Menu
Premier League 33ª Jornada

A Betclic oferece-te um bónus de25€ grátis para este jogo!

Manchester United – Chelsea (Premier League)

O jogo grande da jornada em Inglaterra é o terceiro confronto entre Red Devils e Blues da temporada. José Mourinho perdeu os anteriores confrontos com a ex-equipa ainda que tenha havido evolução significativa mas este será o primeiro longe de Stamford Bridge. O problema é que o Manchester United vem de uma deslocação a Bruxelas, a meio da semana, e o cansaço dos jogadores será um problema. Para o Chelsea este pode ser um passo decisivo em direção ao título mas um desaire do United pode por acabar com o sonho de chegar ao top-4.

O triunfo no Stadium of Light, na última jornada, valeu ao Manchester United a subida ao quinto lugar da Premier League, destacando do Arsenal, que perdeu o jogo frente ao Palace. São apenas três pontos de diferença, o que é muito curto, mas é algo que os Red Devils andaram a perseguir desde as primeiras semanas do campeonato. O Sunderland de David Moyes aguentou enquanto pode mas o primeiro golo, de Zlatan Ibrahimovic, acabou com o pouco ânimo que resistia na formação que ocupa a última posição da tabela e se sabe já condenada à despromoção.

Na quinta-feira o United tinha encontro marcado com o Anderlecht, em Bruxelas, para a primeira mão dos quartos de final da Liga Europa. Henrikh Mkhitaryan marcou aos trinta e seis minutos e colocou os Red Devils em excelente posição na eliminatória. Infelizmente, quando o clube inglês já parecia ter o resultado assegurado, permitiu que o adversário belga chegasse à igualdade, por intermédio de Leander Dendoncker. Um empate fora, com golos, não é um mau resultado para uma primeira mão onde são necessárias cautelas táticas. Mas a verdade é que depois de ter estado quase uma hora de jogo em vantagem o que vem ao de cima é frustração. Lapidar, como é seu hábito, Mourinho responsabilizou os avançados do United por não terem concretizado uma das várias oportunidades para marcar e assim selar a vitória. E ainda acrescentou que aqueles que se empenharam arduamente nas tarefas defensivas deviam estar muito aborrecidos com os companheiros do ataque, que falharam na parte que lhes competia.

O United foi a Bruxelas com apenas dois centrais aptos, os que jogaram, e um defesa que pode ser adaptado a essa posição, Daley Blind. A situação mantém-se durante o próximo mês. O treinador português confirmou que tanto Phil Jones como Chris Smalling poderiam voltar a ser opção a meio de maio, o que significaria a última jornada da Premier League e uma possível final europeia. Já Juan Mata, que só deve estar inteiramente recuperado no final desse mês, só volta a jogar na próxima temporada. Ashley Young e Wayne Rooney regressaram aos treinos esta sexta-feira mas ainda estão em dúvida.

Onze provável: De Gea – Valencia, Bailly, Rojo, Blind – Fellaini, Herrera – Lingard, Pogba, Martial – Ibrahimovic.

Premier LeagueEsta deslocação a Old Trafford é, em teoria, o desafio mais complicado que o Chelsea tem até ao fim da temporada na Premier League. No próximo fim de semana enfrenta o Tottenham mas é a meia-final da Taça de Inglaterra. É, portanto, justo dizer que se sair de Manchester com os três pontos deu um passo determinante em relação ao título. Neste momento, a pressão ainda existe e é real: os Spurs estão a sete pontos e a fazer exibições cheias de energia.

Depois do deslize inesperado frente ao Crystal Palace (1-2) os Blues voltaram aos triunfos, batendo o Manchester City (2-1) e AFC Bournemouth (1-3).

Antonio Conte desmente a ideia de que este título que está muito perto de acontecer se deva ao facto do Chelsea não ter tido o desgaste adicional das competições europeias, uma resposta velada a insinuações que Mourinho já fez. E até da o exemplo do Liverpool, que viveu as mesmas circunstâncias e nem por isso está na mesma eventualidade. Sim, há uma parte de grande mérito do treinador italiano, que soube ser pragmático e trabalhar a equipa para conseguir resultados imediatos. Mas não pode escamotear duas evidências. Tinha uma equipa montada e trabalhada taticamente, que tratou de reposicionar para tirar dela o máximo rendimento. E depois, o menor número de jogos ajudou bastante porque a verdade é que Conte não tem banco, à exceção de Pedro, Fàbregas e, nesta reta final, Zouma. E com esta falta de alternativas credíveis os Blues teriam muita dificuldade em conquistar a mesma folga de que gozam. A maior evidência deste último pormenor é o facto do plantel não ter ninguém entregue aos cuidados do departamento médico nesta fase da época, o que é raríssimo no campeonato inglês.

Onze provável: Courtois – Azpilicueta, David Luiz, Cahill – Moses, Matic, Kanté, Alonso – Willian, Diegos Costa, Hazard.

Chelsea 1-0 Manchester United
Taça de Inglaterra 2016/17
Chelsea 4-0 Manchester United
Premier League 2016/17

José Mourinho perdeu os dois embates anteriores que teve com a antiga equipa esta temporada. Mas é certo que o United está invicto na Premier League desde essa derrota pesada, em outubro, à nona jornada. Depois disso somou onze vitórias e dez empates. Também é inegável que o segundo jogo, há um mês, nos quartos de final da taça, já foi muito mais equilibrado e o Chelsea só conseguiu marcar com um remate de longe de N’Golo Kanté. Este será o primeiro entre as duas formações em Old Trafford.

Prognóstico Odd Casa Erro
Mais de 2.5 golos 1.90 Betclic
manchesterunited
Manchester United
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Old Trafford
  • Cidade: Manchester
  • Fundação: 1878

Ver ficha completa

chelsea
Chelsea
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Stamford Bridge
  • Cidade: Londres
  • Fundação: 1905

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 2085
  • Média Odds usadas 2.2
  • Próg. certos 880
  • Próg. errados 1180
comments powered by Disqus

Últimos jogos