidade individual muito superiores ao seu adversário e venceu o campeonato francês, e a Taça da Liga, com alguma facilidade. É de esperar mais um título somado pelos Parisienses que, mais uma vez, deverão terminar a temporada caseira em grande.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Handicap Asiático: PSG -1 2.05 Betrally
marselha
Marselha
  • País: França
  • Estádio: Vélodrome
  • Cidade: Marselha
  • Fundação: 1899

Ver ficha completa

PSG
PSG
  • País: França
  • Estádio: Parque dos Príncipes
  • Cidade: Paris
  • Fundação: 1970

Ver ficha completa

Fabio Mota
Fabio Mota
  • Próg. realizados 1852
  • Média Odds usadas 1.83
  • Próg. certos 966
  • Próg. errados 787
comments powered by Disqus

Últimos jogos