Menu
Premier League 11ª Jornada

Manchester City – Middlesbrough (Premier League)

O Boro tem um desafio e tanto pela frente nesta deslocação ao Etihad. A equipa de Karanka conseguiu no sábado passado a sua segunda vitória da temporada, batendo o Bournemouth em Riverside. Mas agora enfrenta o City que acaba de vencer o Barcelona na Liga dos Campeões, com uma excelente reação no segundo tempo. Fernandinho saiu tocado do jogo de terça-feira e deve ser poupado.

É difícil encarar a vitória do Manchester City sobre o Barcelona como apenas isso, uma vitória. É difícil não ver neste resultado uma espécie de prova de iniciação superada. Até pela forma como aconteceu. Há duas semanas a visita a Camp Nou deixou toda a gente a pensar que a versão do City do treinador catalão ainda estava demasiado verde para enfrentar os pesos pesados do futebol europeu. Os 4-0 em Espanha foram duros mas o que deitou os Citizens por terra foi a exposição à impotência de se enfrentar Leonel Messi, quando está inspirado. Aquela sensação de que quando ele entra nas partidas não há nada que possas fazer para evitar o descalabro. Guardiola já sabia disso, conhecia a sensação, mas os seus jogadores não a tinha vivenciado desta maneira. Por isso a reação de terça-feira foi tão importante. Demonstra carater. Porque a certa altura da primeira parte temeu-se nova lição de humildade. A jogada de Neymar e o remate de Messi, que resultaram no golo que inaugurou o marcador, foram uma aula de classe. O City acusou o trauma e noutras duas ou três ocasiões os Culé podiam ter alargado a vantagem. O golo de Ilkay Gundogan, a igualar aos trinta e nove minutos, um pouco contra a corrente do jogo, foi fundamental para que a equipa reagisse. No segundo tempo o City era outro, Guardiola soube dar as indicações certas aos seus jogadores para tomarem o controlo da partida. O golo de Kevin de Bruyne, um livre indefensável, logo nos primeiros minutos da segunda parte deu a volta ao marcador e confirmou o ascendente dos da casa. Foi a altura do Barça ficar afetado pela reviravolta. Mesmo com a saída forçada de Fernandinho, com queixas, os Citizens mantiveram o controlo do meio-campo onde David Silva marcava o ritmo. Uma referência final para Gundogan. O médio fechou a contagem e pelo segundo jogo consecutivo fez uma dobradinha. Com este resultado o clube inglês aproximou-se do primeiro lugar do Grupo C, ainda comandado pelos catalães. Mas a distância entre os dois primeiros é de dois pontos.

Na Premier League a liderança é tripartida – City, Arsenal e Liverpool tem todos vinte e três pontos – e a curiosidade do momento é perceber quem será o primeiro a tropeçar. Claro que há também que contar com o Chelsea, que está um ponto atrás, e que tal como os Reds não tem o desgaste acrescido de jogar a meio da semana para a Liga Milionária.

Bacary Sagna é a única baixa certa por lesão neste plantel. Fabian Delph e Fernandinho estão em dúvida.

Onze Provável: Bravo – Zabaleta, Kompany, Stones, Clichy – Fernando – Sterling, De Bruyne, Gundogan, Nolito – Aguero.

Premier LeagueSe pudesse escolher, certamente que o Middlesbrough preferia não ir ao Etihad este sábado. Em algum momento terá que acontecer mas a equipa está num crescendo e talvez preferisse mais umas jornadas para consolidar o bom momento. No sábado passado, no Riverside, o conjunto de Aitor Karanka alcançou a sua segunda vitória da temporada, ao vencer o AFC Bournemouth por duas bolas a zero. Gastón Ramiréz e Stewart Downing foram os marcadores de serviço para o Boro, que pela segunda vez consecutiva não sofreram qualquer golo. Sim, porque na jornada anterior o Middlesbrough tinha ido empatar ao Emirates, numa partida sem golos que soube a triunfo. Com estes bons resultados o clube recém-promovido subiu ao décimo quinto posto do campeonato inglês, com os mesmos dez pontos que West Bromwich e West Ham, e a três de distância do Hull City, que encabeça a zona de despromoção.

O plantel do Boro não tem lesionados de momento mas Karanka não poderá contar com Gastón Ramírez, que viu o quinto amarelo e cumpre castigo.

Onze Provável: Valdés – Barragán, Chambers, Gibson, Friend – Clayton, Forshaw – Traoré, Fisher, Downing – Negredo.

Manchester City 0-2 Middlesbrough
Taça de Inglaterra 2014/15
Middlesbrough 0-1 Manchester City
Taça de Inglaterra 2009/10

O Middlesbrough venceu na última deslocação ao Etihad, há duas temporadas, eliminando então o City nos dezasseis avos de final da Taça de Inglaterra.

Prognóstico Odd Casa Sucesso
Menos de 2.5 golos 2.40 Betrally
manchestercity
Manchester City
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Etihad
  • Cidade: Manchester
  • Fundação: 1880

Ver ficha completa

middlesbrough
Middlesbrough
  • País: Inglaterra
  • Estádio: Riverside Stadium
  • Cidade: Middlesbrough
  • Fundação: 1876

Ver ficha completa

Justa Barbosa
Justa Barbosa
  • Próg. realizados 1831
  • Média Odds usadas 2.21
  • Próg. certos 767
  • Próg. errados 1035
comments powered by Disqus

Últimos jogos