Menu

Mardy Fish – Nikolay Davydenko (Open dos Estados Unidos)

Neste momento, falar em ténis norte-americano é pensar imediatamente em dois nomes: Mardy Fish e John Isner. São eles que atualmente mantêm uma das grandes potências do ténis mundial nas grandes provas. Contudo, Fish é já um velho conhecido no circuito e um jogador com mais soluções do que Isner. Arrisco-me a dizer que ele é a maior esperança norte-americana para conseguir uma boa campanha no Open dos Estados Unidos. Apesar de estar apenas na 25ª colocação da hierarquia mundial, o tenista de 30 anos esteve grande parte da temporada afastado dos courts devido a um problema no coração. Ele nem sequer chegou a participar nos Jogos Olímpicos de Londres ou em Roland Garros.

Contudo, Mardy Fish tem aqui uma excelente hipótese de conseguir muitos pontos para voltar a estar entre os principais tenistas de nível mundial. Mas para isso, precisa de ultrapassar na segunda ronda um velho conhecido: o experiente Nikolay Davydenko. Este será o quinto embate entre ambos, tendo até ao momento cada um duas vitórias. A primeira delas aconteceu em Miami, no longínquo ano de 2006, com o russo a triunfar por dois sets a zero. No entanto, Fish deu o troco logo de seguida, com uma vitória em 2008 no torneio de Indian Wells. A segunda vitória de Davydenko aconteceu justamente em Portugal, no Estoril Open. A jogar sob o seu piso favorito, o atleta de 31 anos venceu com relativa facilidade. O último duelo entre eles foi há um ano, no torneio de Cincinnati, com Fish a vencer por contundentes 6/2 e 6/0.

us openAntigo número 7 mundial, Fish vive um dos seus melhores momentos da carreira, apesar dos vários meses parado. O bom momento levou Roger Federer a afirmar que o norte-americano é mesmo um dos tenistas mais completos do circuito. Apesar de ainda não ter vencido qualquer torneio, Fish leva já três presenças nos quartos-de-final de ATP’s de nível 1000, além de uma meia-final no torneio de Washington. No que toca a presenças no Open dos Estados Unidos, Fish tem como melhor campanha os quartos-de-final conseguidos em 2008, sendo na altura foi parado por Rafael Nadal em quatro sets. De resto, chegou aos oitavos-de-final nas duas últimas edições, cedendo frente a Jo-Wilfried Tsonga e Novak Djokovic, respetivamente.  A 2ª ronda, a mesma fase em que vai participar hoje, é curiosamente a fase em que mais vezes foi eliminado, com cinco no total.

Nikolay Davydenko aproveita os últimos momentos da carreira para ir incomodando alguns dos principais favoritos. O russo, que já foi número três mundial, já não tem a velocidade de outrora, mas mesmo assim este ano já derrotou jogadores como John Isner ou Richard Gasquet. Ele tem excelente recordações do Open dos Estados Unidos, visto que já atingiu a meia-final em 2006, perdendo na altura frente a Roger Federer. Mesmo o ano passado, quando já estava em fase descendente, Davydenko foi até à 3ª ronda, perdendo apenas frente a Novak Djokovic.

Neste confronto, podemos esperar um Mardy Fish motivado por estar a jogar em casa. Desde que regressou aos courts, o norte-american tem se mostrado muito motivado e ele sabe que grande parte do sucesso tenístico do seu país passa pelas suas mãos. No entanto, tem pela frente um tenista complicado. Davydenko é um especialista na resposta ao serviço e caso consiga apanhar bem o “timing” de serviço de Fish, poderá causar transtornos.

A Bet365 dá-lhe 50€ de bónus para apostar neste jogo: http://bitly.com/50eurbonus

Prognóstico Odd Casa Erro
Total de jogos: menos de 36.5 1.90 Bet365
Mardy Fish
Mardy Fish
  • País: Estados Unidos
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Nikolay Davydenko
Nikolay Davydenko
  • País: Rússia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Luciano Larrossa
  • Próg. realizados 47
  • Média Odds usadas 1.79
  • Próg. certos 23
  • Próg. errados 21
comments powered by Disqus

Últimos jogos