Menu
  • 30 novembro
  • 20:00
  • Betrally

Manchester United – West Ham (Taça EFL)

O ânimo que José Mourinho e Slaven Bilic inspiravam aos seus adeptos no início da temporada ainda não se encontrou no relvado, onde Red Devils e Hammers vão quebrando e caindo para posições que nada têm que ver com as respetivas ambições. Se o Manchester United sonhava com um lugar na luta pelo título, situação que vai ficando mais afastada dados os últimos resultados, o West Ham ambicionava lutar pela Europa, que este ano lhe fugiu frente a um frágil adversário. No entanto, também eles estão numa posição que nada está relacionada com a desejada. É por isso mesmo que a Taça EFL se apresenta como uma saída para manter vivas as ambições de títulos, numa e noutra casa. Quem continuará a alimentar o plano b para atingir o sonho?

Curiosamente, o jogo desta quarta-feira é uma repetição exata do que aconteceu no passado domingo, quando os dois emblemas se cruzaram numa partida relativa à Premier League. Em Old Trafford, o predomínio da equipa do Manchester United não lhe serviu para conseguir os três pontos. O West Ham marcou praticamente logo no início do encontro, por intermédio de Sakho, obrigando os Red Devils a um esforço para dar a volta ao resultado. Zlatan Ibrahimovic devolveu o empate à passagem dos vinte minutos e a partir daí não houve mais golos, com o Manchester  a criar mais oportunidades do que os seus adversários.

José Mourinho não está a ter uma estreia fácil ao serviço do Manchester United. O plantel e as compras executadas estão longe de terem sido as ideias para os objetivos da equipa e isso vai ficando claro com o passar do tempo. O sexto lugar e os onze pontos de distância para o líder da Premier League pesam como um fardo para um treinador que também nem sempre encontra a melhor forma de conseguir fazer frente aos desafios que lhe vão sendo colocados. No fundo, depois de ter atingido o topo, é aceitável pensar que nos dias de hoje, quer a nível humano, quer a nível técnico, Mourinho dá mostras de ter sido ultrapassado. Ainda assim, depois de quatro jogos sem perder em várias competições, a confiança vai-se construindo em pequenos passos. Paul Pogba e Fellaini são ausências certas devido a suspensão.

Onze Provável: Romero – Valencia, Jones, Blind, Shaw – Carrick, Herrera – Mkhitaryan, Rooney, Martial – Ibrahimovic.

EFLO West Ham soma quatro jogos sem ganhar, já que se o seu opositor tem duas vitórias e dois empates nos últimos quatro jogos, os Hammers tiveram derrotas nos lugares das vitórias. Também é de assinalar que a equipa não tem já responsabilidades europeias e, por isso, haverá maior disponibilidade mental e física para o desafio dessa quarta-feira. Ter sucesso numa Taça é, quase sempre, sinal de que se pode fugir à crise, mas perante um Manchester United igualmente focado em encontrar a salvação nesta prova, fica mais difícil a disputa do encontro fora de portas. Menos dado à rotação nestas circunstâncias, a verdade é que o West Ham apresenta uma série de ausências que deverão incluir os tocados Masuaku, Tore, Byram e Sakho.

Onze Provável: Randolph – Kouyaté, Reid, Ogbonna – Antonio, Noble, Obiang, Cresswell – Lanzini, Payet – A. Ayew.

O favoritismo pende para o Manchester United, que jogando em casa tentará alcançar aquilo que lhe escapou no passado fim-de-semana.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Ambas Equipas Marcam 1.90 Betrally
manchesterunited
Manchester United
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Old Trafford
  • Cidade: Manchester
  • Fundação: 1878

Ver ficha completa

westham
West Ham
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Estádio Olímpico de Londres
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1895

Ver ficha completa

Luís Cristóvão
Luís Cristóvão
  • Próg. realizados 2832
  • Média Odds usadas 2.16
  • Próg. certos 1330
  • Próg. errados 1465
comments powered by Disqus

Últimos jogos